MA-307, entre Centro do Guilherme e Presidente Médici, é primeira rodovia entregue em 2018

Desde 2015 foram entregues à população 16 trechos rodoviários, que somados resultam num total de 551 quilômetros de estrada, com um investimento de R$ 404 milhões. 

Foi finaliza a primeira rodovia a ser entregue em 2018, a MA-307, no trecho entre os municípios de Centro do Guilherme a Presidente Médici.  A obra é do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra).

“Essa é uma rodovia que vem atender a um desejo antigo da população, não apenas desses dois municípios, mas de toda a região e que se incorpora a um conjunto de investimentos que o governo Flávio Dino tem feito desde 2015 para melhorar a nossa malha rodoviária estadual”, diz o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto.

O cenário já é outro com a construção dos 32 quilômetros da rodovia que nunca havia recebido pavimentação asfáltica. Foram investidos pelo Estado R$ 27 milhões em serviços de pavimentação, substituição de três pontes de madeira por pontes de concreto sobre os rios Imbaúba, Igarapé Grande, Maracaçumé e Várzea, além da sinalização horizontal e vertical.

Com o investimento, a Região Oeste do estado ganha uma nova rota para escoamento da produção, beneficiando diretamente três municípios: Centro do Guilherme, Maranhãozinho e Presidente Médici. Quem já está sentindo as melhorias é Izaias Leão, que trabalha com o transporte de legumes e frutas de Maracaçumé para Centro do Guilherme, Sodrelândia, Veracruz, Nunes Freire e Amapá.

“Ah, aqui era ruim demais. Muitos buracos, o carro vivia quebrando. Além disso, tinha que dar a volta pela 25 (estrada vicinal) e demorava três horas num trecho que se faz em 40 minutos. Agora melhorou e muito. E vai melhorar mais”, comemora Leão.

Para Noleto, a melhoria da rodovia também reforça a atividade econômica da região, que é formada em sua maioria por pequenos produtores: “Nós estamos alcançando aproximadamente 1.000 mil quilômetros de novas rodovias, contribuindo dessa maneira para retirar comunidades do isolamento”, frisa.

“Isso ajuda no escoamento da produção, no direito de ir e vir das pessoas, no transporte de produtos e, claro, contribui para o desenvolvimento econômico e social do nosso estado”, acrescenta o secretário.

Além de beneficiar o comércio, a nova rota facilita atendimentos emergenciais de saúde e segurança nos povoados ao longo da estrada. “Agora podemos chamar a ambulância no (povoado) Maranhãozinho que chega rápido. Antes, demorava demais”, lembra Ozilina Oliveira, que mora há 36 anos no povoado Bom Jesus da Mata.

Malha viária

O Governo do Maranhão vem transformando a malha viária em todas as regiões do estado. Desde 2015 foram entregues à população 16 trechos rodoviários, que somados resultam num total de 551 quilômetros de estrada, com um investimento de R$ 404 milhões.

Atualmente, a Sinfra está pavimentando mais 21 trechos com investimento de R$ 862 milhões que irão somar mais 1.000 quilômetros de novas estradas no Maranhão. Com essa mudança, o Estado melhora as rodovias, facilita o escoamento da produção e amplia a mobilidade urbana entre os municípios. A nova malha viária ainda incentiva o turismo ao pavimentar novos caminhos, como a Rota das Emoções.

Deixe uma resposta