Motorista morre carbonizado em acidente na BR-135

Na noite desta quinta-feira (19), no km 10,7 da BR 135, próximo à entrada do Rio Grande e do Quebra Pote, no município de São Luís, houve uma saída de pista seguida de colisão com poste e incêndio, que resultou na morte do condutor do GM/KADETT GL de Placas: HOT-0460 MA, que morreu carbonizado.

A CIOP PRF acionou o Corpo de Bombeiro Militar, mas houve tempo salvar a vítima, que foi identificada como Carlos Alberto Cardoso Cruz. A causa provável do acidente teria sido Falta de Atenção à Condução.

Segundo a PRF, foi realizada uma breve busca nos sistemas para obter mais informações a respeito da vítima. Tragicamente, descobriu-se que Cuz deveria completar 36 anos nesta sexta-feira (20).

Prefeitura de São Luís retira publicidades irregulares ao longo da BR-135 em operação Placa Legal

Visando ao ordenamento dos espaços públicos e combater a poluição visual ao longo das vias, a Prefeitura de São Luís realizou nesta quarta-feira (18), nova operação do programa Placa Legal, na BR-135. A ação, executada pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), por meio da Blitz Urbana, realizou a retirada de engenhos publicitários dispostos irregularmente ao longo da rodovia. A operação é resultado das notificações feitas pelo órgão aos proprietários de placas, outdoors e outras mídias colocados de forma indevida às margens da BR, no trecho compreendido entre o Km-0 e a Ponte Estreito dos Mosquitos.

A operação Placa Legal atende ao decreto municipal de nº 25.300 de 26 de maio de 2003, que disciplina sobre a disposição de engenhos publicitários em espaços públicos. A iniciativa é realizada com regularidade pela Prefeitura, objetivando disciplinar e ordenar as áreas públicas, além de evitar a obstrução da visão das pessoas sobre as vias.

O secretário adjunto de Fiscalização da Semurh, Joaquim Azambuja, destacou a ação como um trabalho que, além de garantir o ordenamento urbano, orienta sobre as irregularidades para que os responsáveis procedam com as adequações devidas. “Com isso, queremos combater a poluição visual, evitar os problemas que podem ocorrer pela colocação inadequada dessas publicidades e promover a organização nesses espaços”, pontuou Azambuja.

O superintendente de Fiscalização e Postura da Blitz Urbana, Arnoldo Bastos, coordenou as equipes no trabalho de retirada dos engenhos publicitários ao longo da BR-135. Segundo ele, o órgão realizou, anteriormente, um levantamento para identificar as placas em situação inadequada. Informou, ainda, que todas as placas removidas na via já haviam sido notificadas oficialmente como irregulares aos seus responsáveis.

“Constatamos que existe um excesso de placas irregulares, principalmente com relação ao tamanho e ao local de disposição das mesmas, em toda a extensão da BR-135, o que não é permitido. Notificamos os responsáveis pelas mídias para fazerem retirada e respeitar a margem adequadamente. Hoje retiramos as que estão colocadas inadequadamente nos canteiros centrais ou muito próximas à margem da rodovia”, observou Arnoldo Bastos.

Ainda conforme o superintendente de Fiscalização, após a notificação oficial de irregularidade, a Prefeitura dá um prazo de até 72 horas, de acordo com a situação, para que o responsável pela mídia compareça ao órgão e dê explicações sobre a situação. A multa é de até um salário mínimo. Conforme o decreto municipal que disciplina o assunto, a sansão é aplicada em casos de reincidência ao descumprimento da norma.

AÇÕES

Com o mesmo propósito, a Operação Placa Legal já foi realizada também no Centro da capital, quando realizou a fiscalização em locais como Rua Grande, Rua da Paz, entorno da Praça Deodoro, Praça João Lisboa. A operação também já percorreu bairros como São Francisco, Cohatrac, São Cristóvão, Cohama, Alemanha, Areinha e avenidas como Daniel de La Touche, Africanos e Kennedy.

A operação Placa Legal realiza, mensalmente, a retirada de aproximadamente 400 publicidades irregulares, em desacordo com o decreto n°25.300. A fiscalização regular é focada principalmente em áreas de grande fluxo de pessoas como avenidas e, ainda, em terrenos sem muro e em locais próximos a córregos, rios, mangues e pontes.

O comerciante Edson Manoel Lopes Sá, 45 anos, que tem um pequeno sacolão de frutas nas proximidades do Km-6 da BR-135, considera providencial a operação. “As placas irregulares atrapalham a visão não só dos nossos estabelecimentos, como também das pessoas que trafegam pela rodovia, o que é muito perigoso. Essa BR já é considerada de alto risco e com essas placas atrapalhando a circulação e a visão pode ficar ainda mais perigosa para todo mundo”, relatou ele.

Trecho cortado da BR 135 passará por reparos, afirma DNIT

O trecho da BR 135, entre as cidades de Dom Pedro e Presidente Dutra está sendo reparado, afirmou em nota o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes.

Confira a nota:

O intenso volume de chuvas que estão atingindo severamente a região provocou uma erosão no km 331 da BR 135/MA, entre as cidades de Dom Pedro e Presidente Dutra, causando um corte na pista, que foi interditada às 11:00hs desta terça-feira (10).

A empresa responsável pela manutenção desse trecho da BR já está com equipes no local, mobilizando equipamentos e materiais para a execução dos serviços de recuperação da rodovia, para que a pista seja liberada com a máxima agilidade possível.

O local já foi devidamente sinalizado.

Para minimizar os transtornos, a Polícia Rodoviária Federal propôs três desvios do trecho cortado no km 330.

1. São Mateus do Maranhão / Peritoró / Caxias. Em Caxias pega a direita e segue até o povoado Baú e segue pela BR 226 até Presidente Dutra-MA.
Obs. Entre Caxias e o povoado Baú tem um trecho de aproximadamente 18 quilômetros sem asfalto.

2. São Mateus do Maranhão / Peritoró. Em Peritoró pega a direita para Capinzal do Norte. Em Dom Pedro, próximo a uma barreira eletrônica, entra à esquerda até Gonçalves Dias e Gov. Eugénio de Barros. Depois segue até a BR 226.
Obs. Este desvio aumenta a viagem em 84 quilômetros.

3 – Peritoró/ Pedreiras /Esperantinópolis / Barra do Corda.

 

Moradores interditam trecho da BR-135 entre Bacabeira e Santa Rita

Moradores de comunidades às margens da BR-135, entre Bacabeira e Santa Rita, interditaram a rodovia na altura do km 56, na manhã desta sexta-feira (6). O trânsito ficou completamente parado.

Segundo a população, as casas estão sendo invadidas pela água das chuvas como resultado das obras de construção de uma nova via da BR.

Os populares já haviam feito um protesto semelhante na quinta-feira (5), quando solicitaram a presença de representantes da Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), até às 9h de hoje.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a vida foi liberada à circulação de veículos às 10h35, após entendimento com equipes da PRF e do DNIT

Duas mulheres morrem em acidente com moto na BR-135

Uma colisão envolvendo uma moto e um ônibus resultou em duas mulheres mortas e um homem ferido, na noite desta sexta-feira (30), no povoado Picos II, próximo à Entroncamento, na Br 135.

O ônibus da empresa Itapemirim, que fazia a linha Rio de Janeiro/RJ para São Luís/MA, foi recolhido e levado para a Unidade Operacional da PRF em São Francisco, no km 84.

O condutor do ônibus informou aos agentes da Polícia Rodoviária Federal que não observou a motocicleta a tempo de reduzir e acabou colidindo.

Viaduto de Bacabeira terá tráfego liberado na segunda-feira (19)

Por meio de nota, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou que o tráfego no viaduto de Bacabeira será liberado na próxima segunda-feira (19), às 9h.

Segundo o DNIT, a obstrução no local se deu por conta da conclusão das obras que estão sendo realizadas no local.

O viaduto de Bacabeira é uma das obras de duplicação da BR 135/MA. Com a conclusão dos serviços, a duplicação dos 26 km da rodovia (de Estiva à Bacabeira) está finalizada.

Ainda restará a restauração de 18 km da pista antiga (sentido entrada de São Luís). As obras estão em andamento.

“Serão vários os benefícios: desafogamento do trânsito no acesso da BR 402/MA, fluidez do tráfego na BR 135/MA, mais segurança para a população do município de Bacabeira (no perímetro urbano da BR 135/MA) e para os usuários da rodovia”, aponta o órgão, que irá solicitar apoio à Polícia Rodoviária Federal para a orientação do trânsito no local.

Acidente provoca congestionamento na entrada do Maracanã

Além das filas quilométricas na saída de São Luís, provocadas pela interdição da BR 135 a partir das 5h10 da manhã desta segunda-feira (29) no Km 3,  um acidente ocorrido no Km 7,6, na entrada do Maracanã, também contribuiu para deixar o trânsito lento.

Por volta das 10h15, no cruzamento de acesso ao Maracanã, no sentido crescente da via, uma colisão lateral envolvendo três veículos de grande porte, sendo um ônibus e dois veículos de carga, deram um “nó” no trânsito naquele local, que já é bem conhecido pelos engarrafamentos, lentidões e colisões.

Um ônibus cruzava a rodovia para acessar o bairro Maracanã e foi colidido por um caminhão que seguia o fluxo da rodovia, na descida da rampa. Em sequência outro caminhão baú também foi atingido. Felizmente, ninguém se feriu.

A PRF fez o monitoramento, a sinalização do trânsito, retirou os veículos e liberou completamente a pista.

De PRF.

Dino agradece duplicação de rodovia e critica grosseria de ‘coronéis’

O governador Flávio Dino criticou a grosseria e destempero do senador João Alberto (MDB) e do deputado federal Hildo Rocha (MDB), durante solenidade de entrega da primeira etapa da duplicação da BR-135, na manhã desta quinta-feira (11).

“Somente “coronéis” são chegados a gritos, grosserias e destemperos. Coisas que pertencem ao passado, que não voltará”, escreveu Dino, nas redes sociais.

João Alberto tentou interromper o discurso do governador Flávio Dino, após este discorrer sobre as mudanças implementadas na condução do Estado.

Veja o vídeo:

Flávio Dino disse que os “coronéis” querem ser donos de todas as obras já realizadas no Maranhão, em todos os tempos. “E gostariam de colocar seus nomes familiares em tudo. Só que não podem mais, nem convencem mais. Aí ficam nervosos. Mas isso realmente é uma coisa menor”.

O governador agradeceu aos ministros Maurício Quintella (Transportes, Portos e Aviação), Moreira Franco (Secretaria Geral da Presidência) e à bancada federal. Disse que o governo do Maranhão sempre recebe com gentileza e educação os visitantes. “Feliz com a entrega da 1ª etapa da duplicação da BR 135, estrada federal de grande importância. Agradeço aos ministros que vieram hoje aqui e à nossa bancada federal pela alocação de recursos pra conclusão do trecho”, tuitou.

Dino afirmou que o que realmente importa é a melhoria da BR 135, há muito esperada, e a festa que 99% das pessoas presentes ao evento fizeram. “2018 será assim: um ano de muitas vitórias para todos nós”.

O deputado federal Hildo Rocha se recusou em posar para fotos com os demais deputados da bancada federal maranhense. Foi vaiado.

“As vaias do público ao desequilibrado Hildo Rocha expressam o sentimento em relação à baixaria na política, ao oportunismo e desrespeito. E mostram o quanto a politicalha é reprovada”, disse o secretário Márcio Jerry (Comunicação e Assuntos Políticos), em seu perfil nas redes sociais.

 

 

Condutor morre após capotar no acesso da BR 135

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal atendeu durante a madrugada desta segunda-feira, dia primeiro de janeiro de 2018, em São Luís, um acidente que resultou em um óbito.

Por volta das 3h50, no km 13 do acesso da BR 135, entre a Vila Maranhão e o Porto do Itaqui, o veículo VW/ Gol, de cor vermelha, placas HPJ 9351, de São Luís, ficou desgovernado e capotou na pista.

O condutor do mesmo, identificado por José Francisco Mendes dos Santos, de 36 anos, natural de São Luís, faleceu no local. As primeiras informações apontam que o condutor, possivelmente, tenha cochilado ao volante.

A Polícia, no entanto, não descarta outras possibilidades e irá fazer um levantamento a fim de confirmar o que provocou o acidente e a morte de José Francisco.

De PRF.

Acidente na BR-135 deixa quatro feridos neste domingo (17)

Um acidente envolvendo uma caminhonete e uma van, na BR-135, próximo à cidade de Miranda do Norte deixou quatro pessoas feridas, na noite deste domingo (17).

A caminhonete de placa PSZ 0435 invadiu a contra mão e colidiu com a lateral da van. As vítimas foram encaminhadas para um hospital de Miranda.

O motorista causador do acidente foi conduzido à delegacia do município de Itapecuru Mirim, onde foi autuado em flagrante por dirigir alcoolizado.