Ação voltada para idosos e encerramento do Festival de Folclore movimentam Feirinha São Luís

A Feirinha São Luís é realizada pela gestão do prefeito Edivaldo como o objetivo de fomentar a agricultura familiar e tem servido também como palco para diversas ações culturais e sociais da capital

A Feirinha São Luís deste domingo (30), foi palco para a culminância da II Caminhada de Valorização da Pessoa Idosa, que ocorreu em comemoração à Semana do Idoso e também em alusão ao Dia do Idoso, comemorado em 1º de outubro. O local também foi o escolhido para o encerramento do Festival Internacional de Folclore e Turismo do Maranhão que reuniu cerca de 200 bailarinos de delegações de países como do Chile, Geórgia, Colômbia, e também do estado do Pará. A Feirinha São Luís, uma iniciativa da Prefeitura na gestão do prefeito Edivaldo, tem como um de seus principais objetivos promover o escoamento dos produtos da agricultura familiar e proporcionar opção de lazer e cultura aos domingos no Centro Histórico com uma variedade de atrações culturais, gastronomia, literatura, turismo, artesanato e artes plásticas.

A II Caminhada de Valorização da Pessoa Idosa foi realizada pela Prefeitura de São Luís e teve concentração na Praça Dom Pedro II, culminando na Praça Benedito Leite, com aulão de zumba. A ação encerrou uma semana de atividades voltadas para este segmento da população e teve o objetivo de promover a interação social e reforçar a importância dos idosos na sociedade, bem como sensibilizar as pessoas para as questões do envelhecimento e a necessidade de proteger e cuidar desta população, para que tenham melhores condições e qualidade de vida.

“A gestão do prefeito Edivaldo tem diversos serviços assistenciais destinados exclusivamente à terceira idade, mas a saúde envolve também valorização da autoestima e promoção do bem-estar e qualidade de vida; por isso, realizamos a caminhada e estamos sempre oferecendo ações para a integração da pessoa idosa”, disse Lula Fylho, secretário Municipal de Saúde.

A caminhada, contou com a participação dos idosos do Centro de Atenção Integral à Saúde do Idoso (CAISI). Ações de saúde, lazer, cultura, dança, entre outras atividades voltadas à promoção do envelhecimento saudável são desenvolvidas pela gestão do prefeito Edivaldo dentro das políticas públicas implementadas pela Prefeitura de São Luís para este segmento da população da capital.

“Essa caminhada vem reforçar a política de valorização da pessoa idosa e se soma aos esforços da gestão municipal no atendimento às demandas deste público. Foi um momento para sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e a necessidade de proteger e cuidar da população mais idosa”, pontuou o coordenador do Caisi, Paulo França.

Francisca Cantanhede Vera Cruz, de 74 anos, participou da caminhada e do aulão de zumba. “Quando estou no Caisi eu estou me divertindo, cuidando da minha saúde, movimentando o corpo e a mente. O importante é não deixar a peteca cair, faço ainda parte de bloco tradicional de Carnaval, grupo da igreja, e ainda sobra energia”, garantiu dona Francisca, uma das mais animadas da caminhada.

O Centro de Atenção Integral ao Idoso (Caisi) é uma das políticas públicas desenvolvidas pela Prefeitura de São Luís na gestão do prefeito Edivaldo em atenção à saúde e ao bem-estar desse público. A instituição, que é coordenada por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), realiza uma média de 13 mil atendimentos por mês, individualmente e em grupos, estimulando a prática de atividades sociais, esportivas, culturais, artes manuais, terapia ocupacional, alongamento, entre outros. O espaço oferece ainda assistência nas áreas de geriatria e gerontologia, educação física, psicologia, enfermagem, fonoaudiologia, terapia familiar, assistência social, atividades culturais e artísticas, com aulas de canto e dança, entre outras ações.

A professora de educação física do Caisi, Keila Gomes de Araújo explica que a elaboração das atividades para os idosos preza pelo bem-estar e saúde dos alunos. “São exercícios com uma intensidade bem moderada, e a gente mistura o que está dentro das possibilidades com hidroginástica e dança. O retorno desse trabalho é muito amor e carinho deles. É gratificante trabalhar com a terceira idade, eu aprendo todo dia um pouco mais”, destacou Keila.

FESTIVAL

Em sua 65ª edição, a Feirinha São Luís celebrou ainda o encerramento do Festival Internacional de Folclore e Turismo do Maranhão, que reuniu, desde o dia 25 de setembro na capital, cerca de 200 bailarinos – entre eles, as delegações do Chile, Geórgia, Colômbia, e do vizinho estado do Pará.

O Festival é promovido pela World Association of Performing Arts e Council Internacional Dance, órgãos ligados à Unesco e presentes em mais de 122 países. “Recebemos pela segunda vez consecutiva na Feirinha São Luís o Festival Internacional de Folclore e Turismo do Maranhão com grande satisfação, reunindo diferentes culturas em um só espaço, promovendo para o nosso público esse intercâmbio cultural, por determinação do prefeito Edivaldo”, destacou o secretário municipal de Articulação Política e coordenador da Feirinha São Luís, Ivaldo Rodrigues.

Animaram ainda o público presente na Feirinha São Luís as atrações Marabloco, Jorge Thadeu e banda, com participação especial do ator César Boaes, Thony Netto e Banda, Capoeira Campo de Mandinga e a anfitriã Banda da Feirinha.

Deixe uma resposta