MAC é campeão da etapa de São Luís da Copa Maranhão Sub-19

O Maranhão Atlético Clube segue na disputa por uma vaga na Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020. O Macão garantiu, nesta terça-feira (14), o título da etapa regional de São Luís da Copa Maranhão de Futebol Sub-19. A equipe comandada pelo técnico Marlon Cutrim superou na grande final o time do Comerciário por 3 a 0, com dois gols de Wadson e um de Chaparral, em partida realizada no Campo do Isael. O troféu foi garantido de forma invicta, foram duas vitórias e dois empates.

Segundo o treinador Marlon Cutrim, o apoio da diretoria foi fundamental para a conquista. “Agradeço a Deus pela oportunidade e por toda a diretoria do MAC, por confiar e acreditar no meu trabalho. Esse conquista veio por meio de um esforço coletivo, da comissão técnica, dos dirigentes e principalmente dos atletas, que trabalharam muito junto conosco”, disse.

O coordenador das categorias de base do Macão, Evandro Marques, destacou a importância do título para os garotos do clube. “Estou muito feliz por ter voltado ao MAC, com um trabalho focado na base e já obter essa conquista, na primeira competição que participamos com a categoria sub-19. Todos que fazem o clube estão de parabéns”, afirmou.

Para o presidente do clube, Róbson Paz, o título é fruto do trabalho desenvolvido pelo MAC nas categorias de bae. “É uma grande conquista para o Maranhão, que coroa o trabalho dos nossos atletas, comissão técnica e diretoria. Com isso retomamos a melhor tradição de conquistas e formação de talentos na categorias de base”, declarou.

O Macão agora aguarda as outras etapas regionais que serão realizadas no interior do estado, para conhecer os adversários da fase decisiva da disputa e brigar pela vaga na Copa São Paulo de Futebol Júnior, que será realizada em janeiro do próximo ano.

Pinheiro é campeão da Série B do Campeonato Maranhense

Maranhão Esportes

O Pinheiro Atlético Clube está garantido na  elite do Futebol Maranhense. O acesso foi conquistado neste domingo (4), com empate diante do Chapadinha pelo placar de 2×2.

No primeiro jogo realizado no estádio Costa Rodrigues na cidade de Pinheiro, a equipe da casa venceu pelo placar de 2×1.

Os gols da partida no estádio Castelão foram marcados por Jonas Piu Piu aos 7 minutos do primeiro tempo e Kaká aos 27 minutos do primeiro tempo para a equipe do Chapadinha, enquanto Juninho Pindaré aos 32 minutos do primeiro tempo e Diego, marcaram para o Pinheiro Atlético Clube.

“ Todos sabem o tanto que nossa equipe lutou, graças a deus o gol saiu e conquistamos o título da competição “. Declarou o jogador Diego, autor do gol de empate da equipe Pinheirense.

Campanha do Campeão

Na fase classificatória da competição, o Pinheiro  realizou cinco jogos, sendo três vitorias e dois empates. Na fase semifinal, a equipe garantiu a classificação diante da equipe do Timon.

Além do acesso a elite do Futebol Maranhense em 2019, a equipe do Pinheiro  conquistou o direito de disputar a Copa FMF, competição que garante ao campeão, uma vaga no Campeonato Brasileiro da Série D.

Sampaio Corrêa é campeão da Copa do Nordeste

Foi dramático! Histórico! Com a Arena Fonte Nova lotada, o Sampaio Corrêa empatou em 0 a 0, na tarde deste sábado (7), e conquistou o inédito título de Campeão da Copa do Nordeste 2018.

O Bahia pressionou o Sampaio durante toda a partida, mas esbarrou em mais uma grande atuação do goleiro Andrey e do sistema defensivo da Bolívia Querida.

O Tricolor jogava pelo empate e até por uma derrota por um gol de diferença, exceto pelo placar de 1 a 0. A vantagem do time boliviano foi conquistada após a vitória na primeira partida da final em São Luís, quando venceu por 1 a 0, com gol do atacante Uilliam.

Com a conquista da Copa do Nordeste, o Sampaio Corrêa garante vaga nas Oitavas de final da Copa do Brasil de 2019 e premiação de R$ 1,5 milhão pelo título, além de R$ 2,5 milhões pela participação da Copa do Brasil.

Moto Club perde, mas leva o título de Campeão Maranhense 2018

O Moto Club perdeu para o Imperatriz por 2 a 1, neste domingo (8), no Estádio Frei Epifânio D’Abadia, mas conquistou o título de campeão Maranhense 2018.

Como venceu a primeira partida por 3 a 0, os rubro-negros poderiam perder até dois gols de diferença. É o 26º título de campeão maranhense conquistado pelo Moto Club.

Os gols da partida foram marcados por Daniel Barros e Kanu. O gol do título motense foi marcado por Ricardo Maranhão. Todos no segundo tempo.

Botafogo faz gol no último lance e conquista título Carioca nos pênaltis

O BOTAFOGO É CAMPEÃO CARIOCA DE 2018! No melhor estilo Botafogo, com emoção, drama e intensidade até o fim. O Fogão fez o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Vasco no último lance, com Carli, e conquistou o título ao vencer por 4 a 3 nos pênaltis! Gatito pegou 2!

O JOGO

No primeiro tempo, jogo truncado e fechado. O Vasco se postou defensivamente e amarrou o jogo, dificultado as ações do Botafogo. O 0 a 0 foi justo, mas o Fogão conseguiu uma importante vantagem nesta etapa: terminar com um jogador a mais.

O primeiro lance de perigo foi um cruzamento que Marcelo quase chegou, mas Martin silva pegou. Aos 20, Renatinho arriscou da entrada da área e a bola bateu no braço de Rafael Galhardo. O árbitro não marcou, em lance duvidoso.

Vez de o Vasco assustar. Aos 25, Gatito espalmou chute de Pikachu e evitou o gol de Riascos no rebote. Aos 35, Pikachu entrou livre e mandou por cima.

Até que, aos 37, Fabricio deu entrada forte, no tornozelo de Luiz Fernando, e recebeu o cartão vermelho! Expulsão justa. O Botafogo teve chances com Valencia, para fora, e com Pimpão, de voleio.

Mas foi no segundo tempo que a pressão aumentou. Kieza, aos 4, quase fez de cabeça, vencendo Martin, mas parando em Erazo. Aos 6, Rabello cabeceou para fora. Aos 11, pênalti claro ignorado de Galhardo em Carli. No rebote, Renatinho soltou a bomba e Martin Silva espalmou.

A melhor oportunidade veio aos 20. Leo Valencia cobrou falta na área, Brenner desviou e Martin fez grande defesa. O Vasco se fechou ainda mais, arriscou em chutes por cima e foi ameaçado em cruzamentos.

Já na reta final, aos 47 Valencia foi expulso. Parecia que não dava mais. Porém, o Botafogo acreditou e fez o gol decisivo aos 50! Após cruzamento na área, Carli aproveitou o rebote e mandou para a rede! Vasco 0 x 1 Botafogo!

A decisão foi para os pênaltis. Brenner, Gilson, Marcinho e Renatinho converteram para o Fogão, Gatito pegou as cobranças de Werley e Henrique, e o GLORIOSO se sagrou campeão carioca de 2018!

BOTAFOGO: Gatito, Marcinho, Carli, Rabello e Moisés (Gilson); Marcelo (Kieza), Matheus Fernandes e Renatinho; Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão), Leo Valencia e Brenner. Técnico: Alberto Valentim.

Zito é campeão no Panamericano Kids de Jiu-Jitsu

O atleta mirim Ricardo Filho, o “Zito”, de 9 anos, foi o grande campeão do Panamericano Kids de Jiu-Jitsu (IBJJF), que ocorreu neste domingo (18) em Long Beach – Califórnia. O maranhense contou com apoio do Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), para participar o evento internacional.

Após a vitória, a mãe do atleta, Munnyck Gomes, agradeceu o apoio da Sedel. “Obrigada de coração ao governador Flávio Dino, através da pessoa do secretário Hewerton Pereira, juntamente com sua equipe, por todo o apoio que nos deram. Tudo isso é essencial para que o esporte evolua e o nosso estado esteja sempre no ranking entre os melhores. Minha família será grata para sempre”, disse.

Apesar da pouca idade, Zito, que pratica a atividade desde os 6 anos obteve êxito em diversos campeonatos, entre estaduais, interestaduais, norte/nordeste, sul americano, e agora em cenário mundial. “O apoio do Governo do Estado é essencial para todos os atletas, porque é uma carreira bem difícil e que depende também de recursos, de apoios, e fica inviável a participação sem esse apoio do Governo. É muito importante que a Secretaria esteja de olho nesses atletas que realmente pretendem competir em alto rendimento”, enfatizou Munnyck.

O secretário de Esporte e Lazer, Hewerton Pereira, falou sobre o incentivo ao esporte de alto rendimento. “O Zito vem trazendo várias conquistas para o Estado. Dessa forma, o Maranhão torna-se destaque mundial pelo bom desempenho da categoria, nas mais diferentes idades”, comentou o gestor.

Sampaio goleia Cordino e conquista Segundo Turno do Maranhense

O Sampaio Corrêa goleou Cordino por 4 a 1 e conquistou o segundo turno do Campeonato Maranhense, no estádio Castelão. As duas equipes fazem a final da competição, em duas partidas. O primeiro jogo em São Luís e a partida de volta no interior do estado.

O Tricolor abriu o placar com Felipe Marques. A Onça de Barra do Corda empatou com Ulisses em cobrança de falta.

Ainda no primeiro tempo, Felipe Marques fez o segundo gol na partida e colocou o Sampaio em vantagem novamente.

O Sampaio ampliou com o atacante Isac. A goleada encerrou com Roniery cobrando falta, com perfeição, e fazendo o quarto gol boliviano.

Após a conquista do título, o Sampaio volta as atenções para a disputa da Série C. Na próxima segunda-feira, enfrentará o Confiança-SE, em Aracaju.

Veja os gols:

 

Flamengo é campeão carioca invicto pela sexta vez na história

Seis anos: 1915, 1920, 1979, 1996, 2011 e 2017. Estas foram as edições do Carioca em que o Flamengo levantou o troféu sem ter perdido nenhuma partida no tempo regulamentar. Com a conquista deste domingo (7), o Rubro-Negro é o líder no quesito entre os times do Rio de Janeiro, ao lado do Vasco, também com seis campeonatos invictos. O Fluminense, adversário da final desta tarde, aparece em segundo, com três.

Chape vence o Joinville conquista returno

Seguindo à risca o significado da data, a Chapecoense entrou em campo, na tarde deste sábado de Aleluia, para afirmar o que já vinha mostrando: com toda a força que se esperava, o clube renasceu. Com pouco mais de 120 dias após o início da temporada e dos trabalhos da equipe – que foi montada praticamente do zero – o Clube venceu a equipe do Joinville e confirmou a primeira grande conquista do ano: a Taça Sandro Pallaoro, dada ao campeão do returno do Estadual. Mais do que o título, o Verdão garantiu vaga na finalíssima do Catarinense, com a vantagem de fazer a última partida na Arena Condá.

O Joinville iniciou a partida com mais posse de bola, tentando envolver a Chapecoense, mas não demorou muito para a equipe alviverde se encontrar no jogo e dominar as ações da partida. Melhor na partida, a Chape não deu chances para o Joinville chegar ao ataque enquanto, do outro lado, levava perigo ao gol do JEC. Aos 31, após Reinaldo cobrar lateral dentro da área, o zagueiro Danrlei tocou com o braço na bola e o árbitro Sandro Meira Ricci anotou pênalti incontestável para o Verdão. Reinaldo chamou a responsabilidade e fez a cobrança, estufando as redes do goleiro Matheus e abrindo o placar para o Verdão.

A Chape voltou para o segundo tempo dando as caras e tendo boas oportunidades logo no início da partida. Foram pelo menos quatro nos dez minutos iniciais. Aos 16, o Joinville chegou com perigo ao ataque, mas na única finalização tricolor na partida, o goleiro Artur Moraes estava bem posicionado e defendeu com segurança a sua meta. Com o controle do jogo, Mancini colocou Moisés Ribeiro no lugar de Luiz Antônio – em troca de volantes, e Túlio de Melo no lugar de Wellington Paulista. E foi dos pés do camisa 10 que saiu o segundo da Chape. Após tabela com Girotto, Túlio recebeu livre na área e converteu, sacramentando a vitória verde e branca. Artur Moraes, Nathan, João Pedro e Rossi, que estavam pendurados, tomaram o terceiro cartão amarelo e ficam fora da partida contra o Criciúma, na última rodada.

Ao final da partida, o técnico Vagner Mancini exaltou o trabalho que vem sendo desempenhado pela equipe e a boa aceitação do time à sua metodologia de trabalho, além de chamar a atenção para a competência  e facilidade dos atletas em entender e cumprir o que ele pede. Mesmo com a campanha incontestável – com números que demonstram a superioridade tática da equipe – e com a conquista do returno, Mancini afirmou que não há nada definido em termos de título, mas reiterou a importância do triunfo no returno. “Era importante passar por essa fase de hoje, porque essa fase nos dá a chance de jogar a grande final”, apontou.

A Chape retorna aos treinos já na manhã deste domingo, com foco total no jogo de terça-feira, 18, contra o Nacional do Uruguai, válido pela Libertadores da América.

Cordino conquista 1º Turno do Maranhense

O Cordino venceu o Imperatriz por 2 a 1, de virada, e conquistou o título de campeão do Primeiro Turno do Campeonato Maranhense, na noite deste sábado (1), no Estádio Frei Epifânio d’Abadia. Foi dramática e emocionante a vitória da Onça de Barra do Corda com de Ulisses, aos 45 minutos do segundo tempo. O artilheiro fez os dois gols do Cordino.

A melhor campanha realizada pelo Cavalo de Aço, no Primeiro Turno, garantiu aos imperatrizenses a vantagem jogar as finais necessitando apenas empatar os dois jogos. O jogo de ida terminou em 0 a 0, em Barra do Corda.

O Imperatriz começou bem a partida final ampliando a vantagem ao fazer 1 a 0, no segundo tempo, com gol de Adauto, aos 19 minutos.

O Cordino empatou aos 38 minutos do segundo tempo, com Ulisses.  Nos minutos finais, outra vez Ulisses apareceu para marcar o gol do título, aos 45 minutos.

Com o estádio Frei Epifânio d’Abadia completamente lotado, o time de Barra do Corda sagrou-se campeão do Primeiro Turno do Campeonato Maranhense.