Flávio Dino entrega mais de 1 mil novos Cheques Minha Casa

O Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) entrega, no próximo sábado (30), à partir das 9 horas, o Cheque Minha Casa a famílias beneficiadas pelo programa. Nesta fase, serão beneficiadas 1.000 famílias residentes nos municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

O programa, destinado às famílias de baixa renda, visa a redução do déficit habitacional qualitativo, dinamização da economia, e geração de trabalho e renda às famílias carentes. A entrega do Cheque Minha Casa será realizada no estacionamento do Estádio Castelão, bairro Outeiro da Cruz.

Com esta etapa, chega a 7.446 0 número de famílias beneficiadas pelo Governo do Maranhão com o Cheque Minha Casa. O benefício é de R$ 5 mil, destinados a melhorias e reformas nos lares das famílias contempladas na Grande Ilha.

Nesta fase serão entregues cheques de R$ 2.500,00 para início dos serviços. Antes disso, outras 746 famílias já foram beneficiadas com recursos para reconstruir moradias afetadas fortemente pelas chuvas, além da aquisição de móveis e eletrodomésticos essenciais, conforme MP 274/2018. O governador Flávio Dino entregou os Cheques Minha Casa em Trizidela do Vale, Pedreiras e Tuntum.

Cheque Minha Casa

O Cheque Minha Casa, que é executado pela Secid, é um programa social baseado na compensação tributária, portanto o beneficiado não pagará nada. Tem o objetivo de apoiar a reforma, a ampliação ou a melhoria de unidades habitacionais já existentes, com prioridade para as instalações sanitárias do imóvel.

“Temos um cadastro de mais de 52 mil pessoas e, de acordo com a lei, priorizamos idosos e pessoas com deficiência no ano passado. Agora passamos a atender as famílias que se enquadram no perfil sócio económico exigido pela ação”, explica a titular da Secid, Flávia Alexandrina.

O perfil inclui famílias carentes com renda de até três salários mínimos. Além de ajudar na reforma dos lares, ainda movimenta a economia e gera renda no mercado local. “Gera um benefício social muito grande, as pessoas realizam sua obra com mutirão, autoconstrução, há uma movimentação na renda. Isso é um dos objetivos, dinamizar a economia, elevar o emprego e trabalho nas lojas de material de construção, além de melhorar a qualidade das moradias”, acrescenta a secretária.

O Programa Cheque Minha Casa passou por uma mudança específica para atender as famílias desabrigadas, permitindo a compra de móveis e eletrodomésticos essenciais, além da própria reconstrução das moradias em Pedreiras, Tuntum e Trizidela do Vale.

Para o governador Flávio Dino, o Cheque Minha Casa atende tanto a dimensão social, com a reforma dos ambientes e melhoria direta da qualidade vida das pessoas, quanto à dimensão econômica, já que gera renda e oportunidades de emprego, com a circulação do dinheiro do investido.

Deixe uma resposta