Número de presos que não retornaram à Pedrinhas sofre queda em 2017

O dado é um avanço alcançado de acordo com as expectativas do Governo do Maranhão em relação à Segurança Pública

De acordo com informações da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, no total 46 presos não retornaram á Penitenciária de Pedrinhas após a saída temporária da Semana Santa, concedida pela Justiça. Este dado atual confirma que o número de presos que não retornaram neste período sofreu mais uma queda neste ano. O dado é um comparativo entre os anos de 2014 a 2017. Um avanço alcançado de acordo com as expectativas do Governo do Maranhão em relação à Segurança Pública.

Ainda segundo os dados nos arquivos da Seap, e já veiculados pelo portal Página 2, em 2014, de 230 presos liberados, 47 não retornaram; em 2015 de 276, não voltaram à Penitenciária 54 apenados, e em 2016, de 351, não retornaram 47 (mesmo dado dado de 2014, ou seja, já sofrendo uma queda considerável).

Neste ano, na última quarta-feira, dia 12 deste mês, foi concedida pela 1ª Vara de Execuções Penais, autorizou a liberação 548 detentos neste mesmo feriado, contudo apenas 501 tiveram o benefício por haver outras ordens judiciais em desfavor de 47 presos que permaneceram na penitenciária. Ainda assim o número mostra que mais presos são beneficiados e poucos deixam de retornar às suas celas para terminar suas penas.

Para manter esta queda dos números e fazer com que mais presos retornem, as Secretarias de Estado de Segurança Pública (SSP), Administração Penitenciária (Seap), Superintendência da Polícia Federal, Superintendência de Polícia Rodoviária Federal, e diretorias dos estabelecimentos penais de São Luís foram comunicados para operacionalização das medidas estabelecidas na portaria, além de fiscalização.

 

 

Deixe uma resposta