Sobrinho-neto confessa à polícia que matou idosa de 106 anos no Maranhão

Antônia Conceição da Silva, de 106 anos, foi assassinada a pauladas dentro da sua casa durante a madrugada.

Alypio Noleto da Silva, de 24 anos, que foi preso na última sexta-feira (23), confessou no sábado (24), durante um interrogatório que durou mais de dez horas, que assassinou a idosa Antônia Conceição da Silva, de 106 anos, na madrugada do dia 17 de novembro, dentro da casa dela, no município de Feira Nova do Maranhão, a 783 km de São Luís.

Segundo a investigação, Alypio é sobrinho-neto de Antônia da Conceição Silva e era um dos quatro suspeitos investigados de ter matado a vítima. Ele respondia em liberdade por uma tentativa de homicídio no início de 2018, quando tentou matar uma pessoa a golpes de machado.

De acordo com a polícia, na noite do crime ele foi visto em uma festa perto do local e usava uma sandália compatível com as pegadas deixadas na parede da casa. Ele invadiu a casa para roubar um dinheiro e assassinou a tia-avó a pauladas por ter sido reconhecido.

Deixe uma resposta