IFMA abre mais de mil vagas em cursos

Inscrições começam dia 10 e são gratuitos

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) está ofertando 750 vagas para as especializações em Informática na Educação, Geoprocessamento e Gestão Pública, além de 300 vagas para as licenciaturas em Matemática e Química. As inscrições serão realizadas de 10 a 28 de abril pela internet. Os cursos são gratuitos de graduação e pós-graduação lato sensu na modalidade de educação a distância.

Nessa modalidade de ensino, as atividades acadêmicas serão realizadas por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA Moodle) e de encontros presenciais a serem realizados preferencialmente aos sábados e domingos nos polos de apoio presencial, com frequência e horários estabelecidos pela instituição. As atividades presenciais são obrigatórias.

Os cursos de graduação estão disponíveis nos polos de apoio presencial de São Luís, São João dos Patos, Fortaleza dos Nogueiras e Dom Pedro. Já as especializações contam com apoio presencial em 10 polos: São Luís, Imperatriz, Caxias, Barra do Corda, São João dos Patos, Carolina, Porto Franco, Dom Pedro, Colinas e Fortaleza dos Nogueiras.

A classificação dos candidatos aos cursos de licenciatura adotará como critério o coeficiente de rendimento de disciplinas do Ensino Médio. No caso da pós-graduação, a seleção terá como base um sistema de pontuação dos currículos enviados no momento da inscrição. A previsão é que o resultado deverá ser divulgado no dia 12 de maio no site do IFMA.

Cotas – No processo seletivo dos cursos de graduação, 50% das vagas são destinadas aos candidatos egressos de escolas públicas. Dessas vagas, metade serão reservadas aos candidatos com renda familiar bruta igual ou inferior a um salário mínimo e meio e a outra metade será reservada aos candidatos com renda familiar bruta superior a um salário mínimo e meio, garantindo um percentual de 77% aos autodeclarados pretos, pardos e indígenas.

Para a seleção dos cursos de especialização, um quantitativo de 30% das vagas é destinado aos candidatos que se autodeclararem pretos, pardos e/ou indígenas – eles concorrerão ao mesmo tempo às vagas reservadas e à ampla concorrência. Aqueles aprovados em ampla concorrência não serão computados para as cotas.

Para ambos os processos seletivos, o Instituto também reserva, em cada curso, 5% das vagas para os candidatos com deficiência.

Deixe uma resposta