Júnior do Nenzin tem prisão preventiva decretada

Nenzin, ex-prefeito de Barra do Corda e pai do deputado estadual Rigo Teles, foi morto com um tiro no pescoço quando se dirigia até a fazenda com o filho para tratar sobre a venda de centenas de cabeças de gado.

O empresário Júnior do Nenzin, acusado de ser o mandante ou autor da morte de seu pai, o fazendeiro e político Nenzin, teve a prisão preventiva decretada pelo juiz Iran Kurban Filho, da 2ª Vara de Barra do Corda.

Manoel Mariano de Sousa Filho, já estava preso em situação temporária após o assassinato do pai, no dia 6 de dezembro.

Nenzin, ex-prefeito de Barra do Corda e pai do deputado estadual Rigo Teles, foi morto com um tiro no pescoço quando se dirigia até a fazenda com o filho para tratar sobre a venda de centenas de cabeças de gado.

De Redação, com informações de Jornal Pequeno.

Deixe uma resposta