Sistema SAF apoia Dia de Campo da Casa Familiar de Chapadinha

Na manhã da última sexta-feira, 18, foi realizado um Dia de Campo das Unidades Produtivas da Casa Familiar Rural de Chapadinha – CFR, no povoado Vila União. A secretária Adjunta de Extrativismo, Povos e Comunidades Tradicionais da SAF, Luciene Dias Figueiredo, acompanhou as atividades.

Durante a manhã, estudantes da Casa Familiar, monitores, técnicos da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural – Agerp, e um professor da Uema, explanaram sobre Roça agroecológica, sistemas de cultivo em aleias, cultura do milho, avicultura caipira e postura.

Participaram do Dia de Campo, cerca de 30 alunos da CFR e ainda contou com estudantes da rede Municipal de Ensino de Chapadinha, que tiveram a oportunidade de ver de perto o trabalho da Casa Familiar Rural.

O trabalho que está em desenvolvimento na CFR tem o apoio do Sistema SAF (SAF, Agerp, Iterma), por meio da Superintendência de Articulação de Políticas Públicas da SAF, como parte do “Programa de Educação no Campo’, coordenado pela Secretaria. Em 2017, a CFR de Chapadinha foi beneficiada através de uma Chamada Pública e já recebeu 300 galinhas e ração para todas as fases, e mini fábrica de ração (forrageira e misturador de ração) que está em processo de aquisição.

“Estamos vendo uma demonstração prática do projeto que o Sistema SAF apoia. A educação no campo combinada com a produção mostra que é possível fazer a mudança, melhorar a realidade,” pontuou  a secretária Adjunta de Extrativismo, Povos e Comunidades Tradicionais da SAF, Luciene Dias Figueiredo.

Um ex-aluno da CFR, Marcone Costa, participou do Dia de Campo e na oportunidade frisou a importância da escola agrícola no seu processo de formação. O jovem agricultor cursa Agronomia na Universidade Federal do Maranhão – Campus Chapadinha, e é um dos alunos destaque que inspira os jovens estudantes da Casa.

“Minha base para chegar à Universidade foi por conta do curso técnico da Casa Familiar Rural e a metodologia diferenciada das demais escolas, pois aqui se trabalha a realidade do campo. O jovem precisa conhecer novas oportunidades, e a Casa Familiar contribui nisso,” ressaltou Marcone Costa.

Assim  como Marcone, que aprendeu através do curso oferecido na Casa Familiar, mais de 100 jovens estão matriculados na escola, sob o ensino por alternância, em que passam 15 dias na CFR e 15 na propriedade familiar aplicando os conhecimentos adquiridos. Como é o caso do jovem Isaque Santos. Ainda este ano, irá concluir o ensino técnico e já sonha com a graduação.

“Eu não tinha interesse em estudar agronomia, mas depois que vim pra cá, meu foco é me formar,” Isaque Santos.

O Dia de Campo foi uma realização da Associação da Casa Familiar Rural de Chapadinha com apoio da SAF, Agerp Chapadinha, Prefeitura e STTR.

Estiveram presentes na ocasião, a secretária Adjunta de Extrativismo da SAF, Luciene Dias Figueiredo; equipe técnica da Agerp Chapadinha; professores da UEMA; o assessor de Educação no Campo da SAF, Augusto Espósito (Foguinho); os vereadores Antônio Nascimento e Alberto Carlos Pereira Jr.

Deixe uma resposta