Líder do Bonde dos 40 é morto em confronto com o GOE em Alcântara

Após denúncias anônimas que apontava ameaças a populares na região próximo ao Cujupe, foi constatado via Siisp/Infoseg que se tratava de Genilson Pereira, vulgo “Baiacu” foragido do sistema penitenciário do Maranhão. O mesmo estava no povoado Cagiba, Alcântara-MA. O mesmo é um dos responsáveis por ordenar e incendiar a ônibus na capital do estado, São Luis, em 2014.

As equipes do Grupo de Operações Especiais (GOE) e Guarnição de Alcântara, se deslocaram localizando o criminoso em um barracão. Foi realizado o cerco e determinado que o mesmo saísse do local, Genilson se recusou e logo em seguida efetuou disparo de arma de fogo vindo a atingir o escudo balístico da equipe.

Houve o revide e o agressor foi alvejado, de imediatamente foi prestado socorro e feito deslocamento para o hospital de Alcântara onde foi constatado óbito pelo médico de plantão.

Genilson Pereira é contumaz no mundo do crime, sendo líder de facção e suspeito de coordenar ataques a ônibus no inicio do ano de 2014, onde vitimou Ana Clara Souza de 6 anos, sendo transferido depois para o presídio federal de Mossoró-RN. O mesmo respondia também por homicídio, assaltos e organização criminosa.

Na operação foram apreendidos um revolver cal. 38, duas munições intactas e uma munição deflagrada; e celular LG preto.

Deixe uma resposta