Governador Flávio Dino empossa novo secretário de Trabalho e Economia Solidária

Governador empossou o novo secretário de Trabalho e Economia Solidária, Hernando Macedo. Com a mudança, o Silvio Conceição Pinheiro, que ocupava a pasta, assume a subsecretaria. 

O governador Flávio Dino empossou, na manhã desta segunda-feira (21), no Palácio dos Leões, o novo secretário de Trabalho e Economia Solidária, Hernando Dias de Macedo. Com a mudança, o Silvio Conceição Pinheiro, que ocupava a pasta, assume a subsecretaria.

Hernando Macedo foi prefeito de Dom Pedro entre os anos de 2013 e 2016, onde acumulou êxitos administrativos. Para o governador Flávio Dino, a experiência no executivo acumulada à representação política do centro maranhense o gabaritam para exercer o cargo.

“Hernando fez uma gestão alterosa, com muitas inaugurações, obras e ações. Testemunhei o empenho do então prefeito Hernando Macedo para promover serviços e direitos aos cidadãos e cidadãs de Dom Pedro. O ingresso de Hernando Macedo nos quadros do nosso governo também atende a um dos nossos objetivos: garantir que a nossa equipe seja a expressão das várias regiões do nosso estado. Com isso, nós garantimos que o clamor da população de várias regiões possa chegar até o Governo”, afirmou o governador Flávio Dino.

Para Flávio Dino, o Governo busca propiciar dignidade de modo inédito ao povo do Maranhão e isso só é possível com a união das várias forças políticas do estado. “Nós buscamos um governo que seja expressão de um mosaico bastante variado, para que com isso governemos melhor. O trabalhismo é uma corrente muito importante na história brasileira e está bem representada pelo Hernando Macedo. Vamos trabalhar para ampliar oportunidades”, disse.

“O acesso ao emprego, ao trabalho e a renda são os pilares do verdadeiro bem-estar que nós buscamos para o Maranhão. E, ao mesmo tempo, precisamos visionar outras alternativas, como o papel da economia solidária, com as cooperativas. Temos um trabalho forte nessa área, já que é um modo de conseguirmos que os setores mais marginalizados e empobrecidos da sociedade possam, de fato, se desenvolver e assim oferecer o bem-estar para essas famílias”, defendeu o governador Flávio Dino.

Hernando Macedo afirmou que dará continuidade ao trabalho da pasta. “É uma satisfação poder contribuir para esse grande trabalho que o governador Flávio está fazendo pelo o nosso estado. É com muita honra e muita gratidão que vamos seguir nesse caminho de desenvolvimento do Maranhão. Não medirei esforços para buscarmos cada vez mais oportunidades para o povo maranhense”, garantiu.

De acordo com Silvio Conceição, que assumiu a subsecretaria, um dos novos focos da SETRES é a ampliação dos postos do Sistema Nacional de Emprego (SINE). “A nossa pretensão é cada vez mais aumentar o número de agências do SINE, melhorando o atendimento ao trabalhador e ao empregador. Atualmente temos 20 agências, mas queremos interiorizar e expandir o atendimento para áreas não atendidas da capital”, realçou.

Destaque positivo 

Durante a solenidade, o governador Flávio Dino ressaltou ainda os dados positivos de geração de empregos formais no estado, referente ao primeiro quadrimestre de 2018. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), o Maranhão gerou mais de 1,8 mil admissões líquidas, a maior parte delas nos setores de agropecuária e serviços.

“Nós tivemos de novo saldo positivo, contrariando o que está posto no Brasil, uma recessão muito aguda. Quando nós olhamos 30 milhões de pessoas sem conseguir emprego formal, é claro que o poder aquisitivo do povo cai. E isso acaba retroalimentando o desemprego. No caso do Maranhão, creio que nós vivemos o limiar de um ciclo virtuoso. Porque nós temos o agronegócio muito forte, teremos uma produção de grãos nesse ano ainda maior que tivemos em 2017, o que significa dizer que teremos um grande crescimento do Produto Interno Bruto, e ao mesmo tempo nós já conseguimos enxergar os efeitos disso no setor de comércio e serviços, que corresponde ao maior número de empregos no país e no nosso estado”, assegurou.

Deixe uma resposta