Queimação de Palhinha encerra programação natalina no dia 06 de janeiro

O ritual da Queimação de Palhinhas, tradicional no Maranhão e em algumas cidades de Portugal, é marcado pelo desmonte do presépio que reproduz a cena do nascimento de Jesus e a visita dos reis magos ao recém-nascido, na manjedoura.

Em comemoração ao Dia de Reis, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), realiza neste sábado (06), a tradicional ‘Queimação de Palhinhas’, na sede da Casa da Festa (no Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho), na Rua dos Giz (205), às 18h. A queimação encerra a programação do “Natal de Todos” promovida pela Sectur.

A programação terá início com a realização de um pequeno cortejo com o grupo “Reisado Folia”. A concentração será no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, de onde sairá pela Rua do Giz até chegar ao presépio do Paço da Quaresma.

Na chegada do cortejo será celebrada uma ladainha com a entrega do menino Jesus aos novos padrinhos, na sequência, haverá distribuição de murtas aos presentes para acompanhamento do ritual. Por fim, será servido um coquetel público com bebidas e comidas tradicionais da festividade, como o chocolate quente e bolo de tapioca.

O ritual

O ritual da Queimação de Palhinhas, tradicional no Maranhão e em algumas cidades de Portugal, é marcado pelo desmonte do presépio que reproduz a cena do nascimento de Jesus e a visita dos reis magos ao recém-nascido, na manjedoura.

Ao som da ladainha, que alterna latim e língua portuguesa, os fiéis retiram aos poucos as palhinhas da murta, que são utilizadas para decorar o presépio, e colocam para queimar em um fogareiro.


Deixe uma resposta