Fábio Gondim morre pela boca

Envolvido em processos, o ex-secretário do governo Roseana Sarney e o ex secretário de Saúde do Distrito Federal, Fábio Gondim acabou morrendo pela boca ao tripudiar da citação do governador Flávio Dino no inquérito aberto pelo Ministro Edson Fachin. Logo ele que foi denunciado por suposto esquema de pagamento de 30% de propina na Secretaria de Saúde do DF, não cumpria a Lei de Responsabilidade Fiscal, não disponibilizava informações sobre as receitas no Portal da Transparência, nem os repasses Fundo a Fundo, nem as prestações de contas, nem as contratações públicas, nem relatórios da Lei de Acesso à Informação e ainda ocultava despesas. E a resposta veio à galope pela tripudiação por meio dos secretários estaduais Márcio Jerry e Márcio Jardim.

Deixe uma resposta