Lula chega para depor sob forte esquema de segurança

Lula foi acompanhado de apoiadores e militantes do PT até a sede da Polícia Federal

A Polícia Federal de Curitiba armou um enorme esquema de segurança para a chegada do ex-presidente Lula para depor ao juiz Sérgio Moro. Uma barreira policial foi montada nas ruas próximas à sede da PF. Em imagens, é possível ver um cordão com barreiras duplas e sêxtuplas de policiais. Anteriormente a PF já havia divulgado que usaria o mesmo esquema de segurança da Copa do Mundo.

Lula foi acompanhado de apoiadores e militantes do PT até a sede. A ex-presidente Dilma Rousseff desembarcou mais cedo na cidade e deve ficar em Curitiba para apoiar o líder do PT. Informações do Estadão dão conta de que Lula teria manifestado “indignação” ao saber do fechamento do seu institito, o que ocorreu no fim da tarde de ontem (9).

“Você conseguiu entender esta decisão?”, teria perguntado Lula ao deputado federal Wadih Damus (PT-RJ), advogado e ex-presidente da Ordem dos Advogados do Rio de Janeiro (OAB-RJ). Segundo Wadih, Lula disse que a decisão é “absurda”. “Ele (Lula) manifestou perplexidade e indignação. Ele não entendeu, porque ninguém está entendendo aquela decisão”, contou o deputado ao Estadão.

Foto: Ricardo Stuckert e Reprodução

 

Deixe uma resposta