Na UPA de Imperatriz, paciente realiza o sonho de se casar

O quarto de enfermaria da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Imperatriz se transformou em um cenário de casamento. Na unidade da rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Nildes de Jesus Ducele disse ‘sim’ a Manoel Messias Macedo, internado após um infarto agudo.

A equipe do cartório e de profissionais de saúde da UPA chegou cedo, na última terça-feira (30), para organizar a cerimônia decidida após a recuperação de Manoel. A assistente social Mildrede Sousa foi uma das profissionais responsáveis por viabilizar a realização do casamento dentro da unidade e se emociona ao lembrar do pedido de casamento do paciente para Nildes. “Eu estava presente quando o Manoel pediu a esposa em casamento. Foi tudo muito de surpresa, em cinco anos de trabalho nesta UPA nunca tinha visto um momento tão bonito como este. Fiz questão de ajudar na organização e viabilizar a entrada da equipe do cartório e alguns familiares do casal”, contou.

Há 14 anos Manoel já com quatro filhos e Nildes com três, resolveram unir as famílias. “Nunca pensei que ele fosse oficializar nossa união. Estamos passando por um momento difícil, mas de pior já viemos. Vou lutar até o último dia para ver meu marido bom. Somos casados agora no papel, mas no coração e na alma estamos juntos há 14 anos”, afirma Nildes de Jesus.

Manoel há 20 anos teve Doença de Chagas e não a tratou da forma adequada e, com isso, o coração foi crescendo ao longo dos anos, causando uma série de problemas, como o rompimento recente de uma artéria. “O estado de saúde dele inspira muito cuidado e precisa ser operado daqui uns dias”, disse a assistente social Mildrede Sousa.

Esta semana Manoel Messias foi transferido para outra unidade de saúde para aguardar a redução um coagulo no miocárdio para, só assim, poder ser transferido para São Luís para a colocação do marca-passo.

“Tenho muita fé na recuperação do meu esposo. Estou feliz por ele ter realizado meu sonho de oficializar nossa união e por isso também ele não pode me deixar. Logo, estaremos em São Luís para fazer a cirurgia de colocação do aparelho e ele viver mais anos comigo”, anseia Nildes.

Deixe uma resposta