Comitiva da Aprosoja Brasil conhece o Porto do Itaqui e potencialidades do Maranhão

O Porto do Itaqui recebeu comitiva de representantes da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), que reúne produtores rurais e empresários.

O Porto do Itaqui recebeu, nesta quinta-feira (21), comitiva de representantes da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), que reúne produtores rurais e empresários. A visita integra as atividades da reunião da entidade, realizada na quarta-feira (20), com a presença dos secretários de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), Edjahilson Souza; da Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Expedito Rodrigues; do secretário adjunto da Fazenda, Jomar Fernandes; e do presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), Ted Lago.

O presidente da Aprosoja Brasil, Bartolomeu Braz (GO), liderou o grupo, formado pelo representante do Maranhão na Aprosoja, José Carlos Oliveira de Paula, e mais outros 12 associados. Eles conheceram de perto as operações de embarque de soja operadas pelo Tegram e pela VLI no Itaqui.

Ted Lago fez uma breve apresentação sobre as potencialidades do Porto do Itaqui com foco na movimentação de soja, que vem batendo recordes sucessivos. Só em maio deste ano foram embarcadas pelo porto maranhense 1,2 milhão de toneladas do grão. De janeiro a maio foram 3,2 milhões de toneladas. Ele chamou a atenção para o papel do Itaqui no escoamento da produção do centro norte do país.

“Os resultados estão alinhados com o momento que o Maranhão vive, marcado pela atração de recursos e foco na consolidação de importantes programas voltados à produção e à logística, além dos investimentos que estamos fazendo no Porto do Itaqui”, afirmou Lago. “Nós sabemos da importância dessa logística de saída de grãos pelo Arco Norte via Porto do Itaqui”, afirmou Braz.

Com sede em Brasília e representantes em 16 estados do país, a Aprosoja se reúne a cada dois meses em um estado. Os secretários e o presidente da EMAP falaram aos associados sobre os investimentos e projetos do Governo do Maranhão para o setor agropecuário.

“O governador Flávio Dino fortaleceu a Secretaria de Agricultura do Estado (Sagrima), demonstrando o interesse em investir na produção agrícola, tornando essas medidas realidade, permitindo que o setor agropecuário do nosso estado alcançasse o maior crescimento do PIB do país”, afirmou o secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca do Maranhão, Edjahilson Souza.

O secretário de Indústria, Comércio e Energia, Expedito Rodrigues, enfatizou a prospecção de novos investimentos no Maranhão, que impactam na geração de emprego e renda e na campanha de valorização dos produtos maranhenses. “Apresentamos as principais ações em prol do crescimento do agronegócio, que tem uma parcela significativa no Maranhão, refletindo inclusive no resultado do PIB maranhense”, disse.

“Nas gôndolas dos principais supermercados da cidade, sinalizamos nossos produtos. Quando aumentamos o consumo interno, contribuímos não só para a geração de novos postos de trabalho, mas para o desenvolvimento do Maranhão”, completou Expedito Rodrigues.

Deixe uma resposta