SIMBORA? Confira a agenda cultural de São Luís para este fim de semana 0800

Prepare-se para o fim de semana que está repleto de atrações. Programas como o Mais Cultura e Turismo de Férias e as Ocupações Artísticas oferecem programação gratuita sempre aos fins de semana no Centro Histórico, Praça da Lagoa e Forte Santo Antônio.

O Forte Santo Antônio, no Espigão Costeiro, em São Luís, recebe grupos musicais, compositores maranhenses e chorinho clássico. A Praça da Lagoa terá atrações infantis e na Praça Pedro II e Nauro Machado o samba vai comer solto. Espaço cultural inaugurado em 2017, o Forte Santo Antônio guarda um pouco da história
de São Luís e sua fundação. Marco histórico do período de resistência portuguesa às invasões estrangeiras, o Forte conta com três espaços de visitação: um memorial sobre a história do Forte, um museu de embarcações tradicionais e outro sobre imagem e som.

Se liga na programação:
Sexta-feira, dia 11
Acena musical começa na Praça Pedro II, a partir das 17h30, com o grupo de Cantinho do Choro, e continua logo depois na Praça Nauro Machado com muito samba, a partir das 19h.

Na Praça Nauro Machado, o público pode conferir shows com os grupos Vamu di Samba, Aziz Jr e banda e Projeto Bem Dito Samba.

Sábado, dia 12
O Forte recebe o grupo ‘Instrumental Tangará’, formado por seis jovens músicos que pretendem levar repertório especial de compositores maranhenses como ‘Ponteira’, de Sérgio Habibe; ‘Chorinho da Beatriz’, do Professor Domingos Santos; e não poderia faltar clássicos do chorinho como ‘Carinhoso’, de Pixinguinha.

Na Praça da Lagoa, o destaque ca por conta dos personagens PJ MASKS, inspirado no desenho que faz sucesso entre as crianças. A programação começa às 17h. Tem ainda show com a Banda Carrossel Encantado, além de mágicos, pintura facial e muitas brincadeiras. A atração é comandada pela Paty Produções.

Domingo, dia 13
O Forte contará com o grupo Cantinho do Choro, formado por Carlinhos Reis no violão, Vitor Monteiro na auta, Vadico no pandeiro, Márcio Guimarães no cavaquinho e Ricardo no sax. Criado há seis anos, o grupo toca os chorinhos tradicionais e músicas maranhenses também. As atrações no Forte podem ser conferidas a partir das 17h30

Deixe uma resposta