Migrantes são resgatados e desembarcam em São José de Ribamar

Um barco com refugiados de origem africana foi resgatado por pescadores em Camocim-CE e rebocado para o município de São José de Ribamar. Vinte e cinco pessoas, que estavam a bordo, desembarcaram na noite deste sábado (19), no cais de São José de Ribamar.

Um barco com refugiados de origem africana foi resgatado por pescadores em Camocim-CE e rebocado para o município de São José de Ribamar. Vinte e cinco pessoas, que estavam a bordo, desembarcaram na noite deste sábado (19), no cais de São José de Ribamar.

Em entrevista à Rádio Timbira, o secretário Francisco Gonçalves (Direitos Humanos) afirmou que a embarcação já estava sendo monitorada pelas autoridades estaduais e federais, desde que foi encontrada pelos pescadores. O barco seria rebocado até o Porto do Itaqui, mas as avarias na embarcação não permitiram que o procedimento planejado se concretizasse.

“Segundo o comandante da embarcação pesqueira, o barco não está em condições de seguir até o Porto do Itaqui. As demais agências governamentais já foram acionadas para adotar os procedimentos para garantir lugar seguro, água e alimentos para os refugiados, pois já estão há muito tempo naufragados”, afirmou o capitão dos Portos, Dutra.

A embarcação teria enfrentado uma tempestade e ficou à deriva, sendo resgatada por um barco pesqueiro.

O secretário Francisco Gonçalves afirmou que após o cumprir os ritos legais os haitianos deverão receber ajuda humanitária do governo do Estado, de acordo com os tratados internacionais. “Vamos dar assistência à saúde, hospedagem e alimentação até que a Polícia Federal e o ministério da Justiça definam o status desses refugiados no Brasil”, explicou.

De acordo com informações preliminares, as vítimas estariam migrando em razão de conflitos na África. Marinha e Polícia Federal, além de órgão estaduais, como as Secretarias de Estado da Saúde; de Desenvolvimento Social; De Direitos Humanos; Emap (Empresa Maranhense de Administração Portuária), Corpo de Bombeiros foram acionados para acompanhar o desembarque dos refugiados.

A Marinha vai abrir inquérito administrativo para apurar as circunstâncias do naufrágio para verificar se a embarcação tem inscrição nacional ou estrangeira, além de informações sobre o comandante.

4 thoughts on “Migrantes são resgatados e desembarcam em São José de Ribamar

Deixe uma resposta