Belezas dos biomas maranhenses serão retratadas em livro artístico fotográfico

A expedição irá percorrer cerca de 30 mil km registrando a exuberante natureza do Maranhão.

Uma viagem pela beleza cênica dos biomas maranhenses, assim será a Expedição Maranhão Profundo: da Amazônia à Caatinga, comandada pelo fotógrafo Evandro Martin e pelo cineasta e documentarista, Edemar Miqueta. Serão 136 dias viajando por diversas cidades do Maranhão captando imagens dos biomas Amazônico, Cerrado, Marinho-Costeiro e Caatinga, que ilustrarão um Livro Artístico Fotográfico, a ser lançado em 2019.

A ideia nasceu em 2011 quando a dupla de profissionais viajou pelos estados do Nordeste. Ao chegar ao Maranhão, encantaram-se com as exuberantes paisagens naturais que encontraram. “Sentimos a necessidade de realizarmos um trabalho que revelasse a grandiosidade, a beleza e a diversidade desse estado, nascendo assim a Expedição Maranhão Profundo”, afirma Miqueta.

As expectativas dos realizadores são as melhores possíveis. Para eles, é uma realização profissional e uma oportunidade de mostrar às pessoas a exuberante natureza do Maranhão, espalhada e escondida nos lugares mais remotos do estado, que na sua maioria, ainda é desconhecida pelo grande público nacional. Além disso, é uma forma de imergir profundamente nas culturas locais.

Além da preservação da memória da beleza cênicas dos biomas por meio da fotografia, a expedição pode contribuir para incentivar os municípios retratados a investirem na atividade ecoturística local, de forma responsável e sustentável, uma vez que irá mostrar ao Brasil os encantos inexplorados da paisagem maranhense.

 As belezas naturais singulares dos lugares podem se tornar novos bens turísticos de grande potencial econômico e um inigualável patrimônio nacional ao alcance de todos, desde que haja respeito ao meio ambiente, à cultura do local e preservação da natureza.

 Rota da expedição pelas cidades do interior do Maranhão 

A Expedição Maranhão Profundo será realizada em 2 etapas: a primeira etapa inicia sexta-feira (27 de julho) na cidade de Santo Amaro. Depois passará por Viana, Penalva, São Bento, Carolina, Riachão, Alto Parnaíba, Tasso Fragoso, Fortaleza dos Nogueiras, Formosa do Serra Negra, Amarante do Maranhão e Bom Jardim.

De outubro a dezembro será a segunda etapa e na rota estão os municípios de São Pedro da Água Branca, Mirador, Barão de Grajaú, São Francisco do Maranhão, Codó, Chapadinha, Araioses, Tutóia, Barreirinhas, Santo Amaro do Maranhão, Humberto de Campos, Cajapió, Cururupu, Apicum-Açu, Carutapera e Central Novo do Maranhão.

Sobre os autores

O fotógrafo Evandro Martin, natural de Bocaina – SP, e radicado em São Luís desde 2013, é um profissional que tem na fotografia de natureza a sua forma artística de expressão.  Já fez várias expedições pelo Brasil e América Latina registrando as belas paisagens naturais pelos lugares que passou. Seu foco é a diversidade natural, mas suas lentes também buscam eternizar povos e suas diferentes tradições, costumes e manifestações culturais.

Edemar Miqueta é cineasta e produtor cultural. Produziu e dirigiu curtas e longas metragens de ficção, documentário e animação. Tem a Antropologia Visual como dispositivo para investigar o mundo que o cerca.  Apaixonado por viagens é capaz de percorrer milhares de quilômetros em busca de inspiração e desenvolver um novo trabalho.  É natural de Rio Negro/PR e desde 2013 radicado em São Luís.

Deixe uma resposta