Câmara e UFMA discutem prevenção à violência de gênero na Universidade

Debate é fruto da repercussão dos dois recentes cados de violência sexual na Universidade

A presidente da Comissão de Defesas dos Direitos e Protagonização da Mulher da Câmara de São Luís, vereadora Barbara Soeiro (PSC) e a reitora da UFMA, Professora Nair Portela, se reuniram para discutir como o poder público pode ser mais eficaz em medidas de prevenção à violência cometida contra as mulheres nos campi.

O encontro é fruto da repercussão dos dois casos recentes de estupros dentro do campus Dom Delgado, no Bacanga, em São Luís. O primeiro na noite do dia 31 de março, quando uma estudante de Economia foi abordada por um homem que a estuprou. O segundo caso ocorreu no dia 3 de abril, quando uma estudante também de Economia foi conduzida à uma área de matagal próxima ao prédio Paulo Freire, após ser retirada de um ônibos sob ameaça com arma de fogo.

“É preciso unir esforços com gestão universitária, os poderes públicos, a comunidade acadêmica e a sociedade em geral, para verdadeiramente proporcionarmos uma política com ações efetivas de enfrentamento a essa questão de violência, que infelizmente não se apresenta exclusiva à UFMA, mas à população como um todo”, declarou Barbara Soeira.

Diante dos casos, a Comissão de Defesa dos Direitos e Protagonização da Mulher da Câmara de São Luís declarou estar se organizando para cobrar mais segurança no campus. Segundo a reitora Nair Portela já houve uma reunião com o secretário Estadual de Segurança Pública, Jefferson Portela para “solicitar uma viatura da Policia Militar na UFMA”. Segundo ela, também foi criado um “Fórum com o objetivo de discutir essas questões”.

Deixe uma resposta