Especialistas ministram palestras em seminário da Sociedade Brasileira da Educação Matemática

O encontro reuniu educadores, estudiosos e acadêmicos da área de Matemática.  

Os professores Pedro Alcântara, supervisor  de Avaliação; André Bogéa, da equipe técnica da Regional de Educação de São Luís, e Waléria Soares, docente da Rede Estadual de Ensino, foram palestrantes do II Seminário Dia Nacional da Matemática, realizado no sábado (26), no Teatro Zenira Fiquene, em uma faculdade no bairro Turu. O encontro reuniu educadores, estudiosos e acadêmicos da área de Matemática.

Promovido por integrantes da Sociedade Brasileira da Educação Matemática-SBEM, Regional do Maranhão, o seminário foi alusivo ao Dia da Matemática, comemorado em 6 de maio, em homenagem ao nascimento do matemático, escritor e educador, Júlio César de Mello e Souza, conhecido pelo pseudônimo de Malba Tahan, e instituído oficialmente em 2013, pela Presidência da República, através da Lei de Nº 12.835.

A Sociedade Internacional de Educação Matemática sugere que cada país institua o “Dia da Matemática” como forma de homenagear os intelectuais de sua localidade e assim, mobilizar os profissionais da área para um momento de reflexão sobre o seu ensino.

Participaram do encontro, em São Luís, profissionais que trabalham com o ensino de Matemática de diversas instituições, como: a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a Secretaria Municipal de Educação de São  Luís, universidades públicas e privadas da capital, entre outras.

Para a SBEM-Maranhão, comemorar o aniversário da Matemática com os educadores, fortalece os laços que tornam a área mais humanizadora e próxima da realidade dos professores, tornando-a, consequentemente, mais significativa e prazerosa para os estudantes.

Segundo o doutor em Educação, André Bogéa, professor há mais de 20 anos nas redes públicas, o encontro fortalece também as instituições de ensino.

“Encontros como esse fortalecem e integram as diversas instituições responsáveis pelo desenvolvimento dos profissionais que ensinam Matemática e, consequentemente, interferem positivamente no processo ensino-aprendizagem dos nossos alunos, uma vez que levam os professores a refletirem sobre as suas próprias práticas em salas de aula”, destacou.

Pedro de Alcântara enfatizou que o Governo do Estado, por intermédio da Seduc, vem desenvolvendo um conjunto de ações para a melhoria dos indicadores educacionais, assim como, a melhoria da aprendizagem Matemática.

“As ações efetivas realizadas pelo governo, no âmbito da Seduc, já demonstram resultados concretos, como o aumento da taxa de aprovação, a queda na reprovação e o abandono escolar”, frisou.

Para a professora Waléria Soares, doutora em Ensino de Ciência e Matemática, que dirige as ações da SBEM-MA, “este momento foi histórico, visto que envolveu grande parte das instituições que trabalham o ensino de Matemática de nosso estado, uniu pedagogos e matemáticos, e firmou uma parceria que trará resultados positivos para a educação da sociedade maranhense”, avaliou.

Deixe uma resposta