Flávio Dino propõe conciliação para retirar o Brasil das trevas

De acordo com o governador, cabe à esquerda brasileira e ao centro democrático concertar uma saída política para o caos institucional do país.

 

“Brasil vive Era de Trevas”, declarou o governador Flávio Dino, em seu Twitter. “Isso é útil para um projeto de destruição da Nação. Hora de reabrir janelas da esperança e da ação transformadora”, completou.

De acordo com o governador, o desafio da esquerda brasileira não é a crítica à conjuntura ou formulação do melhor programa, mas sim tática e mobilização política eficiente.

“Uma tática puramente de reação a retrocessos sociais e de denúncia de abusos institucionais é insuficiente para abrir novos caminhos ao Brasil. Sem um caminho desse tipo, teremos muita pirotecnia e muitos confrontos. Mas nenhuma solução para os problemas da população”, advertiu.

“Guerra política”

De acordo com Flávio Dino, a sociedade está saturada com seus problemas cotidianos e com a “guerra política”. Povo sabe que Brasil está andando para trás. “Cabe à esquerda e ao centro democrático concertar uma saída política para o caos institucional. Fora da Política não há salvação real”, completou.

Algumas ideias propostas pelo governador:

1) paralisação imediata de qualquer proposta legislativa que mexa em direitos sociais, especialmente reforma da Previdência;

2) reduzir taxa de juros e manter câmbio competitivo para empresas exportadoras;

3) Recuperar ambiente de estabilidade e segurança jurídica, imprescindíveis para ciclo consistente de investimentos privados;

4) Usar parte pequena das reservas internacionais para programa de investimentos públicos, especialmente rodovias e ferrovias;

5) reforma tributária que leve a novo pacto federativo e à distribuição mais justa da carga de impostos sobre capital financeiro e rentismo;

6) Diálogo amplo entre os partidos políticos e principais lideranças nacionais, com a compreensão de que fora da Política não há solução.

 

Deixe uma resposta