Lula: ‘Sigo tranquilo e acredito na Justiça. E indignado como todo inocente injustiçado’

Gleisi lê mensagem em que ex-presidente diz ouvir as músicas tocadas no acampamento, agradece apoio e reafirma críticas às injustiças cometidas pelo condutores da Lava Jato.

RBA

São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou hoje mensagem em que agradece o apoio que vem recebendo em diversas partes do mundo. E em especial, à pessoas que participam do Acampamento Lula Livre, em Curitiba. De acordo com o bilhete lido pela presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, Lula afirmou ter ouvido as músicas cantadas durante o ato cultural na tarde desta segunda-feira (16).

“Eu ouvi o que vocês cantaram. Estou muito agradecido pela resistência e presença de vocês neste ato de solidariedade. Tenho certeza que não está longe o dia em que a Justiça valerá a pena. Na hora em que ficar definido que quem cometeu crime seja punido. E que quem não cometeu seja absolvido”, diz a mensagem.

O ex-presidente reafirma ainda confiança na Justiça, reafirma as críticas aos condutores da Operação na Lava Jato e mostra indignação. “Continuo desafiando a Polícia Federal da Lava Jato, o Ministério Público da Lava Jato, o Moro e a segunda instância a provarem o crime que alegam que eu cometi. Continuo acreditando na Justiça e por isso estou tranquilo, mas indignado como todo inocente fica indignado quando é injustiçado.”

Hoje, organizadores da vigília convocaram entrevista coletiva para informar que a Comissão de Direitos Humanos do Senado será autorizada a visitar Lula na sede da Polícia Federal. Afirmaram ainda estar sendo construído acordo envolvendo a Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito de Curitiba, a Superintendência da Defesa Social e a Procuradoria Geral do Município, que alegam que o acampamento tem causado transtornos a moradores da região e ao atendimento da PF. Ficou acertada a manutenção do espaço da vigília e o direito à livre manifestação nas imediações. Leia nota dos organizadores abaixo

Nota: Vigília pela liberdade do presidente Lula se mantém

As organizações presentes no acampamento Lula Livre informam que:

1 – A partir de acordo entre as lideranças do movimento com a Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito de Curitiba, a Superintendência da Defesa Social e Procuradoria Geral do Município, acertou-se a manutenção do espaço da vigília e o direito à livre manifestação nas imediações da Superintendência da Polícia Federal, onde o ex-presidente Lula é mantido como preso político, bem como o trânsito na região ao longo do dia. A vigília e a luta continuam!

2 – Manteremos quatro tendas no local e estrutura de banheiros, de maneira a assegurar a estrutura necessária para a nossa vigilância e o direito ao uso do espaço para manifestação política. Seguiremos gritando todas as manhãs nosso “Bom dia Lula” e enviando força e mensagens ao ex-presidente ao longo do dia. 

3 – O local do acampamento para o pernoite, porém, será transferido para outro espaço da cidade. O que será definido pelo movimento, de acordo com as possibilidades legais oferecidas, a partir de amanhã.

4 – O acordo, a ser efetivado até às 18 horas do dia 17/4, ainda suspende a multa de R$ 500 mil fixada pela 3 Vara da Fazenda Pública do foro Central da Região Metropolitana de Curitiba.

5 – As atividades políticas e culturais da vigília democrática Lula Livre mantêm-se conforme programação a ser divulgada previamente.

6 – Agradecemos aos moradores que acompanham e apoiam há nove dias o movimento. São madrugadas frias, mas de calor humano, de aprendizado e relatos dos que desejam um Brasil mais justo. Aprendemos com vocês, na imensa solidariedade e entrega que esse momento da História nos colocou. Pedimos desculpas por qualquer contratempo a todos. Seguiremos juntos em vigília e nos espaços de debate, para onde estão todos e todas convidados.

7 – Reafirmamos que permaneceremos em luta não só em Curitiba, mas em todos os estados onde se realizam acampamentos, atos e mobilizações pela liberdade de Lula. Amanhã (17) teremos atos em todo o país pela liberdade do ex-presidente.

8 – Lula livre!

Curitiba, 16 de abril de 2018

Acampamento Lula Livre

Deixe uma resposta