Coluna
Ponto de Pauta

Cemar realiza negociação de débitos na Praça Deodoro

A Cemar iniciou novamente a ação de negociação na Praça Deodoro, em frente à Biblioteca pública Benedito Leite. Os horários para o consumidor regularizar sua situação são de segunda-feira à sexta-feira das 9h da manhã às 17h e aos sábados 9h às 12h, com grandes oportunidades para os clientes da Companhia.

Os interessados devem lembrar-se de levar:

  • A conta de energia elétrica
  • Identidade (RG) e CPF
  • Cartão do Bolsa Família, Bolsa Escola ou Vale Gás
  • Número de Inscrição Social (NIS)  e fazer as devidas atualizações.

Os agentes de relacionamento da Cemar estarão na praça para facilitar negociação de débitos, em condições especiais de parcelamento. Além de contar com dicas de segurança, economia com a energia elétrica, direitos e deveres e o cadastro do NIS, para Tarifa Social Baixa Renda.

Então, quem estiver em débito com a Companhia, pode aproveitar essa oportunidade e regularizar sua situação para evitar a suspensão do fornecimento de energia.

Movimento Maio Amarelo será lançado na quinta (04)

O Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), apresenta, dia 04, quinta-feira, às 9 h, o calendário de ações do Movimento Internacional Maio Amarelo, no Maranhão.

O lançamento será realizado no auditório do Palácio dos Leões e contará com a presença do Governador Flávio Dino, da Diretora Geral do Detran-MA, Larissa Abdalla Brito e de representantes de instituições parceiras ligadas a segurança e saúde.

2017
Durante todo o mês, o “Maio Amarelo” mobiliza diversos segmentos e realiza, em parceria com as instituições, uma série de estratégias de conscientização. Este ano, o tema escolhido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), ‘Minha Escolha faz a Diferença’, busca lembrar a sociedade que os acidentes decorrem das escolhas erradas. O alerta vai para o perigo que representa usar o celular ao volante; beber e dirigir; não respeitar a sinalização; transportar crianças sem a proteção necessária; não usar o cinto, entre outras regras de segurança.
Nesta edição, o Detran-MA ampliou as atividades da campanha para que a mensagem de segurança viária alcance mais cidadãos. Estão previstas ações educativas em escolas da rede pública e privada e em empresas, ações da Operação Lei Seca e do Projeto Direção Certa: Mais que um papo de Bar.

MOB inicia hoje (02) vistoria em vans e micro-ônibus de São Luís

A Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) inicia, nesta terça-feira (2), a primeira etapa de vistoria e selagem de veículos do transporte complementar,  que devem cumprir com os requisitos previstos na Portaria 042/2015 da MOB. Na ocasião será realizada a colocação do selo de inspeção em vans e micro-ônibus que prestam serviço em São Luís e que estão com processo de cadastro e recadastro deferido pela MOB. O prazo segue até esta sexta-feira (5).

Os veículos receberão um selo de inspeção para que sejam identificados, pelos usuários do transporte e pela equipe de fiscalização da MOB, a fim de coibir o transporte irregular. Os motoristas que não regularizarem a documentação estão sujeitos às penalidades previstas pela Lei 10.538/2016, como apreensão do veículo e multa. Os proprietários que não regularizarem a documentação deverão comparecer à MOB para renovação.

Esta operação visa à prestação de serviço de forma adequada, em condições de regularidade e continuidade, além de verificação das condições dos veículos em relação à segurança, higiene e conforto nas viagens.

Maio vermelho: mais cuidado no uso consciente de energia

A bandeira para o mês de maio de 2017 será vermelha (patamar 1), com custo de R$ 3,00 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. Este é o patamar menor da bandeira vermelha. Como o sinal para o consumo é vermelho, os consumidores devem fazer uso eficiente de energia elétrica e combater os desperdícios.

Criado pela ANEEL, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o uso consciente da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade.

Valores das bandeiras

  • Bandeira Tarifária Verde:condições favoráveis de geração
  • Bandeira Tarifária Amarela:R$ 2,00 a cada 100 (kWh)
  • Bandeira Tarifária Vermelha – Patamar 1:R$ 3,00 a cada 100 (kWh)
  • Bandeira Tarifária Vermelha – Patamar 2:R$ 3,50 a cada 100 (kWh)

Faixas de acionamento

  • Bandeira Tarifária Verde: será acionada nos meses em que o valor do CVU da última usina a ser despachada for inferior a R$ 211,28/MWh;
  • Bandeira Tarifária Amarela:será acionada nos meses em que o valor do CVU da última usina a ser despachada for igual ou superior a R$ 211,28/MWh e inferior a R$ 422,56/MWh; e
  • Bandeira Tarifária Vermelha:será acionada nos meses em que o valor do CVU da última usina a ser despachada for igual ou superior a R$ 422,56/MWh, conforme os seguintes patamares de aplicação:

o    Patamar 1: será acionada nos meses em que o valor do Custo Variável Unitário – CVU da última usina a ser despachada for igual ou superior a R$ 422,56/MWh e inferior a R$ 610/MWh; e

o    Patamar 2: será acionada nos meses em que o valor do Custo Variável Unitário – CVU da última usina a ser despachada for igual ou superior ao limite a R$ 610/MWh.

Saiba mais

O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade. Com as bandeiras, a conta de luz fica mais transparente e o consumidor tem a melhor informação para usar a energia elétrica sem desperdício.

A bandeira tarifária não é um custo extra na conta de luz: é uma forma diferente de apresentar um valor que já está na conta de energia, mas que geralmente passa despercebido. As bandeiras sinalizam, mês a mês, o custo de geração da energia elétrica que será cobrada dos consumidores. Não existe, portanto, um novo custo, mas um sinal de preço que sinaliza para o consumidor o custo real da geração no momento em que ele está consumindo a energia, dando a oportunidade de adaptar seu consumo, se assim desejar.

Dicas de Economia

Chuveiro elétrico

  • Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos
  • Selecionar a temperatura morna no verão
  • Verificar as potências no seu chuveiro e calcular o seu consumo

Atendimento da Cemar durante o feriado do Dia do Trabalho

Mais um final de semana com feriado prolongado e, para que os clientes estejam sempre bem informados e possam usufruir do atendimento da Cemar durante o feriado do Dia do Trabalho, a Companhia informa sobre o horário de funcionamento das agências presenciais de atendimento e também dos postos de coleta do Ecocemar em todo o estado.

Atendimento – Os clientes que precisarem de atendimento durante o feriado podem buscar as seguintes opções:

– Chat de atendimento pelo site www.cemar116.com.br;

– Para os usuários de smartphones, é possível informar a falta de energia e outros serviços, através do aplicativo Cemar, que está disponível para baixar no Google Play e Apple Store;

– Central de Atendimento 116, que funciona 24 horas, todos os dias da semana, com ligação gratuita;

As agências de atendimento presenciais não funcionarão na segunda-feira (01/05) em todo o Estado, retornando as atividades normais na terça-feira (02/05).

ECOCEMAR – No dia 29/04 (sábado), todos os postos de coleta do Ecocemar funcionarão normalmente, já na segunda-feira (01/05) não funcionarão e retornam o normalmente na terça-feira (02/05).

Para saber mais sobre os locais de coleta e horários, acesse www.cemar116.com.br.

Centro de Artes de Cênicas do Maranhão reinaugurado hoje (28)

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur) reinaugura, nesta sexta-feira (28), o Centro de Artes de Cênicas do Maranhão (Cacem). O fim de tarde contará com apresentações de performances artísticas de seus estudantes na recepção e no pátio interno do órgão.

Durante o período de dois meses o Cacem recebeu reparos nas partes do telhado, forro, nas instalações elétricas e hidráulicas, nos pisos, além de uma nova pintura tornando-se um ambiente agradável e atrativo para os seus alunos e professores. Com a reforma, o Cacem ganhou mais espaços e novas salas que poderão ser ocupadas por grupos artísticos para ensaios.

Este ano o Cacem completou 20 anos de sua fundação e já formou mais de 160 atores no Curso Técnico em Arte Dramática com carga horária de 1.430 horas sendo divididos em cinco semestres letivos, e conta com uma estrutura curricular de 21 disciplinas e mais um estágio supervisionado ministrado no próprio curso.

 

Rubens Jr vota contra a Reforma Trabalhista

Seguindo a orientação do PCdoB, o deputado federal pelo Maranhão, Rubens Jr, votou contra a aprovação do texto-base da proposta da Reforma Trabalhista (PL 6787/16, do Poder Executivo), na noite desta quarta-feira (26). A votação, que durou mais de 10 horas, foi marcada por protestos, censura, obstrução e muita discussão. Agora, a batalha segue para o Senado.

“Este projeto é um desmonte dos direitos dos trabalhadores e não trará vantagem para o país. Não devemos retroagir. Precisamos manter os direitos e avançar ainda mais. Isso é mais um passo proposto pelo governo Michel Temer e infelizmente ainda vem as Reformas Política e Previdenciária e o PCdoB vai continuar na luta”, disse o parlamentar.

Por 296 votos a favor e 177 contrários o plenário da Câmara dos Deputados aprovou o texto-base da reforma trabalhista proposta pelo governo. Deputados de oposição destacaram que a reforma retira direitos dos trabalhadores. Como não se tratava de proposta de emenda constitucional, o material precisava de maioria simples para passar na Câmara.

O texto de Rogério Marinho altera 117 artigos da CLT e apesar das mais de 1,2 mil emendas – entre as feitas ao texto original e ao substitutivo – pouco mudou. O tucano manteve a prevalência do acordado sobre o legislado, possibilidade de jornada de trabalho de até 12 horas diárias, fim da exigência da contribuição sindical, enfraquecimento da Justiça do Trabalho, possibilidade de mulheres grávidas ou lactantes trabalharem em ambientes insalubres, entre outros pontos.

Brookfield assume 70% da Odebrecht

A Brookfield Business Partners LP, uma empresa líder global em gestão de ativos, em conjunto com outros investidores institucionais, assumiu hoje o controle dos 70% da Odebrecht Ambiental que pertenciam a Odebrecht S.A. O investimento foi de US$ 908 milhões. Esse valor inclui um pagamento de US$ 768 milhões e aproximadamente US$ 140 milhões em injeção de capital para suportar o crescimento futuro da Companhia. O FI-FGTS manteve a sua participação de 30% na empresa. A companhia passará a se chamar BRK Ambiental.

A BRK Ambiental está presente em mais de 180 municípios brasileiros, beneficiando a vida de 15 milhões de pessoas.  Opera também plantas de tratamento de resíduos e água para operações industriais. A Brookfield investe e administra ativos em mais de 30 países, nos cinco continentes. Hoje, são US$ 250 bilhões investidos nos segmentos de Energia Renovável, Imobiliário, Infraestrutura e Private Equity.

 

Desde 2015, a BRK Ambiental é responsável pelos serviços de água e esgoto, ao longo de 35 anos, em São José do Ribamar e Paço do Lumiar que juntas abrigam mais de 320 mil pessoas. A concessionária tem como principal meta ampliar o fornecimento de água tratada para 100% dos domicílios da região até 2020, bem como a implantar sistemas de esgotamento sanitário para atender 90% dos habitantes da área urbana em até dez anos. Para isso estão sendo investidos mais de R$ 450 milhões em obras de recuperação, ampliação e modernização dos sistemas.

Felipe Camarão sinaliza concurso para educação indígena

Durante entrevista na Rádio Timbira, o secretário de Educação do Estado, Felipe Camarão, anunciou que está estudando a realização do primeiro concurso público do estado para professor efetivo em educação indígena.

Segundo informações da Secretaria, o edital “será construído em ação conjunta da Seduc e a Sedihpop (Direitos Humanos) e lideranças indígenas dos vários povos do Maranhão”.

Recentemente foi lançado edital para processo seletivo simplificado para contratação temporária de professores para as escolhas indígenas nos municípios das Unidades Regionais de Educação (UREs) de Barra do Corda, Imperatriz, Santa Inês e Zé Doca.

Incitação ao caos?

Na busca por apoios quase perdidos a favor da reforma trabalhista e da previdência, o prefeito de São Paulo, João Doria, fez coro a demais políticos em recente evento que convocou o empresariado para se juntar à “causa”. Só que Dória, talvez na empolgação, foi mais além ao dizer que a força do empresariado não é menor que a da “república sindicalista”, referindo-se aos sindicatos, estes notoriamente contra as reformas. A pergunta é: a tentativa seria colocar a classe empresarial contra a classe sindicalista? Provavelmente, uma promoção sutil do caos. Resta saber se os empresários irão entrar na trincheira de frente com o pelotão de Michel Temer e acabar com as vidraças de seus empreendimentos da mesma forma que as do Palácio do Planalto na semana passada. Uma resposta mais certa a tudo isto virá com a greve geral para o dia 28, promovida pelos sindicatos, para barrar aquilo que Dória, Rodrigo Maia e outros defendem.