Chances de Michel Temer ser cassado são grandes

Segundo analistas políticos, a agilidade do ministro Herman Benjamin em dar início ao processo facilitará a sua saída

Começa hoje, às 9h, a primeira parte do julgamento da Chapa Dilma Rousseff/Michel Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  As chances do atual presidente Michel Temer (PMDB) ter o mandato cassado ainda este ano são grandes.

Segundo analistas políticos que comentam o caso na imprensa nacional, a agilidade do o corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Herman Benjamin, em dar início ao processo facilitará a sua saída.

Além disto, quando a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) 194358 foi entregue ao TSE  pelo PSDB, o partido não imaginava que Dilma já não seria mais presidente no momento em que as acusações de abusos de poder político e econômico fossem finalmente a julgamento. O objetivo inicial da legenda era atingir apenas a ex-presidente. Agora, para se esquivar das acusações, Temer pediu a separação da campanha.

O julgamento também terá uma sessão ordinária ainda hoje (04) prevista para às 19h. Quarta-feira (05) o julgamento continua às 19h e na quinta-feira (06), às 09h. Embora as articulações da sua base política para que isto não aconteça, o partido do qual faz parte se divide e tem Renan Calheiros como um dos principais críticos ao governo Temer, o que também poder ser uma grande ameaça ao presidente no sentido de desgastar ainda mais a sua gestão.

 

 

 

Deixe uma resposta