Agressor de advogada tem prisão preventiva decretada

Ministério Público fez o pedido à Justiça. após Lúcio André Silva Soares ser liberado com pagamento de fiança.

O Juiz Clésio Cunha determinou a prisão preventiva de Lúcio André Silva Soares, irmão do prefeito de Pinheiro, que espancou a ex-esposa, a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva, no noite de sábado (11).

O juiz atendeu a um pedido do Ministério Público que não se conformou com a liberação do agressor, após pagamento de fiança de R$ 4.685,00.

Lúcio André Silva Soares já havia agredido Ludmila em 2016, quando ela estava grávida de cinco meses. Na noite de sábado, eles haviam saído para jantar, em uma tentativa da advogada de reunir a família, quando na volta para casa, na Cohama, ele a espancou, chutou para fora do carro e tentou atropelá-la.

Com informações de Blog do Gilberto Lima.

Deixe uma resposta