Flávio Dino

ARTIGO | Pontes para o Desenvolvimento

Governar o Maranhão em meio à crise que o país vive é um grande desafio. Mesmo assim, temos conseguido realizar obras que estão mudando a realidade de nosso estado, garantindo um futuro melhor para todos. Um bom exemplo são as diversas pontes que entregamos ou estamos fazendo. Elas garantem um melhor fluxo de trânsito nas cidades, melhoram a logística e facilitam o turismo.

É o caso da ponte sobre o Rio Novo em Paulino Neves, que assegura a melhor ligação entre os Lençóis e o Delta do Parnaíba, viabilizando a Rota das Emoções – um excelente produto turístico que está em franco crescimento.

Na região Sul, entregamos a Ponte de Sambaíba, que passa sobre o rio Balsas. Com investimento total de mais de R$ 13 milhões, a obra foi entregue este ano aos moradores. Com 174 metros de extensão e 13 de largura, a ponte era um sonho de Sambaíba e região, inclusive em razão de sua importância para a produção.

Somente na capital, são três pontes entregues. Há dois anos, a Ponte Pai Inácio facilita o deslocamento entre bairros densamente habitados, beneficiando diretamente 300 mil moradores. Também inauguramos a Ponte da Vitória, ligando o Parque Vitória à Estrada da Maioba (MA-202), e a Ponte da Juçara, que interliga a Estrada da Maioba (MA202) à Estrada de Ribamar (MA-201).

Essas obras de mobilidade urbana na Grande Ilha garantem mais qualidade de vida, com um trânsito melhor, garantindo mais tempo para as famílias e acesso mais fácil aos serviços públicos de saúde e segurança.

Há uma quarta ponte em construção na capital, a Ponte próxima ao Pátio Norte, que criará uma relevante alternativa de deslocamento para milhares de moradores de Ribamar e Paço do Lumiar.

Na Baixada, outra obra importante está em andamento: a Ponte Central-Bequimão. Essa é mais uma lenda que estamos tirando do papel. Os trabalhos já começaram com as primeiras estacas sendo fixadas e todo o material das vigas já adquirido e entregue no canteiro de obras em Bequimão. A ponte vai beneficiar diretamente 10 cidades, reduzindo em 126 quilômetros a distância de deslocamento na região. Além dos benefícios atinentes à mobilidade, a Ponte Central-Bequimão vai desenvolver ainda mais o turismo e a produção de pescado no nosso Litoral Ocidental.

É assim, trabalhando de forma séria, que estamos transformando a realidade de nosso estado, construindo pontes para nosso desenvolvimento. Por meio de obras de infraestrutura e do investimento forte em educação, estamos criando caminhos para o crescimento do Maranhão.

Advogado, 50 anos, Governador do Maranhão. Foi presidente da Embratur, deputado federal e juiz federal.

Deixe uma resposta