Luis Fernando: jamais tive qualquer informação que maculasse a imagem de Flávio Dino

O tucano afirmou ainda que nenhuma pessoa pública pode ser acusada sem direito pleno de defesa

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva (PSDB), manifestou sua solidariedade ao governador Flávio Dino. “Jamais tive qualquer informação que maculasse a imagem do governador Flávio Dino ao longo de toda a sua vida pública”, disse, em entrevista à Rádio Timbira.

O tucano afirmou ainda que nenhuma pessoa pública pode ser acusada sem direito pleno de defesa. “Eu defendo a investigação profunda e ampla de todo e qualquer fato delituoso praticado por quem quer que seja, sobretudo, pelos homens públicos, mas não se pode condenar ninguém antes do devido processo legal e o exercício pleno do direito de defesa. Portanto, toda a minha solidariedade ao governador”, declarou Luis Fernando.

Também manifestaram apoio a Flávio Dino os prefeitos de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB). Todos foram unânimes em dizer que desacreditam na acusação que incluiu o nome do governador Flávio Dino em lista de investigações da operação ‘Lava Jato’.

Edivaldo destacou a trajetória digna do governador Flávio Dino. “Flávio Dino é um cidadão digno, um gestor comprometido, que tem feito um grande trabalho pelo Maranhão. Conheço a sua trajetória pública, pautada na luta pelos anseios populares.  Confio na justiça e sei que verdade vai prevalecer.”, disse.

Para o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, a citação do nome do governador é um equívoco “A inclusão do nome do governador Flávio Dino nas investigações da operação ‘Lava Jato’ é uma vergonha nacional. Enquanto cidadão, juiz federal que foi, o governador é um cidadão honrado, trabalhador e honesto.  Não há nada que desabone a sua luta, conduta pessoal e funcional. A citação do nome do governador só serve ao sensacionalismo da mídia da oligarquia, que se aproveita desses equívocos para desgastar o governo e a imagem do melhor governador das últimas décadas no Maranhão”, afirmou o prefeito.

Deixe uma resposta