Revitalização de Sistema de Abastecimento leva mais água a Barra do Corda

O Governo do Maranhão está aumentando progressivamente o abastecimento em cidades do interior do estado. Em Barra do Corda, R$ 1,9 milhão foram aplicados para recuperação e ampliação do Sistema de Abastecimento de Água da cidade.

Já foram realizadas 85% das obras de melhoria da Estação de Tratamento (ETA), segundo a Gerência Regional da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) em Presidente Dutra, a qual a Companhia de Barra do Corda é ligada.

O avanço nas obras, parte do Programa Água Para Todos na cidade, já levou melhoria significativa ao abastecimento em diversos pontos e bairros da cidade, sentida e aprovada pelos moradores.

“Todas as intervenções já concluídas seguiram um planejamento e cronograma para que se reabilitasse a estrutura desde a captação superficial no Rio Corda até a Estação de Tratamento de Água, para incremento na produção de água tratada”, diz Luciano Cavalcante, da Gerência Regional de Presidente Dutra.

Luciano explica que, na captação, a obra priorizou a troca das bombas antigas e desgastadas por três novos conjuntos moto-bombas de maior potência (60 cv), com vazão de 380 mil litros por segundo cada, alinhadas com a instalação de novos quadros de comando.

Também foi implantada uma rede adutora de 400 milímetros de diâmetro para conduzir mais água até o parque de tratamento, onde ela se torna potável.

“Nesta fase do tratamento, a ETA também ganhou um novo leito filtrante, foram trocadas as palhetas e outras três novas bombas de alta capacidade que levam a água já tratada para o principal reservatório de distribuição também foram trocadas”, diz Luciano.

A obra também contempla melhorias no aspecto e funcionalidade das estruturas que abrigam os equipamentos e insumos da Estação. Isso sanou um problema técnico que perdurava desde os primeiros anos de funcionamento da ETA.

“Pela falta de um local específico para abrigar as bombas em operação na captação, elas ficavam em um contêiner, sem muitas condições para essa finalidade, o que dificultava até mesmo as manutenções”, explica Luciano.

“Para resolver o problema foi construída em alvenaria e dentro dos padrões adequados uma nova casa de máquinas-bombas, dando melhores condições tanto para o equipamento quanto para os operadores”, acrescenta.

De acordo com Luciano, estas obras civis reúnem, também, a reforma e ampliação da casa de química (para guarda de insumos), reforma de laboratório bacteriológico, de físico-química, e quarto-vestiário para operadores.

A obra de reforma e ampliação está em fase final para permitir um reforço de vazão que praticamente dobrará a capacidade de produção de água tratada para atender um total de 15 mil ligações ativas.

Além de levar mais água para áreas já atendidas, como Altamira, Trizidela, Incra, Centro e outros, o sistema vai ficar mais abrangente. Com o incremento de vazão, o alcance do abastecimento poderá aumentar, ampliando o número de clientes atendidos.

Dentro do projeto, foram direcionados recursos para ampliar a rede de distribuição em mais de 5,2 quilômetros, o que também gerou 270 novas ligações domiciliares.

“A operação dos novos equipamentos vai corresponder a um reforço de vazão de 380mt³/h, alterando a vazão de 500mts³/h para 700mts³/h”, explica sobre Milne Silva Jorge, um dos engenheiros responsáveis pelo projeto.

A recuperação também se converte em um abastecimento mais confiável, já que o potencial do sistema não sofrerá mais paradas não programadas devido a problemas relacionados à ação do tempo.

O Sistema de Abastecimento então poderá funcionar em capacidade de 100%, melhorando a qualidade do serviço aos usuários em Barra do Corda.

Moradores

Domingos da Conceição, morador do bairro Tamarindo, na sede do município, onde também foi implantada parte da rede nova, aprova as obras que vêm sendo realizadas na cidade.

“Isso é um serviço que há tempos já deveria ter sido feito pra melhorar a vida desse povo aqui. A água aqui era fraca, vinha na avenida ali mas não chegava aqui nessas casas não. Isso aqui foi uma coisa muito boa que foi feita pra mim aqui e pra nós todos aqui do bairro, foi muito bom!”, conta.

O mesmo diz Fagner Barros, que espera eliminar um custo quase que diário na compra de água: “Com o poço que tem aqui e já abastece parte do bairro, nós temos a expectativa de uma melhora maior ainda, por que água é uma coisa que a gente necessita muito, né? Essas bombas novas vão ajudar muito”.

Programa Água Para Todos

Todo investimento para revitalizar o Sistema de Abastecimento de Água de Barra do Corda vem de aportes do Governo do Estado, através do Programa Água Para Todos, lançado em 2015.

O objetivo do programa é mudar todo o quadro de defasagem em relação à questão do abastecimento, não só neste município, mas em todas as cidades do Maranhão, que contam com sistemas operados pela Caema.

Investigação conclui que Júnior do Nenzin matou o pai para encobrir roubo de gado

A Polícia concluiu o inquérito de investigação do assassinato do ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa, o Nenzin, apontando o filho Manoel Mariano de Sousa Filho, o Júnior do Nenzin, como autor do disparo que causou a morte do pai.

O crime, segundo a investigação, foi planejado de forma a parecer pistolagem e esconder o roubo de centenas de cabeças de gado que o assassino tirou da fazenda da família.

Mariano Sousa, foi morto com um tiro no pescoço na última quarta-feira (6), enquanto se dirigia para contar o gado junto com o filho.

Júnior, concluiu a polícia, atirou no pai e continuou rodando no carro, enquanto a vítima morria. Por cerca de 40min o carro aparece em câmeras de vigilância trafegando em sentido contrário na BR que liga o local do crime à UPA mais próxima.

Após levar o pai já morto para a UPA, o filho assassino mandou lavar o carro para ocultar as evidências do crime. Júnior do Nenzin chegou a fugir da cerimônia de sepultamento do pai após ser avisado de que havia um mandado de prisão contra ele.

O empresário foi preso na manhã do dia 8 de dezembro e transferido para São Luís. 

De Redação.

Júnior do Nenzim, acusado de matar o pai, é apresentado na SSP

Acusado de ser assassino do próprio pai, Júnior do Nenzim foi apresentado na sede da Secretaria de Segurança Pública do Estado, por volta do meio dia desta sexta-feira (8). O ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa, o Nenzim, foi assassinado  na manhã desta quarta-feira (6).

Mariano Filho, o Júnior do Nenzim, é acusado de efetuar o disparo que atingiu seu pai no pescoço. Em sua primeira versão à Polícia, o filho o ex-prefeito disse que seu pai tinha sido assassinado por bandidos em uma moto.

Na coletiva de imprensa sobre o caso, o delegado Lúcio, superintendente da Delegacia de Homicídios, declarou que “foi uma tarefa em tempo curto, graças à integração das equipes de polícia. Ouvimos pessoas da família e empregados. Chegamos então à conclusão que o crime tinha sido cometido por alguém da família. Analisamos as provas, e o filho vinha vendendo gado da família. O júnior tinha intensão de acelerar também a repartição da herança. As equipes ficaram 12 horas cercando a casa onde ele foi encontrado”.

Já o  superintendente doInstituto de Criminalística do Maranhão (ICRIM), Miguel Alves disse que o primeiro depoimento de Mariano Filho foi logo descartado no início das investigações.

“É bom destacar o trabalho integrado. A polícia técnica colocou equipes à disposição do Icrim de São Luís e Imperatriz. Primeiro verificamos a primeira versão apresentada, e então foi afastada. Em um segundo momento tentamos descobrir onde havia ocorrido o evento, então comprovamos que no interior do veículo haviam manchas de sangue. No exame cadavérico, comprovou-se a distância que o tiro foi efetuado”, disse Alves.

Jefferson Portella, secretário de Segurança, afirmou que pode haver uma quinta pessoa envolvida no crime, e que se confirmado, será presa em breve.

Sobre quem apertou o gatilho, a polícia ainda não tem uma conclusão, e espera o resultado da perícia. Não existem, entretanto, vestígios de tiro dentro do carro. O exame de pólvora em Mariano Filho ainda não pode ser feito. Mariano Filho declara inocência.

Acompanhe o caso:

Polícia prende Júnior do Nenzim, acusado de matar o próprio pai

Caso Nenzim | ‘Ele ficou rodando com a vítima dentro do carro’, diz delegado

 

Caso Nenzim | ‘Ele ficou rodando com a vítima dentro do carro’, diz delegado

A perícia constatou que o disparo que matou Manoel Mariano de Sousa, o Nenzim, foi feito a cerca de 15cm de distância, corroborando a acusação contra seu filho, Mariano Filho, conhecido como Júnior do Nenzim, de ser o autor do crime.

Em seu primeiro depoimento, o acusado disse que bandidos em uma moto teriam efetuado o disparo que acertou seu pai no pescoço, já em seu segundo depoimento à polícia, prestado na manhã desta sexta (8), ele disse que sequer chegou a ouvir barulho de tiro.

Médicos que realizaram o atendimento à Nenzim, levado ao hospital apenas 40min depois de ser atingido, ainda que a unidade de saúde estivesse à apenas 5min do local do crime, afirmam que o ex-prefeito de Barra do Corda já chegou sem sinais vitais.

“Desconfiamos do intervalo entre o disparo e o atendimento médico e constatamos, de acordo com câmeras de segurança que filmaram o percurso do carro, que, possivelmente depois do disparo, ele ficou rodando com a vítima dentro do carro”, afirmou o delegado Renilton Ferreira.

Júnior do Nenzim será transferido para São Luís

A Polícia Militar do Maranhão informou que o empresário Mariano Filho, Júnior do Nenzim, será transferido para São Luís ainda hoje. Ele é acusado de ser o autor na morte de seu próprio pai, o ex-prefeito de Barra do Corda, Nenzim, na quarta-feira (6).

Um dos motivos da transferência para São Luís é o sentimento de luto da cidade de Barra do Corda, onde o clamor público torna arriscada a permanência de Júnior na cidade.

Segundo a PM, a prisão foi decretada a prisão por volta das 18h30, mas a informação vazou e ele se evadiu da Igreja. As buscas, então começaram, e por volta de 10 pra 6h da manhã cumprimos o mandado de busca e apreensão. Em um dos cômodos encontramos encontramos o evolver e no outro Júnior, sua esposa e filho.

Antônio Filho Moraes, ex-funcionário da Justiça em Barra do Corda, ajudou a dar fuga à Júnior e o escondeu em sua residência, também está preso. Ao todo, já são quatro os envolvidos no crime, incluíndo Francisco David Correia de Freitas, que levou a caminhonete de Júnior do Nenzin para um lava jato, logo após o crime, o que se configura em fraude processual me ocultação de provas; e Luzivan Rodrigues Conceição Nunes, vaqueiro da fazendo do ex-prefeito.

O helicóptero da polícia saiu de Barra do Corda por volta das 11h30 da manhã desta sexta (8) e deve chegar em São Luís por volta do meio-dia. Ele deve ficar preso no Comando Geral do Quartel de Polícia Militar.

Há a expectativa de uma coletiva de imprensa para apresentação e mais informações sobre o crime.

[Atualizado]

A perícia constatou que o disparo que matou Manoel Mariano de Sousa, o Nenzim, foi feito a cerca de 15cm de distância, corroborando a acusação contra seu filho, Mariano Filho, de ser o autor do crime.

Em seu primeiro depoimento, Júnior do Nenzim disse que bandidos em uma moto teriam efetuado o disparo que acertou seu pai no pescoço, já em seu segundo depoimento à polícia, prestado na manhã desta sexta (8), ele disse que sequer chegou a ouvir barulho de tiro.

Médicos que realizaram o atendimento à Nenzim, levado ao hospital apenas 40min depois de ser atingido, ainda que a unidade de saúde estivesse à apenas 5min do local do crime, afirmam que o ex-prefeito de Barra do Corda já chegou sem sinais vitais.

“Desconfiamos do intervalo entre o disparo e o atendimento médico e constatamos, de acordo com câmeras de segurança que filmaram o percurso do carro, que, possivelmente depois do disparo, ele ficou rodando com a vítima dentro do carro”, afirmou o delegado Renilton Ferreira.

Polícia prende Júnior do Nenzim, acusado de matar o próprio pai

As informações são da Rádio Timbira.

De Redação.

Polícia acredita que filho de ex-prefeito possa ter efetuado o tiro que o próprio pai

O delegado de Polícia Civil da cidade de Barra do Corda, Renildo Ferreira, declarou que a linha de investigação aponta para que Júnior Nenzim tenha efetuado o disparo que causou a morte de seu pai, o ex-prefeito da cidade Nenzim, usando um revólver calibre 38.

“Só haveria uma quarta pessoa se houvesse outro envolvido no crime, alguém que tivesse efetuado o disparo” declarou Renildo. Ao ser questionado pelo radialista Gilberto Lima, da Rádio Timbira, se a polícia trabalha com a possibilidade de que Júnior Nenzim tenha feito o disparo, o delegado confirmou.

Renildo Ferreira ainda contou que apenas oito horas após o crime a polícia já tinha certeza da participação de Júnior.

A investigação ainda não foi concluída, mas, de acordo com os fatos apurados, é descartada a hipótese de crime de encomenda, pistolagem, como chegou a ser noticiado.

Ex-prefeito de Barra do Corda, Nenzim, é morto a tiros

Polícia prende Júnior do Nenzim, acusado de matar o próprio pai

Em uma postagem no seu Facebook, o secretário de Segurança Pública do Estado, Jefferson Portella, confirmou que a Polícia efetuou a prisão de Júnior do Nenzim, acusado de participação na morte do próprio pai, o ex-prefeito de Barra do Corda Manoel Mariano de Sousa, de 78 anos.

Nenzim foi morto na manhã desta quarta-feira (7), com um tiro no pescoço, enquanto se encaminhava para a fazenda da família na companhia do filho. J

Júnior teria simulado um crime de pistolagem, mas perícias no veículo e relatos de testemunhas revelaram que não houve saída do carro, uma caminhonete, e que o disparo foi efetuado próximo ao corpo da vítima.

O filho teria demorado ainda 40min para levar o pai até o hospital, alongando sem explicação um percurso que demoraria apenas 5min.

Em depoimento prestado à polícia, Júnior declarou que o pai havia sido assassinado por dois pistoleiros, que estariam em uma moto. Na versão do acusado, o tiro teria sido disparado de longe, após o pai sair para urinar na estrada.

Júnior do Nenzim, Francisco David Correia de Freitas, que levou a caminhonete de Júnior do Nenzin para um lava jato, logo após o crime, o que se configura em fraude processual me ocultação de provas; e Luzivan Rodrigues Conceição Nunes, vaqueiro da fazendo do ex-prefeito, de onde estava sendo retirado gado para venda por determinação do filho do ex-prefeito tem prisão temporária de 30 dias.

Os três já estão em poder da polícia. Segundo as investigações, pai e filho se encaminhavam para conferir o gado da fazenda, já que Júnior vinha desviando dinheiro da venda de mais de 500 cabeças.

O ex-prefeito foi enterrado na cidade de Barra do Corda. Ele deixa a esposa, Dona Santinha, e seis filhos, entre eles, o deputado estadual Rigo Telles.

De Redação.

Ex-prefeito de Barra do Corda, Nenzim, é morto a tiros

O ex-prefeito da cidade de Barra do Corda, Manoel Mariano de Sousa, conhecido como Nenzim, foi baleado no começo da manhã desta quarta-feira (6) enquanto fazia caminhada.

As informações são da imprensa local e ainda não há informações de quantos tiros ou a motivação para o assassinato

Segundo o blog O Informante, Nenzim estava acompanhado do filho Mariano Júnior, com quem saída do residencial Moradas do Rio Corda, para a fazenda da família, em uma caminhonete. A vítima pediu para que o filho parasse o carro para que ele saísse para urinar, quando foi, então, atingido por tiros.

Após ser levado para o Hospital Regional de Presidente, Nenzim não resistiu aos ferimentos e faleceu. Uma das balas teria atingido o pescoço do político, que caminhava com um dos filhos até sua fazenda em Barra do Corda, onde foi prefeito por dois mandatos.

A polícia investiga o caso e procura o autor do crime. A hipótese de crime por encomenda, pistolagem, não está descartada.

Nenzin é pai do deputado estadual Rigo Teles (PV).

Da Redação.

Detran-MA faz dois dias de ações educativas em Itapecuru-Mirim

Nos dias 29 e 30 de novembro, o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) realizou dois projetos de Educação para o Trânsito na cidade de Itapecuru-Mirim: Detran-MA vai às escolas e a I Oficina de Treinamento de Educadores sobre Trânsito. Participaram das atividades, estudantes de três instituições e professores de escolas estaduais, municipais, Instituto Federal do Maranhão (IFMA) e Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) do município.

A ação do projeto Detran-MA vai às escolas envolveu alunos do 7º, 8º e 9º ano do ensino fundamental. Uma equipe multidisciplinar do Detran-MA formada por analistas de trânsito e psicólogos trabalharam várias dinâmicas com os estudantes. A atividade começou com uma palestra sobre a responsabilidade de cada um no trânsito e seguiu com jogos educativos.

O psicólogo Raphael Rocha chamou atenção dos alunos sobre as escolhas no trânsito: “Os adolescentes presentes na atividade são pedestres e ciclistas, estão inseridos no trânsito e já vivenciam situações que podem colocá-los em risco de acidente. Com eles, já é possível trabalhar a importância da consciência e do conhecimento para termos um trânsito seguro”.

O analista de trânsito Ilber Borralho levou para os alunos a discussão sobre a Lei Seca. “Explicamos para os alunos o que diz a legislação, quais as consequências da infração de dirigir sob o efeito de álcool e como funciona o teste com o etilômetro. Queremos formar uma geração que não vai admitir a conduta de beber e dirigir”, pontuou Ilber.

Durante a atividade com os alunos, alguns professores participaram da demonstração do teste do etilômetro depois do consumo de bombons de licor e enxaguante bucal com álcool, e a turma pôde ver que nas duas situações o etilômetro não acusa presença de álcool, ou seja, são desculpas dadas por motoristas irresponsáveis que não serão levadas em consideração em uma fiscalização.

Guilherme Araújo, de 13 anos, é aluno do 8º ano da Unidade Integrada João da Silva Rodrigues e participou da ação. Ele disse que nunca mais vai esquecer o que aprendeu: “Achei muito interessante tudo que falaram sobre o trânsito, eu nunca tinha refletido que posso ajudar também a deixar o trânsito da minha cidade melhor”.

O professor de Geografia Gislan Mafra reconhece nos projetos do Detran-MA o poder de transformar o trânsito em um ambiente mais seguro. “Os adolescentes saem de uma atividade como essa impactados. Alguns já tem contato com a direção de veículos, pois muitos pais permitem que adolescentes dirijam. Saber das consequências do comportamento no trânsito é fundamental nessa fase”, analisou o professor.

Na I Oficina de Treinamento de Educadores sobre Trânsito, os professores foram orientados a colocar a Educação para o Trânsito dentro do conteúdo das aulas, como um tema transversal que pode estar presente em questões de Português, Matemática, Inglês, entre outros.

Chefe da Divisão de Orientação para o Trânsito, Gilmárcio Lopes defende que falar de trânsito na escola é uma maneira de estimular a cultura de paz na sociedade. “Ao falar de trânsito, o professor pode ensinar ética, valores morais, transmitir mensagens que têm reflexo na vida de todos”, explicou.

Durante a oficina, houve uma atividade do projeto Humanizar. Antonio Nunes, que se tornou cadeirante depois de um acidente, deu o seu testemunho. “Estou nesse projeto para ajudar a conscientizar as pessoas sobre a importância de suas escolhas no trânsito. A imprudência me causou a perda de movimento nas pernas, mas ela pode matar”, destacou.