Morre cantor Jerry Adriani

Ídolo da Jovem Guarda lutava contra um câncer

Faleceu na tarde deste domingo (23), por volta das 15h30 segundo boletim médico, o cantor Jerry Adriani. O ídolo da Jovem Guarda tinha 70 anos e lutava contra um câncer. Ele estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, após sofrer uma trombose, segundo informações do G1.

Jair Alves de Souza, nasceu em 29 de janeiro de 1947, no Brás, na cidade de São Paulo. Começou a sua vida profissional em 1964, com a gravação do seu primeiro LP, “Italianíssimo”, e no mesmo ano gravou seu 2º LP , “Credi a Me”.

Em 1965, grava “Um grande Amor”, sendo o primeiro LP em português. Tornou-se apresentador do programa Excelsior a Go Go, na antiga TV Excelsior (Canal 9), atual RedeTV!, em São Paulo, ao lado do comunicador Luís Aguiar; apresentava músicas dos Vips, Os Incríveis, Trini Lopez, Cidinha Campos, entre tantos outros.

Entre 1967 e 1968, já na antiga TV Tupi, (Canal 4), atual SBT em São Paulo, passou a apresentar A Grande Parada, ao lado de grandes artistas, como Neyde Aparecida, Zélia Hoffmann, Betty Faria e Marília Pera. Era um musical ao vivo que apresentava grandes nomes da música popular brasileira.

Foi responsável pela ida de Raul Seixas para o Rio de Janeiro, seu amigo desde a época da banda baiana Raulzito e os Panteras, por três anos, a qual fez sucesso com músicas como “Tudo que é bom dura pouco”, “Tarde Demais” e “Doce doce amor”.

 

Deixe uma resposta