Antropólogo e Professor Sérgio Ferretti morre em São Luís

O antropólogo era especialista em costumes, crenças e festas populares do Brasil, com foco nas religiões de matriz africana.

O Antropólogo e Professor maranhense Sério Ferretti morreu em São Luís, na manhã desta terça-feira (23), após ter passado por uma cirurgia no último dia 7 de maio e permanecer internado na UTI do Hospital São Domingos.

O velório de Sérgio Ferretti será realizado à partir das 11h na Pax União, na Rua Grande, Canto da Fabril. O sepultamento está marcado para às 10h de quinta-feira 924), no Cemitério Parque da Saudade, no Vinhais.

Sério Ferretti era graduado em Museologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e em História pela Universidade Federal do Maranhão.

Se especializou em Economia do Desemvolvimento e Sociologia do Desenvolvimento pela Université Catholique de Louvain (Bélgica). Era Mestre em Antropologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e Doutor em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo.

O antropólogo era especialista em costumes, crenças e festas populares do Brasil, com foco nas religiões de matriz africana. Ele fazia parte da Comissão Maranhense de Folclore, e era o principal estudioso da Casa das Minas.

Como escritor acadêmico, Ferreti publicou “Quere bentá de Zomadônu: Etnogragia da Casa das Minas no Maranhão.

Por meio de nota, o Governo do Estado prestou suas condolências à família Ferreti pela perda.

O Governo do Maranhão, por meio das Secretarias de Estado da Cultura e Turismo (Sectur) e da Igualdade Racial (Seir), lamenta o falecimento do Professor Doutor Sérgio Figueiredo Ferretti, ocorrida nesta quarta-feira (23).

Ferretti era antropólogo, museólogo, pesquisador e professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) que muito contribuiu para o fortalecimento e salvaguarda das culturais populares e tradicionais do Maranhão.

Neste momento de dor, o Governo do Maranhão se solidariza com a esposa de Ferretti, a também antropóloga e professora da UFMA Mundicarmo Ferretti e demais familiares, amigos e admiradores.

Deixe uma resposta