Maranhão cria emprego com carteira assinada no mês, no quadrimestre e no acumulado de 12 meses

O desempenho positivo do Maranhão na criação de empregos com carteira assinada em abril não foi um episódio isolado. O Estado tem gerado vagas formais nas mais diferentes medições de períodos.

Em abril, por exemplo, o Maranhão registrou 1.332 novas contratações com carteira assinada, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho. Foi o melhor resultado para o mês nos últimos 6 anos.

Se forem levados em consideração os quatro primeiros meses, também há resultado positivo, com a criação de 1.770 postos com carteira assinada.

No acumulado de 12 meses, mais um saldo favorável: 9.548 vagas. Trata-se de um crescimento de 2,14%. Essa expansão é proporcionalmente maior que a verificada na média brasileira no mesmo período, de 0,75%.

No quadrimestre deste ano, o setor que ajudou a gerar mais postos de trabalho formais foi o de Serviços, seguido pela Agropecuária. No acumulado de 12 meses, a situação se repete.

Investimentos

Esse cenário tem muito a ver também com os investimentos e incentivos feitos pelo Governo do Maranhão. O Estado foi o quarto que mais ampliou investimentos em 2017 em todo o país, com alta de 25,64%. O total foi de R$ 1,176 bilhão, mesmo em meio à grave crise fiscal.

São centenas de obras e empreendimento em execução, o que estimula o mercado de trabalho. Na Indústria e no setor de Serviços, um dos exemplos mais recentes para atrair negócios é o novo Parque Empresarial de São Luís. O local já despertou o interesse de dezenas de empresas, e um dos empreendimentos já está aberto, o que gerou 500 empregos imediatamente e vai chegar a 2 mil.

Deixe uma resposta