Mais de 200 idosos são imunizados no primeiro dia de vacinação no Centro Social do Servidor

Voltada para os servidores estaduais aposentados, ação segue até esta sexta-feira (25)

Foram vacinados 204 servidores estaduais aposentados nesta terça-feira (22) no Centro Social dos Servidores do Estado do Maranhão. Até esta sexta-feira (25) o espaço funcionará como um posto de imunização contra a gripe – resultado de uma parceria entre o Governo do Estado, por meio do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Maranhão (Iprev) e a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

A vacinação para os aposentados está integrada ao rol de atividades oferecidas pelo Programa de Ação Integrada para o Aposentado (PAI), vinculado à Diretoria de Previdência Pública do Iprev. A diretora de Previdência, Larissa Tocantins, destacou a importância da iniciativa. “Oferecer a imunização num espaço que já é referência para os nossos aposentados aumenta o alcance dessa ação. É uma maneira de oferecermos mais saúde para a população dessa faixa etária, potencializando o trabalho que já desenvolvemos”, pontuou a diretora.

Para a coordenadora do PAI, Arlete Pontes, a vacinação no Centro Social também estimula a adesão dos servidores aposentados à campanha. “As pessoas gostam da vacinação aqui. Já temos inclusive uma demanda nesse sentido. Outro ponto positivo é que ajuda a quebrar a resistência deles com a vacina. Os idosos que frequentam aqui já conhecem a equipe, e um aposentado fica incentivando o outro para ir tomar a vacina”, contou ela.

Saúde

A imunização é oferecida no setor de saúde do Centro Social dos Servidores (antigo Ipem) até esta sexta-feira (25). O serviço é realizado por equipes da Prefeitura de São Luís, com apoio da equipe técnica do PAI. O serviço é oferecido das 8h30 às 12h e das 14h até às 16h30.

O representante comercial Roberto Batuíra, 65, estava levando a sogra para buscar contracheques no Centro Social e, como se encaixa no público-alvo da campanha do Ministério da Saúde, aproveitou para também tomar a vacina. “Tudo que ajuda a prevenir doenças é válido. O sistema de saúde coloca à nossa disposição várias ferramentas para garantia da nossa saúde, e é importante utilizá-las”, afirmou ele.

Além de garantir a imunização contra a gripe, a aposentada Conceição Leal, 80, também ganhou a sua primeira carteira de vacinação. “Durante muito tempo da minha vida eu fiquei sem tomar vacina. Não gostava. Mas no ano passado tomei e foi ótimo porque nunca mais fiquei gripada. Agora venho todo ano e recomendo para todos. É um jeito de cuidar de si mesmo para garantir a nossa melhor idade”, afirmou ela.

Maria dos Remédios Beleza, 70, também aproveitou a oportunidade. Ela tomou a vacina e levou também a tia, Yvone Beleza, 94, para se imunizar. “É muito importante. Antes eu gripava muito fácil, mas desde que comecei com a vacina todos os anos diminuiu muito”, constatou.

Campanha

A vacinação contra a gripe é uma iniciativa do Ministério da Saúde. A imunização protege contra três tipos diferentes de vírus da gripe (H3N2, H1N1 e B) pelo período de seis meses a um ano. A campanha é voltada para pessoas a partir de 60 anos; crianças entre seis meses e cinco anos; gestantes ou mulheres até 40 dias após o parto; trabalhadores da área de saúde; professores de escolas públicas e privadas; povos indígenas; portadores de doenças crônicas não-transmissíveis e outras condições clínicas especiais; população privada de liberdade; jovens em cumprimento de medidas socioeducativas; e funcionários do sistema prisional. A vacina está disponível também em todos os postos de saúde.

Deixe uma resposta