Maranhão investe em expansão da infraestrutura aeroportuária

Manutenções, reformas e regularizações representam um novo momento no âmbito aeroportuário do Maranhão, desde que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), se comprometeu com a implantação do Programa de Aviação Regional (PIL), que visa a instalação de aeroportos em todo o país.

Os aeroportos de Balsas, Carolina e Bacabal já foram entregues, e a Seinc está projetando a regularização e implantação da nova infraestrutura aeroportuária do estado, dando continuidade às ações nas cidades de Barra do Corda, Santa Inês, Colinas e Caxias. Tratativas estão sendo mantidas com a Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), a fim da celebração de termo de compromisso para investimentos, neste primeiro momento, nos aeroportos de Barreirinhas, Barra do Corda e do novo aeroporto de Balsas.

As manutenções dos aeroportos baseiam-se no Plano Geral de Outorgas (PGO), responsável pelas regras referentes à administração dos aeroportos regionais. Desde 2015, a Seinc junto à SAC, coordena esse trabalho. O titular da Seinc, Expedito Rodrigues, sublinha a importância de viabilizar a integração regional e a ampliação do acesso a serviços distantes.

“As intervenções promovem a segurança, melhoria da infraestrutura, operações e qualidade dos serviços, além de auxiliar na descentralização das operações aéreas do Maranhão. De forma mais ampla, o investimento nos aeroportos resulta na valorização dos municípios, geração de emprego e renda, desenvolvimento da região, atração de investimentos e fomento à economia”, frisou.

Para os aeroportos de Caxias e Chapadinha, que estão em estudo de viabilidade técnica, estão previstas manutenções de áreas verdes, construções de cercas e reforma do terminal de passageiros. Em Caxias, o estudo acontece em virtude de ocupações por moradores nas proximidades e por uma rodovia cortar a área do aeroporto, ligando-se a um loteamento e a ao bairro vizinho.

Serviços entregues e em andamento

Os aeroportos entregues receberam serviços de reforma e sinalização da pista; manutenção do terminal de passageiros; das cercas e áreas verdes; e reparos na estrutura de apoio. Além disso, o aeroporto de Carolina foi contemplado com um carro contra incêndio de aeródromo (CCI) no valor de R$ 1,5 milhão, entregue pela SAC. O Governo do Estado também concedeu, no local, um prédio destinado à instalação de uma Companhia do Corpo de Bombeiros.

Em Barra do Corda, Santa Inês e Colinas, os aeroportos estão recebendo as mesmas ações corretivas, entretanto, em Colinas, os serviços são essenciais para a abertura do processo de homologação do aeroporto junto a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que está cancelado devido irregularidades e, portanto, com operações aéreas suspensas.

Deixe uma resposta