Novo Sistema Paciência será interligado nesta segunda-feira (4)

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informa que realizará a interligação do Novo Sistema Paciência. Para realizar a operação, o fornecimento de água será suspenso das 8h de segunda-feira (4) até 18h de terça-feira (5). A interligação trará melhorias para o abastecimento na região da Cohab e Cohatracs.

Bairros beneficiados pela obra: Cruzeiro do Anil, Residencial Santos Dumont, Vila Militar (Anil), Rancho Dom Luís, Conjunto Jaguarema, Conjunto Alvorada, Aurora, Conjunto Planalto Pingão (Aurora), Jardim São José (Aurora), Parque Guanabara (Aurora), Residencial Turmalina (Aurora), Residencial Tábata (Aurora), Residencial Planalto Anil IV (Aurora), Vila Noronha, Residencial Centauros (Aurora), Parque Icaraí (Aurora), Parque São Luís (Aurora), Forquilha, Parque das Acácias, Conjunto SMV, Residencial Granada, Conjunto Esmeralda, Conjunto São Bernardo, Parque Sabiá, Cohab Anil I, II II e IV, Residencial Planalto Anil I, II, III (Cohab), Jardim de Fátima, Jardim das Margaridas, Loteamento Casaca, Parque Aurora (Cohab), Vila Isabel Cafeteira (Cohab), Itapiracó, Cohatrac I, Vilagio do Cohatrac V, Jardim Alvorada, Residencial Araçagy I (Cohatrac), Residencial Itaguará I, II, e III (Cohatrac), Residencial Primavera (Cohatrac), Residencial Santiago e Vila Humaitá (Cohatrac).

Governo entrega veículos para Caema nesta quarta-feira (30)

O Governo do Maranhão entrega mais de 10 veículos para uso da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema). A entrega acontece nesta quarta-feira (30), às 16h, na unidade da Caema no Sacavém, em São Luís.

São 12 caminhões Ford com carroceria de madeira e cabine estendida, além de uma caminhonete cabine dupla e 4 motos. A aquisição dos veículos faz parte dos investimentos do Governo do Estado para a melhoria das condições dos trabalhadores da Companhia.

Caema inicia instalação de macromedidores para melhorar abastecimento

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) se prepara para começar, nos próximos dias, a instalação de aparelhos macromedidores com telemetria. Estes aparelhos serão responsáveis por enviar, em tempo real, informações sobre a vazão e a pressão do volume de água destinada para cada zona de abastecimento da capital.

Segundo a Gerência de Desenvolvimento e Controle Operacional, a implantação e uso deste tipo de aparelho vai permitir agilizar ações no combate a problemas de desabastecimento originado por diversos fatores, como por exemplo, uma possível despressurização nas redes em algumas localidades. Além disso, os aparelhos macromedidores também contribuirão para a utilização da vazão e volumes de água de forma mais eficaz, ajudando inclusive no combate a perdas.

O diretor de Operação, Manutenção e Atendimento ao Cliente, André dos Santos Paula, assinala que os macromedidores são ferramentas importantes para que se possa combater perdas de água nas redes que a Caema opera em São Luís.

“A partir da utilização destes medidores e estudo dos dados coletados, a Caema poderá ter indícios de que a diminuição brusca de pressão ou da vazão pode significar perda ou fuga de água devido a problemas de vazamento nas redes”, explicou o diretor, reiterando que o benefício da rapidez se estende também a resolução do problema, seja intervenção para conserto das redes ou realização de manobras para envio de mais água para um determinado ponto.

A instalação efetiva dos aparelhos está prevista para ser iniciada no dia 4 de junho. “Os macromedidores foram confeccionados na Itália e, atualmente, já estão sendo preparados para serem enviados do estado de Minas Gerais, em direção ao Maranhão. Somente a aquisição destes equipamentos representa um investimento de cerca de R$ 1,2 milhões que a Caema está destinando em automação da leitura e gestão da vazão para modernizar esse processo e melhorar o envio de água para os bairros de São Luís”, comentou o gerente de Desenvolvimento e Controle Operacional, Eduardo Figueiredo Bustamante.

Ele explica ainda que, junto com os macromedidores, estão sendo adquiridos os softwares que irão possibilitar a compilação e o recebimento dos dados nesses pontos de macromedição. Todos os dados serão reunidos e acessados a partir de uma central. “Estes equipamentos são dotados de um chip que vai coletar e enviar esses dados pra nossa central, evitando, entre outras coisas, um custo que temos com deslocamento para averiguação destes dados in loco”, explica Eduardo Bustamante.

“Além da entrega e instalação dos equipamentos feito pela empresa fornecedora, ela ainda realizará treinamentos junto a nossas equipes de profissionais da Caema, para que todos envolvidos estejam capacitados e aptos a operar esse sistema”, acrescenta Bustamante.

Georreferenciamento

A Caema também vem desenvolvendo outro projeto que terá forte impacto positivo frente à modernização, automação e gestão de dados dentro da empresa. Um projeto piloto de geoprocessamento já está sendo finalizado e recebendo os últimos ajustes para começar a ser utilizado. O geoprocessamento tem a capacidade de ler o banco de dados dos diversos softwares que a Caema possui, como o de Energia, Poços, entre outros.

Segundo Bustamante, será possível cruzar diversas informações, como por exemplo, o cadastro técnico e comercial. Além disso, a ferramenta vai permitir trabalhar com essas informações de uma forma muito mais ágil. “É uma ferramenta de muito potencial. No momento, estamos estruturando o banco de dados do projeto. Também estamos estruturando um tutorial de 53 páginas que vai auxiliar os funcionários a utilizarem este programa a partir do mês de julho”, disse o gerente.

Caema fará abastecimento prioritário com caminhões-pipa durante parada do Italuís

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) vai disponibilizar 30 caminhões-pipa para abastecimento de água prioritário em São Luís. A medida visa diminuir os transtornos causados pela parada do Sistema Italuís, necessária para troca de uma subestação elétrica e interligação da nova adutora.

Mas a Caema alerta que, apesar dos caminhões-pipa, é fundamental que os moradores armazenem água antes. Os caminhões não têm como abastecer uma grande parcela dos moradores (veja abaixo os bairros atendidos pelo Italuís), por isso, é importante armazenar água. O Sistema atende 600 mil pessoas na capital. A nova adutora está sendo instalada para aumentar o abastecimento a essas pessoas.

A parada do Italuís será feita entre 0h desta quarta (16) e 13h de sábado (19). A água vai retornar gradualmente às residências. Como a água percorre diferentes caminhos e distâncias, a volta do abastecimento vai ocorrer em períodos diferentes, demorando mais principalmente nos bairros localizados em áreas mais altas.

“Vamos ter 30 caminhões-pipa para atender comunidades mais necessitadas e mais afetadas com a falta d’água”, diz o presidente da companhia, Carlos Rogério Araújo.

A ação conta com a parceria do Corpo de Bombeiros e, além de bairros mais carentes, o objetivo é garantir o abastecimento considerado essencial, como em hospitais, asilos e postos de saúde. O serviço dos caminhões-pipa oferecido pela Caema será gratuito e os veículos estarão identificados.

Outros serviços

Na segunda-feira (14), diretores e funcionários da empresa repassaram os últimos detalhes para a interligação da nova adutora e operação da subestação. No período, equipes da companhia estarão de plantão voltadas à ação.

“É uma intervenção de muita responsabilidade. São 86 horas de paralisação de inúmeras atividades. E nós fizemos toda uma programação para que não haja nenhuma falha, tendo em vista a população estar dando esse crédito, confiantes que vamos voltar com mais água, o que é o objetivo”, afirma o presidente Carlos Rogério.

No período também serão realizados outros serviços de manutenção e melhorias: “Estamos procurando fazer um trabalho inteligente. Já que vamos parar o Italuís por 86 horas, estamos aproveitando esse período para fazermos outras ações simultâneas, também muito necessárias ao abastecimento e esgotamento sanitário, como correção de vazamentos, entre outros”, completa o presidente.

Bairros abastecidos pelo Sistema Italuís:

ZONA 01
Centro; São Pantaleão; Madre Deus; Goiabal; Codozinho; Vila Bessa; Belira; Lira; Parte da Areinha; Macaúba; Apicum; Camboa; Vila Bangu; Diamante; Vila Passos; Coréia de Baixo; Coréia de Cima; Sítio do Meio; Alto da Boa Vista; Retiro Natal; Liberdade; Tomé de Sousa; Fé em Deus; Floresta; Retiro Natal e Monte Castelo.

ZONA 02
Apeadouro; Irmãos Coragem; Bairro de Fátima; Bom Milagre; Parque Amazonas; Alemanha; Caratatiua; Vila Ivar Saldanha; Alto da Vitória; João Paulo; Jordoa; Vila Palmeira; Barreto; Túnel do Sacavém; Santa Cruz; Vera Cruz; Cutrim; Radional; Coroado; Parque Pindorama; Parque do Nobres; Redenção; Barés; Filipinho; Sítio Leal; Sacavém; Coheb do Sacavém; Santo Antônio; Vila Conceição; Bom Jesus; Vila dos Frades; Parque Timbira; Alto do Parque Timbira; Primavera; Sítio do Pica Pau Amarelo; Coroadinho.

ZONA 04
São Cristóvão; Tirirical; Solar das Mangueiras; Parque Universitário; João de Deus; Sítio Pirapora; Vila Itamar; Parque Jaguarema; Parque Sielândia; Residencial Canaã; Alameda dos Sonhos; Vila Lobão; Parque Roseana Sarney; Santo Antônio; São Bernardo; Vila Brasil; Cohapan; Jardim São Cristóvão; Residencial João Alberto; Parque Sabiá.

ZONA 05
Alto do Calhau; Calhau; Cohafuma; Conjunto Basa; Ilhinha, Jaracaty; Jardim São Francisco; Loteamento Boa Vista; Loteamento Jaracaty; La ravardiere; Ponta D’Areia; Ponta do Farol; Residencial Novo Tempo; Recanto dos Nobres; Renascença I e II; Residencial Ana Jansen; São Marcos; São Francisco; Vila Conceição I e II; Av. Litorânea; Angelim Velho; Bequimão; Cohajoly; Cohama; Condomínio Villagio Esperança; Conjunto Angelim; Residencial Marfim; Conjunto Boa Morada; Conjunto Vinhais; Eco Villagio; Maranhão Novo; Parte do Primavera; Turu; Planalto Cohaserma; Planalto Vinhais I e II; Recanto Vinhais; Residencial Jaqueira; Residencial Vinhais II e III; Rio Anil; Vila Fialho; Villagio do Angelim; Vivendas da Cohama; Vinhais Velho; Olho D’água, Parte do Habitacional Turu.

ZONA 06
Jambeiro; Porto da Vovó; Sá Viana Novo; Sá Viana Velho; UFMA; Vila Bacanga; Vila Dom Luís; Vila Isabel; Vila Cerâmica; Vila Primavera; Vila Embratel; Vila Nova; Bonfim; Vila Verde; Fumacê; Anjo da Guarda; São Raimundo; Alto da Vitória; Gancharia; Vila São Luís; Vila Ariri; Vila Mauro Fecury I e II; Conjunto Taguatur.

Sistema Italuís volta a funcionar

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão – Caema, informou, por meio de nota, que s reparos na adutora do Sistema Italuís, que sofreu rompimento intempestivo na noite do último domingo (29), foram terminados às 15h50 desta segunda-feira (30) e o bombeamento do Sistema iniciado as 17h20.

O reestabelecimento do abastecimento é gradativo e sentido primeiramente nas áreas mais baixas.

Rompimento na Italuís causa falta de água em bairros da capital

Mais um rompimento ocorreu na na adutora do Italuís na noite deste domingo (29). Por meio de nota, a Companhia de Saneamento Ambiental (Caema) lamentou ocorrido e informou que “está  adotando as providências para que o problema seja resolvido em até 24 horas”.

Segundo a Caema, por “falta de cuidados com Italuís ao longo de décadas, já ocorreram mais de 35 rompimentos da adutora antiga”.

Estava agendada para dia 09 de maio, a parada programada para a entrada em operação da nova adutora, o que terá de ser reprogramado em razão deste novo rompimento.

Confira os bairros afetados com o rompimento:

ZONA 01

Centro; São Pantaleão; Madre Deus; Goiabal; Codozinho; Vila Bessa; Belira; Lira; Parte da Areinha; Macaúba; Apicum; Camboa; Vila Bangu; Diamante; Vila Passos; Coréia de Baixo; Coréia de Cima; Sítio do Meio; Alto da Boa Vista; Retiro Natal; Liberdade; Tomé de Sousa; Fé em Deus; Floresta; Retiro Natal e Monte Castelo.

ZONA 02

Apeadouro; Irmãos Coragem; Bairro de Fátima; Bom Milagre; Parque Amazonas; Alemanha; Caratatiua; Vila Ivar Saldanha; Alto da Vitória; João Paulo; Jordoa; Vila Palmeira; Barreto; Túnel do Sacavém; Santa Cruz; Vera Cruz; Cutrim; Radional; Coroado; Parque Pindorama; Parque do Nobres; Redenção; Barés; Filipinho; Sítio Leal; Sacavém; Coheb do Sacavém; Santo Antônio; Vila Conceição; Bom Jesus; Vila dos Frades; Parque Timbira; Alto do Parque Timbira; Primavera; Sítio do Pica Pau Amarelo; Coroadinho.

ZONA 04

São Cristóvão; Tirirical; Solar das Mangueiras; Parque Universitário; João de Deus; Sítio Pirapora; Vila Itamar; Parque Jaguarema; Parque Sielândia; Residencial Canaã; Alameda dos Sonhos; Vila Lobão; Parque Roseana Sarney; Santo Antônio; São Bernardo; Vila Brasil; Cohapan; Jardim São Cristóvão; Residencial João Alberto; Parque Sabiá.

ZONA 05

Alto do Calhau; Calhau; Cohafuma; Conjunto Basa; Ilhinha, Jaracaty; Jardim São Francisco; Loteamento Boa Vista; Loteamento Jaracaty; La ravardiere; Ponta D’Areia; Ponta do Farol; Residencial Novo Tempo; Recanto dos Nobres; Renascença I e II; Residencial Ana Jansen; São Marcos; São Francisco; Vila Conceição I e II; Av. Litorânea; Angelim Velho; Bequimão; Cohajoly; Cohama; Condomínio Villagio Esperança; Conjunto Angelim; Residencial Marfim; Conjunto Boa Morada; Conjunto Vinhais; Eco Villagio; Maranhão Novo; Parte do Primavera; Turu; Planalto Cohaserma; Planalto Vinhais I e II; Recanto Vinhais; Residencial Jaqueira; Residencial Vinhais II e III; Rio Anil; Vila Fialho; Villagio do Angelim; Vivendas da Cohama; Vinhais Velho; Olho D’água, Parte do Habitacional Turu.

ZONA 06

Jambeiro; Porto da Vovó; Sá Viana Novo; Sá Viana Velho; UFMA; Vila Bacanga; Vila Dom Luís; Vila Isabel; Vila Cerâmica; Vila Primavera; Vila Embratel; Vila Nova; Bonfim; Vila Verde; Fumacê; Anjo da Guarda; São Raimundo; Alto da Vitória; Gancharia; Vila São Luís; Vila Ariri; Vila Mauro Fecury I e II; Conjunto Taguatur.

Adutora do Italuís volta a romper. Problema será resolvido em até 24 horas, diz Caema

A adutora do Sistema Italuís, responsável pelo abastecimento d’água de São Luís, voltou a romper na noite deste domingo (29).

Em nota, a Companhia de Saneamento Ambiental (Caema) informou que adotou as providências para resolver o problema em até 24 horas.

A companhia antecipou que a entrada em operação da nova adutora, prevista para o próximo dia 9, será reprogramada em face do rompimento ocorrido neste domingo.

Leia a íntegra da nota da Caema:

A Companhia de Saneamento Ambiental (Caema) informa que, infelizmente, houve um rompimento na adutora do Italuís na noite deste domingo (29). 

A Caema está  adotando as providências para que o problema seja resolvido em até 24 horas.Em face da histórica falta de cuidados com Italuís ao longo de décadas, já ocorreram mais de 35 rompimentos da adutora antiga. 

Estava agendada para dia 09 de maio, a parada programada para a entrada em operação da nova adutora, o que terá de ser reprogramado em razão desta parada intempestiva ocorrida na noite deste domingo.

Bairros Afetados: 

ZONA 01

Centro; São Pantaleão; Madre Deus; Goiabal; Codozinho; Vila Bessa; Belira; Lira; Parte da Areinha; Macaúba; Apicum; Camboa; Vila Bangu; Diamante; Vila Passos; Coréia de Baixo; Coréia de Cima;  Sítio do Meio; Alto da Boa Vista; Retiro Natal; Liberdade; Tomé de Sousa; Fé em Deus; Floresta; Retiro Natal e Monte Castelo.

ZONA 02

Apeadouro; Irmãos Coragem; Bairro de Fátima; Bom Milagre; Parque Amazonas; Alemanha; Caratatiua; Vila Ivar Saldanha; Alto da Vitória; João Paulo; Jordoa; Vila Palmeira; Barreto; Túnel do Sacavém; Santa Cruz; Vera Cruz; Cutrim; Radional; Coroado; Parque Pindorama; Parque do Nobres; Redenção; Barés; Filipinho; Sítio Leal; Sacavém; Coheb do Sacavém; Santo Antônio; Vila Conceição; Bom Jesus; Vila dos Frades; Parque Timbira; Alto do Parque Timbira; Primavera; Sítio do Pica Pau Amarelo; Coroadinho.

ZONA 04

São Cristóvão; Tirirical; Solar das Mangueiras; Parque Universitário; João de Deus; Sítio Pirapora; Vila Itamar; Parque Jaguarema; Parque Sielândia; Residencial Canaã; Alameda dos Sonhos; Vila Lobão; Parque Roseana Sarney; Santo Antônio; São Bernardo; Vila Brasil; Cohapan; Jardim São Cristóvão; Residencial João Alberto; Parque Sabiá.

ZONA 05

Altodo Calhau; Calhau; Cohafuma; Conjunto Basa; Ilhinha, Jaracaty; Jardim São Francisco; Loteamento Boa Vista; Loteamento Jaracaty; La ravardiere; Ponta D’Areia; Ponta do Farol; Residencial Novo Tempo; Recanto dos Nobres; Renascença I e II; Residencial Ana Jansen; São Marcos; São Francisco; Vila Conceição I e II; Av. Litorânea; Angelim Velho; Bequimão; Cohajoly; Cohama; Condomínio Villagio Esperança; Conjunto Angelim; Residencial Marfim; Conjunto Boa Morada; Conjunto Vinhais; Eco Villagio; Maranhão Novo; Parte do Primavera;  Turu; Planalto Cohaserma; Planalto Vinhais I e II; Recanto Vinhais; Residencial Jaqueira; Residencial Vinhais II e III; Rio Anil; Vila Fialho; Villagio do Angelim; Vivendas da Cohama; Vinhais Velho; Olho D’água, Parte do Habitacional Turu. 

ZONA 06

Jambeiro; Porto da Vovó; Sá Viana Novo; Sá Viana Velho; UFMA; Vila Bacanga; Vila Dom Luís; Vila Isabel; Vila Cerâmica; Vila Primavera;  Vila Embratel; Vila Nova; Bonfim; Vila Verde; Fumacê; Anjo da Guarda; São Raimundo; Alto da Vitória; Gancharia; Vila São Luís; Vila Ariri; Vila Mauro Fecury I e II; Conjunto Taguatur.

Sistema de Abastecimento de Água de Barra do Corda está parado por falta de energia, diz Caema

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão  (Caema) informa que encontra-se parado o Sistema de abastecimento de Água da cidade de Barra do Corda, por conta de blackout de energia elétrica que atinge toda a cidade. Tão logo o problema seja resolvido pela empresa responsável, o Sistema será reiniciado.

Abastecimento comprometido em Trizidela do Vale

Por meio de nota, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA) informa que o bairro Aeroporto e a rua Santo Antônio, no bairro Santo Antônio, ambos localizados no município de Trizidela do Vale, estão com abastecimento comprometido devido a problemas no motor do poço que abastece a região.

Segundo a Caema, manobras técnicas estão sendo feitas e a previsão de religação é para esta quarta-feira (11), com a normalização total do abastecimento até amanhã, quinta-feira, às 18h.