Duas pessoas morrem nas rodovias federais no Maranhão neste domingo

Duas pessoas morreram e três ficaram feridas em acidentes nas estradas federais no Maranhão neste domingo (15). Seis acidentes foram registrados no total pela Polícia Rodoviária Federal.

O primeiro acidente fatal ocorreu na BR-222, no Km 321, quando, por volta das 16h30, uma moto Honda Fan, de placa NWZ-9684, colidiu com uma carreta Scania, de placa NTO-7367/Gurupi(TO). A vítima foi identificada como Ing Robert Mendes.

O segundo acidente com vítima fatal ocorreu no fim da tarde, por volta das 17h20, no Km 478 da BR-316, em Codó, quando uma moto um carro de passeio colidiram. Moisés Silva Rodrigues, de 47 anos, morreu com o choque entre uma Honda Fan, de placa NXI-6598/Codó(MA), e um Fiat Uno, de placa NXI-6598/Caxias(MA).

Operação Semana Santa registrou seis mortes nas estradas maranhenses

Os resultados da Operação Semana Santa, divulgados pela Polícia Rodoviária Federal, mostram um aumento no número de acidentes no Maranhão, em relação ao ano passado.

As fortes chuvas nos quatro dias do feriado e acidentes com motos se destacam no levantamento. Ao todo, foram fiscalizados 2.846 veículos, nove pessoas foram detidas por crimes e 659 multas foram aplicadas.

Forma oito acidentes a mais que em 2017 e três pessoas a mais perderam a vida nas estradas do estado.

Todos os quatro acidentes com vítimas fatais tiveram motocicletas. Foram 6 mortos, 20 acidentes e 21 pessoas feridas.

Ainda segundo a PRF há um dado curioso e mórbido: janeiro a março, a quantidade de óbitos é menor, em comparação ao igual período do ano anterior, mas neste feriado o número de óbitos dobrou, de 3 para 6.

Os números:

Pessoas fiscalizadas: 2.883

Testes de etilômetro: 457

Pessoas autuadas por embriaguez: 11

Ultrapassagens proibidas: 70

Condutor ou passageiro sem cinto: 42

Condutor ou passageiro sem capacete: 79

Veículos recolhidos: 16

Veículos recolhidos por roubo/furto: 8

Trabalhos educativos/auxílios

Pessoas sensibilizadas: 863

Auxílios a usuários: 17

Multas por excesso de velocidade passaram de 17 mil em 2017 no Maranhão

Excesso de velocidade foi a principal causa dos acidentes registrados nas rodovias maranhenses no ano passado e 17.910 mil multas foram aplicadas pela infração durante o ano.

O número alarmante foi divulgado pela Polícia Rodoviária Federal nesta quinta-feira (25) após contabilizar os registros dos aparelhos de radas móvel.

Ao todo 70.179 penalidades foram aplicadas à motoristas imprudentes no ano passado no estado.

Para se ter uma ideia do tamanho do probelma, foram registrados ainda 1.558 acidentes. É como se um quatro acidentes acontecem por dia, 94 a mais que em 2016, um aumento de 6%.

Segundo o chefe de Comunicação da PRF, Antonio Norberto, dois acidentes em particular contribuíram para o aumento: a colisão de um HB20 com um caminhão na BR-135 no dia 25 de feveiro, a 103 km da capita, que resultou na morte dos cinco ocupantes do carro pequeno, todos universitários indo passar o Carnaval no interior; o registrado no dia 10 de setembro, na BR-222, quando nove pessoas morreram em uma colisão frontal entre dois carros.

“Mesmo com um trabalho intensificado da PRF diário de conscientização sobre os riscos do excesso de velocidade. Mesmo com o radar móvel espalhas pelas estradas federais que cortam o estado, ainda sim, pessoas morrem e matam pela pressa de chegar logo ao seu destino”, disse Noberto, em entrevista ao Jornal Pequeno.

De acordo com o inspetor, a fiscalização no Carnaval 2018 será intensificada em face dos números altos registrados. Serão montadas barreiras em pontos estratégicos e a PRF usará novamente os radares móveis.

De Redação.

Quatro veículos se chocam no Bacanga

Agentes da Polícia Rodoviária Federal atenderam no início da tarde desta segunda-feira (8), no sentido crescente do acesso da BR-135, no Bacanga, em São Luís, um acidente tipo engavetamento envolvendo quatro veículos, sendo um VW/Gol vermelho, um GM/Celta prata, um GM/Classic branco e um Ford/Fiesta preto. Este, saiu da pista e caiu em uma depressão no canteiro central da via.

A ocorrência se deu às 13h no km 21 do acesso da BR 135, no Bacanga.

De PRF.

Três pessoas morrem em acidentes nas estradas federais no Maranhão

Foram registradas pela Polícia Rodoviária no Maranhão a morte de três pessoas em acidentes nas rodovidas federais no estado neste domingo (7).

O primeiro acidente aconteceu por volta das 16h no povoado Ribeirãozinho, na BR-010, em Governador Edson Lobão, quando Maria das Graças Mororão, de 59 anos, e Carlos Henrique Sousa Barros, de 12 anos, foram atropelados por um caminhão.

O motorista do veículo de carga desviou o para o acostamentou depois de não conseguir completar uma ultrapassagem, atropelando as duas vítimas fatais e mais uma terceira pessoa não identificada.

Já em Arari, no km 281 da BR-222, por volta das 18h20, o motociclista Edvanderson da Costa Silva, de 31 anos, colidiu com um carro e morreu no local.

Em todo o dia de domingo a PRF registrou seis acidentes nas estradas federais maranhenses.

Reprodução/wpp

Na manhã desta segunda-feira (8), por volta das 7h, a PRF registou mais um acidente na BR 135, km 72, sentido decrescente, em Santa Rita. A vítima, ainda não identificada, teve apenas ferimentos.

De Redação.

Câmara aprova aumento de pena a motorista embriagado que provocar acidente fatal

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (6) um projeto de lei que aumenta a pena para o motorista embriagado que provocar acidente com morte. O texto já passou pelo Senado e segue agora à sanção presidencial.

Pela lei em vigor, a punição para quem provocar acidente fatal ao volante é de 2 a 4 anos de detenção, além da suspensão da habilitação. A lei, no entanto, não faz referência ao motorista alcoolizado.

A proposta aprovada inclui na legislação a previsão de punição de 5 a 8 anos de reclusão para o homicídio culposo (sem intenção de matar) cometido por motorista embriagado.

Assim, quem pegar a pena máxima poderá cumprir a punição na cadeia, em regime fechado.

Para os defensores da proposta, a pena máxima atual de 4 anos é muito branda para a gravidade do crime, já que pode ser convertida em prestação de serviços à comunidade.

“Tem muito juiz que não aceita enquadrar como homicídio doloso [intencional] mesmo com o motorista sob efeito de álcool. Considera que é homicídio culposo e a pessoa acaba tendo a pena revertido para cesta básica. A intenção é tornar a punição mais rigorosa”, disse o deputado Efraim Filho (DEM-PB).

O texto original é de autoria da deputada Keiko Ota (PSB-SP) e já havia sido aprovado pela Câmara em 2015. Naquela primeira votação, a pena havia sido fixada entre 4 e 8 anos de reclusão.

Ao ser apreciado no Senado, no fim de 2016, os senadores aumentaram a pena. Por conta dessa mudança no texto, precisou passar novamente por votação na Câmara.

Do G1.

Passageiro morre em acidente envolvendo carreta e moto na BR-135

A Polícia Rodoviária Federal registrou um grave acidente na tarde deste domingo (29) na BR 135 em São Luís. A ocorrência se deu por volta das 16h30 e envolveu uma moto e uma carreta, que colidiram no km 10,9, sentido decrescente, próximo à entrada do Quebra Pote.

No acidente morreu o passageiro identificado por Daymison de Jesus Silva dos Santos, de 26 anos, natural de São Luís. O condutor da moto, que era habilitado, sofreu lesões graves e foi socorrido pelo SAMU.

A PRF precisou restringir a passagem de veículo pelo local para facilitar o trabalho das equipes de socorro. O trânsito ficou paralisado por alguns minutos.

De PRF-MA

Acidentes em rodovias deixa duas pessoas mortas e oito feridas

Duas pessoas morreram e oito ficaram com ferimentos após acidentes em rodovias federais no Maranhão nessa segunda-feira (2).

Foram seis acidentes, um deles no KM 164 da BR-402, em Santo Amaro, por volta das 7h30, quando uma colisão traseira ocasionou a morte de Maria Romana da Conceição Pereira de Oliveira, 50 anos. No mesmo acidente mais seis pessoas ficaram feridas.

A víttima fatal estava em uma caminhonete modelo Hilux, que transportava turistas de Santo Amaro para Barreirinhas. O carro foi atingido por uma caminhoneta, modelo Toyota SW4, depois de retormar à pista após uma parada no acostamento.

O segundo acidente com uma morte aconteceu entre Bacabal e Caxuxa, no Km 380 da BR-316.

Uma moto modelo Honda Pop 100 se chocou com uma Hilux. O motociclista não identificado morreu no local.

Oito acidentes e duas mortes são registrados nas estradas neste domingo

Foram registrados oito acidentes nas estradas do Maranhão apenas neste domingo (24) pela Polícia Rodoviária. Destes, três deixaram sete pessoas feridas, e um deles causou a morte de duas pessoas.

Na BR-222, uma colisão entre um ônibus e uma moto, no município de Santa Luzia do Titi, deixou duas pessoas mortas.

Em Vitória do Mearim, foi feita ainda a abordagem de um condutor que fazia zig-zag de moto na mesma rodovia, na altura do KM 292. Após o sinal da PRF, o motociclista saiu em fuga, segundo informações da Central de Informações Operacionais.

Número de acidentes aumentou nas MA’s

PRF-MA realizou fiscalização durante todo o feriado

SÃO LUÍS – A Polícia Rodoviária Federal registrou um total de 14 acidentes e 3 óbitos nas rodovias federais que cortam o estado do Maranhão durante o feriado de Semana Santa. Apesar da redução do número de feridos, o resultado não foi considerado bom quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

A imprudência de alguns condutores, somado às chuvas que continuam caindo no estado, são apontados como determinantes para a ocorrência da maior parte dos acidentes. Um motociclista embriagado foi responsável por uma grave colisão frontal ocorrida no km 399 da BR 226, em Grajaú, onde ele e o garupa da moto foram vítimas e morrem no local.

A PRF aplicou um total de 1.132 multas e fiscalizou 3.606 pessoas e 3.027 veículos no estado. As ações educativas sensibilizaram 840 pessoas. Dois veículos foram recuperados e quatro crimes de trânsito foram registrados pela PRF. Veja no gráfico disponibilizado pelo órgão abaixo:

Em todo o País, número de acidentes sofre queda

Nos quatro dias da Operação Semana Santa, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 1091 acidentes, 82 mortos e 1107 feridos em rodovias federais no Brasil. O órgão divulgou números preliminares da operação, que contou com reforço de todo o efetivo nos trechos com maiores índices de acidentes. Iniciada na quinta-feira (13), a operação também registrou 47,7 mil infrações de trânsito.

O resultado preliminar representa uma redução de 16% no número de acidentes, 13% nos feridos e 1% no número de mortos. Na operação de Semana Santa em 2016, a PRF havia registrado 1304 acidentes, 1267 feridos e 83 mortos.

Apesar da redução no número de ocorrências, mais de 40% das mortes ocorreram no último dia da operação, justamente no momento de retorno das famílias aos seus lares.

Mesmo com o esforço na fiscalização, policiais rodoviários federais flagraram motoristas conduzindo em velocidade acima da permitida na via. O órgão contabilizou 60 mil flagrantes de excesso de velocidade. Outros 5,8 mil motoristas foram autuados por ultrapassar em locais proibidos.

O reforço no efetivo ocorreu em todo o Brasil e também focou na educação para o trânsito. As ações educativas, com o objetivo de sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro, alcançaram 42,2 mil pessoas