Prefeitura de São Luís e Iphan vão reformar Praça Dom Pedro II

As obras iniciam no primeiro semestre do próximo ano e contemplam ainda a fonte e a escultura Mãe d'Água, de autoria do escultor maranhense Newton Sá, que serão restauradas.

A Praça Dom Pedro II, no Centro Histórico, um dos mais significativos espaços públicos da capital, vai ser reformada. A área é referência por concentrar as sedes dos três poderes administrativos – municipal, estadual e judiciário -, além da Igreja da Sé, sendo um atrativo turístico.

O Termo de Compromisso para a realização das obras foi assinado entre a Prefeitura de São Luís e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), na tarde desta quinta-feira (7). As obras iniciam no primeiro semestre do próximo ano e contemplam ainda a fonte e a escultura Mãe d’Água, de autoria do escultor maranhense Newton Sá, que serão restauradas.

Durante a assinatura do Termo de Compromisso, o prefeito Edivaldo ressaltou a relevância do projeto de recuperação.

“Essa obra é importante para o turismo e história da cidade. Tem um grande significado para a população, por ser um espaço de referência do nosso patrimônio arquitetônico e um dos mais visitados pelos maranhenses e turistas. É o retorno à sociedade que ansiava pela recuperação deste espaço e pela visibilidade mundial que confere à nossa cidade”, pontuou o prefeito.

Os monumentos que agrega e o poder que concentra, faz da área um espaço de referência e preciosidade histórica e arquitetônica da capital, avaliou a presidente do Iphan Nacional, Kátia Bogéa.

“Com essa obra ampla a praça vai recuperar toda sua grandiosidade como elemento artístico desse espaço tão importante para a compreensão da evolução urbana de São Luís, que é Patrimônio Mundial. E ainda, com todos os demais elementos arquitetônicos significativos como a Igreja da Sé, Museu de Arte Sacra, Praça Benedito Leite e os palácios La Ravarière e Leões, o turista vai encontrar a área fundacional da cidade totalmente recuperada”, ressaltou.

“Havia um clamor popular pela revitalização dessa praça e retorno da escultura. Com essa parceria será restaurado e requalificado todo aquele espaço, devolvendo o equipamento urbano a São Luís”, destacou o superintendente do Iphan-MA, Maurício Itapary.

O espaço terá modificado os canteiros, no trecho da fonte e em toda a praça, incluindo as áreas dos palácios do Governo e Município; colocação de novos bancos de concreto e outros de madeira com encosto; melhoras no calçamento; e ações de acessibilidade com faixa de pedestre elevada de acesso à Igreja da Sé; novo revestimento da fonte; e restauração da Pedra Portuguesa. A área vai receber ainda melhorias no sistema de iluminação pública com a troca de lâmpadas e instalação de luminárias artísticas na fonte.

A secretária municipal de Turismo (Setur), Socorro Araújo, expressou sua satisfação pelo compromisso firmado.

“É um presente para o turismo da nossa cidade, sobretudo neste momento em que comemoramos duas décadas do título de Patrimônio Mundial. Esta medida reforça o trabalho que a Prefeitura vem promovendo na revitalização dos espaços históricos. Temos trabalhado muito em projetos de atração do turista e nada melhor que apresentar espaços preservados e cuidados”, enfatizou a gestora.

Participaram ainda da solenidade de assinatura a primeira-dama, Camila Holanda; o presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão (Sinduscon-MA), Fábio Nahuz; e representantes da empresa que vai realizar a obra estrutural.

SAIBA MAIS

A escultura Mãe d’Água ficava no meio do chafariz, na Praça Dom Pedro II. À noite, os refletores eram ligados com luzes de diferentes coloridos, instaladas no entorno da fonte, embelezando o local e atraindo turistas. Por ser alvo de vandalismo, a escultura foi retirada do local.

A obra é do artista Newton Sá, um dos mais destacados escultores maranhenses. O trabalho recebeu premiação no Salão de Artes do Rio de Janeiro. A escultura está atualmente guardada no prédio do Museu Histórico e Artístico do Maranhão (MHAM), na Rua da Paz.

Deixe uma resposta