Número de acidentes aumentou nas MA’s

Balanço do feriado registrou 03 óbitos. Número de feridos diminuiu

PRF-MA realizou fiscalização durante todo o feriado

SÃO LUÍS – A Polícia Rodoviária Federal registrou um total de 14 acidentes e 3 óbitos nas rodovias federais que cortam o estado do Maranhão durante o feriado de Semana Santa. Apesar da redução do número de feridos, o resultado não foi considerado bom quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

A imprudência de alguns condutores, somado às chuvas que continuam caindo no estado, são apontados como determinantes para a ocorrência da maior parte dos acidentes. Um motociclista embriagado foi responsável por uma grave colisão frontal ocorrida no km 399 da BR 226, em Grajaú, onde ele e o garupa da moto foram vítimas e morrem no local.

A PRF aplicou um total de 1.132 multas e fiscalizou 3.606 pessoas e 3.027 veículos no estado. As ações educativas sensibilizaram 840 pessoas. Dois veículos foram recuperados e quatro crimes de trânsito foram registrados pela PRF. Veja no gráfico disponibilizado pelo órgão abaixo:

Em todo o País, número de acidentes sofre queda

Nos quatro dias da Operação Semana Santa, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 1091 acidentes, 82 mortos e 1107 feridos em rodovias federais no Brasil. O órgão divulgou números preliminares da operação, que contou com reforço de todo o efetivo nos trechos com maiores índices de acidentes. Iniciada na quinta-feira (13), a operação também registrou 47,7 mil infrações de trânsito.

O resultado preliminar representa uma redução de 16% no número de acidentes, 13% nos feridos e 1% no número de mortos. Na operação de Semana Santa em 2016, a PRF havia registrado 1304 acidentes, 1267 feridos e 83 mortos.

Apesar da redução no número de ocorrências, mais de 40% das mortes ocorreram no último dia da operação, justamente no momento de retorno das famílias aos seus lares.

Mesmo com o esforço na fiscalização, policiais rodoviários federais flagraram motoristas conduzindo em velocidade acima da permitida na via. O órgão contabilizou 60 mil flagrantes de excesso de velocidade. Outros 5,8 mil motoristas foram autuados por ultrapassar em locais proibidos.

O reforço no efetivo ocorreu em todo o Brasil e também focou na educação para o trânsito. As ações educativas, com o objetivo de sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro, alcançaram 42,2 mil pessoas

Deixe uma resposta