Barra do Corda ganha novo Sistema de Abastecimento de Água

A população de Barra do Corda vai comemorar o aniversário da cidade no dia 3 de maio, e, justamente nesta data, quando completa 183 anos, o município vai receber definitivamente um novo Sistema de Abastecimento de Água Tratada, construído pelo Governo do Estado, por meio das ações da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema).

Ao todo foram investidos mais de R$ 2,3 milhões para que o novo sistema de abastecimento de água de Barra do Corda seja capaz de cumprir o seu papel no município, de acordo com a demanda instalada na sede. A medida integra as ações estratégicas do Programa de Recuperação de Sistemas (PRS), que visa reabilitar sistemas operados pela Companhia no interior do estado.

Além de Barra do Corda, outros 79 estão recebendo intervenções técnicas para que se adequem às necessidades e demandas geradas pelo crescimento nestes municípios. As intervenções feitas recuperaram toda a estrutura de captação superficial, às margens do rio Corda: flutuante, extensão do curso do sistema de captação de água bruta (adutoras e recalques), chegando até a Estação de Tratamento de Água (ETA), onde ocorre todo o processo para a potabilidade.

Na captação, a obra priorizou a troca das bombas antigas e desgastadas, três novos conjuntos moto-bombas de maior potência (60cv), com vazão de 380 mil litros por segundo cada.Além da substituição destes equipamentos, havia ainda a necessidade de uma nova rede adutora de 400 milímetros de diâmetros, para adução de mais água. Com a implantação dela, todo este volume pode ser levado até o parque de tratamento da Estação.

Já na ETA, foram reformados o leito filtrante, trocadas as palhetas e instaladas três novas bombas de alta capacidade, adquiridas para recalcarem a água já tratada para o principal reservatório de distribuição na cidade. Dentro de todo o escopo da obra também foram concretizadas a parte civil, para melhorar o aspecto do local e dar maior funcionalidade e condições para resguardo dos equipamentos e insumos.

De acordo com Luciano Cavalcante, Gerente da Regional da Caema de Presidente Dutra, à qual Barra do Corda faz parte, a mais emblemática dessas obras civis sanou um problema técnico que já perdurava boa parte dos 19 anos que a ETA está em atuação.

“As bombas que operavam captando água bruta nas proximidades do rio, ficavam acondicionadas em um contêiner, o que não possibilitava condições ideais para essa finalidade, dificultando, inclusive, as manutenções. Esta era uma situação que já vinha de outras gestões e governos, por conta da falta de investimentos e um olhar mais sensível para este sistema ao longo de quase duas décadas, tempo que ele já existe”, ressalvou o gerente.

Nas obras civis, acrescenta-se ainda a reforma e ampliação da casa de química para guarda de insumos, reforma do laboratório bacteriológico e de físico-química, bem como quarto-vestiário para operadores, demonstrando também respeito e preocupação com o bem-estar dos operadores na troca de turno ou horário de descanso.

Mais água nas torneiras

A obra para reforma e ampliação do novo Sistema de Abastecimento de Barra do Corda, permitiu, na verdade, um grande reforço de vazão destinada às casas dos moradores da sede. A vazão praticamente dobrou com o aumento da capacidade de produção de água tratada, para atender um total de 15 mil ligações ativas no município, além de levar mais água para áreas já servidas pelo sistema como o Altamira, Trizidela, Incra, Centro, entre outros.

Isto tudo, além de tornar o sistema mais eficiente, também vai deixá-lo mais abrangente, visto que, com esse incremento de vazão, o sistema pode aumentar o raio de alcance do serviço de abastecimento, ampliando também o número de clientes atendidos. Isto é possível porque houve ampliação de 5,2 km na rede de distribuição, gerando 270 novas ligações domiciliares.

“A operação a partir de um novo sistema, melhor estruturado, reforça a confiabilidade sistêmica e elimina paradas não programadas, relacionadas a problemas ocasionados pela ação do tempo. Isto incide direta e positivamente sobre a qualidade, dando um melhor atendimento aos usuários em Barra do Corda”, afirma o presidente da Caema, Carlos Rogério Araújo.

Rompimento na Italuís causa falta de água em bairros da capital

Mais um rompimento ocorreu na na adutora do Italuís na noite deste domingo (29). Por meio de nota, a Companhia de Saneamento Ambiental (Caema) lamentou ocorrido e informou que “está  adotando as providências para que o problema seja resolvido em até 24 horas”.

Segundo a Caema, por “falta de cuidados com Italuís ao longo de décadas, já ocorreram mais de 35 rompimentos da adutora antiga”.

Estava agendada para dia 09 de maio, a parada programada para a entrada em operação da nova adutora, o que terá de ser reprogramado em razão deste novo rompimento.

Confira os bairros afetados com o rompimento:

ZONA 01

Centro; São Pantaleão; Madre Deus; Goiabal; Codozinho; Vila Bessa; Belira; Lira; Parte da Areinha; Macaúba; Apicum; Camboa; Vila Bangu; Diamante; Vila Passos; Coréia de Baixo; Coréia de Cima; Sítio do Meio; Alto da Boa Vista; Retiro Natal; Liberdade; Tomé de Sousa; Fé em Deus; Floresta; Retiro Natal e Monte Castelo.

ZONA 02

Apeadouro; Irmãos Coragem; Bairro de Fátima; Bom Milagre; Parque Amazonas; Alemanha; Caratatiua; Vila Ivar Saldanha; Alto da Vitória; João Paulo; Jordoa; Vila Palmeira; Barreto; Túnel do Sacavém; Santa Cruz; Vera Cruz; Cutrim; Radional; Coroado; Parque Pindorama; Parque do Nobres; Redenção; Barés; Filipinho; Sítio Leal; Sacavém; Coheb do Sacavém; Santo Antônio; Vila Conceição; Bom Jesus; Vila dos Frades; Parque Timbira; Alto do Parque Timbira; Primavera; Sítio do Pica Pau Amarelo; Coroadinho.

ZONA 04

São Cristóvão; Tirirical; Solar das Mangueiras; Parque Universitário; João de Deus; Sítio Pirapora; Vila Itamar; Parque Jaguarema; Parque Sielândia; Residencial Canaã; Alameda dos Sonhos; Vila Lobão; Parque Roseana Sarney; Santo Antônio; São Bernardo; Vila Brasil; Cohapan; Jardim São Cristóvão; Residencial João Alberto; Parque Sabiá.

ZONA 05

Alto do Calhau; Calhau; Cohafuma; Conjunto Basa; Ilhinha, Jaracaty; Jardim São Francisco; Loteamento Boa Vista; Loteamento Jaracaty; La ravardiere; Ponta D’Areia; Ponta do Farol; Residencial Novo Tempo; Recanto dos Nobres; Renascença I e II; Residencial Ana Jansen; São Marcos; São Francisco; Vila Conceição I e II; Av. Litorânea; Angelim Velho; Bequimão; Cohajoly; Cohama; Condomínio Villagio Esperança; Conjunto Angelim; Residencial Marfim; Conjunto Boa Morada; Conjunto Vinhais; Eco Villagio; Maranhão Novo; Parte do Primavera; Turu; Planalto Cohaserma; Planalto Vinhais I e II; Recanto Vinhais; Residencial Jaqueira; Residencial Vinhais II e III; Rio Anil; Vila Fialho; Villagio do Angelim; Vivendas da Cohama; Vinhais Velho; Olho D’água, Parte do Habitacional Turu.

ZONA 06

Jambeiro; Porto da Vovó; Sá Viana Novo; Sá Viana Velho; UFMA; Vila Bacanga; Vila Dom Luís; Vila Isabel; Vila Cerâmica; Vila Primavera; Vila Embratel; Vila Nova; Bonfim; Vila Verde; Fumacê; Anjo da Guarda; São Raimundo; Alto da Vitória; Gancharia; Vila São Luís; Vila Ariri; Vila Mauro Fecury I e II; Conjunto Taguatur.

Abastecimento comprometido em Trizidela do Vale

Por meio de nota, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA) informa que o bairro Aeroporto e a rua Santo Antônio, no bairro Santo Antônio, ambos localizados no município de Trizidela do Vale, estão com abastecimento comprometido devido a problemas no motor do poço que abastece a região.

Segundo a Caema, manobras técnicas estão sendo feitas e a previsão de religação é para esta quarta-feira (11), com a normalização total do abastecimento até amanhã, quinta-feira, às 18h.

Governo entrega sistemas de abastecimento de água e Crea em Timbiras e Grajaú

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), entregou obras e assinou ordens de serviço em prol do desenvolvimento social dos municípios de Timbiras e Grajaú.

Em Timbiras, o governador em exercício Carlos Brandão assinou Ordem de Serviço de um Sistema de Abastecimento de Água (SSAA) que beneficiará o povoado de Santa Vitória e entregou um poço no povoado Chapada da Alegria.

“É gratificante a entrega de obras como essas que põem fim ao penoso sacrifício da população em busca de água para o seu dia a dia. É uma importante ação da Sedes que beneficia principalmente as comunidades rurais, trazendo saúde e dignidade para a vida das pessoas”,  disse o governador.

Na ocasião, o secretário da Sedes, Francisco Oliveira Júnior,  anunciou ainda a assinatura da ordem de serviço de mais dois SSAA em Timbiras, nos povoados de Cachoeira e São Bento.
“Assim que o poço de Santa Vitória for concluindo, chegará a vez de Cachoeira e São Bento serem beneficiados com água potável”, explicou o secretário.

Os sistemas incluem poço artesiano, reservatório de água com estrutura de concreto, caixa d’água, redes de distribuição principal e secundárias, além de ligações domiciliares. A dona de casa Maria das Dores, de 52 anos, comemorou a chegada da água à sua comunidade.

“Esperamos muito esse dia chegar, e hoje mesmo eu vendo a água jorrando ainda não caiu a minha ficha que finalmente vou ter água em casa. Muito obrigada ao governador Flávio Dino por ter ouvido o nosso clamor”, agradeceu a moradora.

Com um recurso da ordem de R$ 211 mil investidos, o poço entregue na Chapada da Alegria tem 172m de profundidade e 2.300m de rede de distribuição, abastecendo quase 500 pessoas.

Estiveram presentes o governador do Maranhão em exercício, Carlos Brandão; os deputados federais, Weverton Rocha e Júnior Marreca; o deputado estadual, Neto Evangelista, secretários de estado, vereadores  e população local.

Em Grajaú, a Sedes participou das Escutas Territoriais do Orçamento Participativo do Maranhão. Em seguida, inaugurou o Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), e entregou dois SSAA que beneficiará os povoados de Macaúba e Novo Macambirau.

O prefeito de Grajaú, Mercial Arruda, agradeceu ao Governo do Estado pelo importante equipamento de assistência social que atenderá a população em necessidades específicas.

Sistema de Abastecimento de Itapecuru é interrompido após acidente com flutuante

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão – Caema, informou em nota enviada à imprensa, que o Sistema de Abastecimento de Água de Itapecuru foi interrompido por conta de um acidente com um flutuante.

Segundo a Caema, o problema deverá ser resolvido até o sábado (24), dada a complexidade da operação a ser realizada.

Confira a nota:

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informa que o Sistema de Abastecimento de Água de Itapecuru encontra-se parado devido a um acidente ocorrido na noite desta terça-feira (20), quando o flutuante responsável pela captação de água bruta no Rio Itapecuru virou, impossibilitando a operação do Sistema.

A Companhia está trabalhando intensamente para a resolução do problema. Devido à complexidade da operação, a previsão para retorno do abastecimento é sábado (24).

Caema informa que reabastecimento está sendo normalizado

Após uma descarga atmosférica que atingiu atingiu o alimentador de energia elétrica, rompendo o cabo e desativando o Sistema Italuís, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), informa que o abastecimento dos 159 bairros atendidos pelo sistema está sendo normalizado.

Em nota, a Caema diz que desde o incidente, que ocorreu na quarta-feira (7), “as equipes da Caema trabalham para restabelecer o Sistema, que voltou a operar na manhã desta quinta-feira (8)”.

Sistema Italuís será normalizado até quarta-feira, diz Caema

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira (11), o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA), Carlos Rogério Araújo, falou sobre os problemas com a instalação da nova adutora do Sistema Italuís.

A instalação foi iniciada na quarta-feira (6) e terminada no sábado (9), mas houve um rompimento quando a água começou a ser bombeada para os 159 bairros que vai atender.

Carlos Rogério declarou que a completa normalização do abastecimento, que começou já nesta segunda pela manhã, deverá acontecer até quarta-feira (13).

Abastecimento de água deve ser normalizado ainda hoje, diz Caema

Após o rompimento da nova adutora do Sistema Italuís, na noite deste sábado (9), a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informou que as empresas responsáveis pela obra foram cobradas sobre uma solução, e que o abastecimento de água dos 159 bairros deve ser normalizada nesta segunda-feira (11).

As obras na nova adutora começaram na quarta-feira (6), para melhorar o abastecimento de bairros que não recebiam água de forma adequada há décadas. Durante a religação, feita no sábado (9), houve um vazamento, que foi vistoriado de perto pelo governador do Estado, Flávio Dino.

Em seu Twitter, o chefe do executivo declarou que estava indo ao local acompanhar os trabalhos, e que o problema se deu por conta de uma peça feita por uma empresa privada, mas que seus responsáveis já estavam tomando providências.

Com o vazamento, o sistema foi novamente desligado para evitar desperdício. Em nota, a Caema disse que o reabastecimento começara a ser normalizado, gradativamente, nas primeiras horas desta segunda. “Após consultar as empresas Edeconsil Construções e Locações,  PB Construções,  EIT Construções e Memps, a CAEMA informa que a primeira previsão é de restabelecimento gradativo do abastecimento de água para as primeiras horas desta segunda-feira”, diz o comunicado.

De Redação.

Abastecimento de água começa a ser restabelecido nesta segunda (11), afirma Caema

Em nota, Companhia de Saneamento do Maranhão (Caema) informa que a primeira previsão é de restabelecimento gradativo do abastecimento de água para as primeiras horas desta segunda-feira (11).

Nota da Caema

Após consultar as empresas Edeconsil Construções e Locações, PB Construções, EIT Construções e Memps, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informa que a primeira previsão é de restabelecimento gradativo do abastecimento de água para as primeiras horas desta segunda-feira (11).

GOVERNADOR PRESENTE

O governador Flávio Dino afirmou que os trabalhos para restabelecer o abastecimento de água na nova adutora do Sistema Italuís serão feitos de forma incessante até que o problema esteja resolvido. Ele supervisionou o trabalho dos engenheiros e técnicos da Caema na manhã deste domingo, 10.

Na noite de sábado (9) foi identificado um problema na conexão feita no novo Sistema Italuís. A falha foi detectada após o reinício do bombeamento de água na nova adutora. O problema está numa peça fabricada por uma das empresas contratadas para fazer a instalação da nova adutora.

 Veja entrevista do governador Flávio Dino:

Caema finaliza interligação do novo Italuís antes do previsto

A Caema concluiu serviço de interligação da nova adutora da Italuís, que estava previsto para terminar somente na manhã de sábado, ainda na sexta-feira (8).

O bombeamento do Sistema Italuís, feito de forma gradativa para restabelecimento hidráulico do sistema, teve início às 18h desta sexta-feira (8), antecipando em 12h o tempo previsto para a execução dos serviços. A Caema concluiu a instalação de nova adutora do Italuís 12 horas antes do previsto.

A chegada da água às torneiras começa na manhã deste sábado, de forma gradativa. A operação fará que a água aumente na torneira de 600 mil pessoas em 159 bairros de São Luís. Além disso, a nova adutora põe fim aos vazamentos e interrupções constantes causados pela estrutura anterior, sucateada por falta de investimentos na última década.

De Secap.