Dino sobre reforma da Previdência: ‘regressiva’

Governador usou seu Twitter para se posicionar contra o texto atual e sugeriu suspensão do assunto

O governador do Estado do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), usou a sua conta no Twitter para se manifestar contrário à reforma da Previdência, tema, segundo ele, “muito sério e grave para ser tratado agora”.

Dino citou que o país tem tomado várias agendas contrárias aos interesses populares, e que isso é raro em outros lugares do mundo. “Só se combate de verdade a corrupção enfrentando a maior das corrupções: a imensa desigualdade social e regional”, disse o governador.

Flávio Dino disse ainda que “não é hora de uma reforma da Previdência que seja profundamente regressiva contra os mais pobres da cidade e do campo”. Ele citou ainda a lacuna em proteção social dos trabalhadores rurais, que não seriam compatíveis com suas “realidades de trabalhho”.

A reforma da Previdência é uma proposta da atual gestão federal, que prevê novas regras de idade e tempo de contribuição para a aposentadoria dos brasileiros.

Confira os tweets do governador Flávio Dino.

Deixe uma resposta