Governo do estado lamenta a morte de Bita do Barão

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Igualdade Racial (SEIR), lamenta o falecimento do religioso de matriz africana Wilson Nonato de Souza, conhecido como Bita do Barão, ocorrido no começo da tarde desta quinta-feira, 18.

O babalorixá Bita de Barão tinha 87 anos de idade cronológica e residia no município de Codó, onde conduzia a Tenda Espirita de Umbanda Rainha de Iemanjá Palácio de Iansã e estava internado nos últimos 10 dias em hospital de Teresina com grave estado de saúde.

O corpo será conduzido para Codó nesta tarde e será velado no Palácio de Iansã, onde se realizarão as cerimonias fúnebres e o enterro será no Cemitério Central.

Neste momento de perda para as comunidades de matriz africana, o Governo do Maranhão se solidariza com a família e com as lideranças religiosas dos cultos afros.

Deixe uma resposta