Pesquisa mostra disputa embolada pelo Senado no Maranhão

A quatro meses das eleições é imprevisível a disputa pelas duas vagas para o Senado Federal. É o que mostra a pesquisa Exata, contratada pelo Jornal Pequeno, realizada entre os dias 25 e 30 de maio.

A quatro meses das eleições é imprevisível a disputa pelas duas vagas para o Senado Federal. É o que mostra a pesquisa Exata, contratada pelo Jornal Pequeno, realizada entre os dias 25 e 30 de maio.

Praticamente todos os pré-candidatos estão empatados tecnicamente considerando a margem de erro. A pré-candidata Eliziane Gama (PPS) lidera a disputa com 17% das intenções de votos. A seguir aparecem Edison Lobão (MDB) e Sarney Filho (PV) com 15% cada um.

O deputado federal Weverton Rocha (PDT) aparece com 9% das intenções de votos seguido por Zé Reinaldo (PSDB) e Alexandre Almeida (PSDB) com 8% e 6%, respectivamente.

Nenhum, branco e nulo somam 18%, enquanto não sabe ou não responderam 12% dos entrevistados.

No cenário em que o instituto pergunta em quem seria o segundo voto para o Senado, há novo empate técnico entre os principais concorrentes. Lobão e Sarney Filho tem 12% e 11%, respectivamente. São seguidos de perto por Weverton Rocha com 9%; Zé Reinaldo e Eliziane Gama com 8% cada um e Alexandre Almeida com 6% das intenções de votos.

Nenhum, branco e nulo totalizam 30%, enquanto 16% não sabem ou não responderam.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº 06478/2018. A Exata entrevistou 1.400 pessoas em todas as regiões do Estado. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos. O intervalo de confiança de 95%.

Deixe uma resposta