Situação fiscal do Maranhão é a segunda melhor do país

Estudo comprova que contas do Estado estão em ordem

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), durante um estudo sobre a situação fiscal em todo o Brasil mostrou que o Maranhão possui a segunda melhor de todo o país. De acordo com a pesquisa ‘A situação fiscal dos estados’, que consolida os dados de 2016, o Maranhão tem desempenho de destaque no que se refere a gastos com pessoal, dívida e investimentos. O estado aparece bem acima da média em todos os critérios analisados.

O estudo demonstra que as  contas do Maranhão estão em ordem num momento em que o país atravessa uma crise econômica e muitos Estados atrasam ou não fazem os pagamentos obrigatórios. O estudo também mostra que a Dívida Consolidada Líquida de 2016 ficou bem abaixo do limite legal.

Ainda de acordo com o estudo, o Maranhão tem, proporcionalmente, a melhor disponibilidade de caixa entre todos os Estados. “Destaque positivo para Maranhão e Tocantins, estados em que os recursos em caixa são suficientes para cobrir as despesas postergadas e ainda resultam em um crédito que supera 60% da RCL (Receita Corrente Líquida)”, afirma o estudo. O Maranhão também se destaca no ranking de investimentos.

Ranking da Firjan

A pesquisa foi feita com dados oficiais disponibilizados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Foram analisadas quatro variáveis fundamentais ao equilíbrio de um ente público: Dívida, Despesa com Pessoal (ativo e inativo), Disponibilidade de Caixa e Investimentos.

Fonte: Governo do Estado

 

 

 

Deixe uma resposta