Recadastramento de servidores da Seduc nascidos em dezembro encerra nesta sexta-feira (29)

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que o prazo para a realização do recadastramento dos servidores do órgão, com data de nascimento em dezembro, termina nesta sexta-feira (29). Os servidores que não fizerem o recadastramento até a data prevista terão os salários bloqueados.

De acordo com o relatório de recadastramento da Seduc, de janeiro até novembro, mais 4.835 servidores ativos do órgão tiveram seus pagamentos bloqueados por não terem realizado a atualização cadastral. Destes, 3.871 compareceram ao RH para regularizarem a situação. Além disso, no mesmo período, foram abertos mais de 170 processos administrativos por abandono de cargo.

Os servidores que deixaram de fazer o recadastramento, também nos meses anteriores, devem procurar a Superintendência de Recursos Humanos da Seduc, na Rua Oswaldo Cruz, nº 775 – Centro.

A Seduc informa, ainda, que os servidores que tiverem divergência na data de aniversário, também devem procurar o Recursos Humanos.

Recadastramento funcional continua em 2018

O recadastramento vai continuar em 2018 e a exemplo do que ocorreu neste ano, para dar mais agilidade e comodidade aos mais de 30 mil servidores da Seduc, a atualização cadastral continua a ser realizada, até o prazo limite de cada mês, nas sedes das 19 Unidades Regionais de Educação (URE) presentes no estado, conforme a lotação do servidor. Após cada fim de prazo mensal, o servidor que não se recadastrou deve procurar o RH, em São Luís, em endereço já citado.

O recadastramento funcional é obrigatório para servidores ativos – efetivos, contratados e comissionados – do quadro da Secretaria. Aqueles que se encontram cedidos, afastados, permutados e licenciados também devem realizar a atualização cadastral. Apenas os servidores inativos não precisam fazer recadastramento.

“Esse recadastramento é muito importante porque nos ajuda a comprovar e a ratificar a lotação dos nossos servidores, já que são mais de 30 mil. Assim, nós teremos uma rede melhor organizada e atendendo o seu público de maneira mais célere. A organização e a melhoria do serviço público prestado à população são os principais objetivos desse recadastramento”, pontuou Williandickson Azevedo Garcia, secretário Adjunto de Orçamento e Planejamento.

Deixe uma resposta