PF e MPF podem se unir em acordo de delação

Este é o desejo do ex-ministro Antonio palocci que negocia com ambos para prestar depoimento

Palocci tenta negociar depoimento em delação premiada com PF e MPF

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal podem se unir em acordo de delação premiada do ex-ministro Antonio Palocci. Ao menos, é o que este tenta negociar com ambos, segundo informou o jornal Valor Econômico desta terça (18).

Preso na mesma cela que o empresário Marcelo Odebrecht, no Paraná, desde setembro do ano passado, Palocci quer tanto PF quanto MPF estejam presentes na delação. A ideia foi do próprio Marcelo Odebrecht.

O julgamento do pedido de liberdade do ex-ministro está marcado para hoje pelo Superior Tribunal Federal. Ele é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro e diz que pode fornecer informações sobre corrupção de empresas do sistema financeiros, como bancos.

Deixe uma resposta