‘Foi o maior carnaval em décadas’, diz Flávio Dino sobre festa no Maranhão

As multidões que tomaram as ruas do Maranhão fizeram deste o maior carnaval da história recente do Estado. “Foi o maior em décadas”, disse o governador Flávio Dino nesta quinta-feira (15) por meio das redes sociais.

O Carnaval de Todos promovido pelo Governo do Maranhão foi um sucesso de público em São Luís. No interior, muitas cidades, como Imperatriz, também tiveram apoio do Estado para fazer as festas.

“Ano passado estreamos o novo modelo, que se consolidou neste ano. E 2019 será ainda melhor”, disse Flávio, referindo-se aos novos circuitos, inclusive o Joãosinho Trinta, na Beira Mar, que se tornou a sensação desta edição.

“Coloca os artistas do Maranhão em papel central; e tem grande investimento em Segurança”, acrescentou.

“Agora no Maranhão temos um calendário de grandes eventos, para proveito dos maranhenses e de turistas. Temos programação de Natal e Réveillon; pré-carnaval e carnaval; festas juninas; Museu do Reggae com sua agenda.”

O governador também ressaltou os grandes investimentos em infraestrutura, o que estimula o turismo e a economia. Entre eles, estrada para Santo Amaro, ligação entre Lençóis e Delta do Parnaíba e avanço na despoluição das praias e da Lagoa da Jansen.

“Estamos também recuperando prédios históricos, com recursos próprios, a exemplo do Forte Santo Antônio e da estação ferroviária da Reffsa. E agradecemos aos investimentos de parceiros via PAC Cidades Históricas, como Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e a Prefeitura de São Luís”, disse.

“Tudo isso significa dizer que estamos impulsionando a economia criativa, assentada na cultura e no turismo, como caminho para geração de trabalho e renda. E o mais importante: acreditamos no povo do Maranhão”.

Terça-feira tem muito samba no centro de São Luís

Nesta terça-feira (13), último dia de folia, a programação oficial do Carnaval de Todos 2018 vem recheada de atrações locais e nacionais que não vão deixar ninguém parado: muito samba e pagode no circuito Beira-Mar, blocos tradicionais, afros e organizados, shows, tribos de índio, grupos de tambor de crioula e muito mais.

Começando pela Vila Gracinha, logo às 17h, a programação conta com as apresentações do Bloco Alternativo Ecológico Lírio do Amor, dos Ritmistas Unidos da Madre Deus, Bloco Alternativo Tribal, Show Divina Batucada e finaliza com o show As Brasileirinhas.

Também às 17h, a folia tem início na Praça da Saudade, com Bloco Tradicional Os Reis da Liberdade, Bloco Alternativo Banda Banguela, Bloco Tradicional Os Apaixonados, Bloco Alternativo Banda do Peru, Bloco Tradicional Os Brasinhas, Bloco Alternativo Jumenta Parida, Bloco Tradicional Os Trapalhões, Bloco Alternativo Só Safados, Bloco Alternativo Bloco do Samba e Bloco Tradicional Os Especialistas do Ritmo, encerrando com show de Adão Camilo.

Ainda na tarde de terça, os foliões terão programação especial na Praça da Saudade, Largo do Caroçudo, trajeto de blocos entre o Largo do Caroçudo e a Casa das Minas e as apresentações de dez grupos de tambor de crioula na Tenda do Tambor de Crioula.

Fundo de Quintal vai levar muito samba à Beira-Mar. (Foto: Divulgação)

Circuito Beira-Mar

Nova sensação entre os foliões, o circuito Beira-Mar traz uma programação especial para o último dia de folia. Com concentração marcada para as 16h, o circuito terá a apresentação de blocos tradicionais e alternativos, que vão garantir muita animação ao som de sucessos maranhenses.

A novidade deste ano – a participação de artistas nacionais – é marcada pelas apresentações no Bloco Bittencá e Acolá, onde a maranhense Flávia Bittencourt receberá Maria Gadú, Betto Pereira e o grupo Bicho Terra.

“O público pode esperar muita animação, com marchinhas em arranjos de música eletrônica”, promete Flávia Bittencourt.

Outro bloco com participação de artistas nacionais é o Bloco Samba, Carnaval e Argumento. Puxado pelo grupo maranhense Argumento, o bloco terá participação especial da banda Fundo de Quintal e do cantor Péricles.

“Essa será uma das melhores e inesquecíveis experiências para gente, que é poder tocar numa terra tão vibrante como o Maranhão, durante o carnaval. Um povo cheio de calor e receptividade”, antecipa Ubirany, um dos vocalistas do Fundo de Quintal.

A programação é do Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), em parceria com a Prefeitura de São Luís e apoio cultural do Grupo Mateus, e pode ser vista neste link.

Comércio terá funcionamento alterado no Carnaval

O comércio de São Luís sofrerá alterações durante o carnaval, retornando à normalidade somente na Quarta-Feira de Cinzas (14).

Segundo a Associação Comercial do Maranhão (ACM), as lojas devem funcionar no sábado (10) até às 14h, e no domingo (15) em horário normal.

As agências bancárias também não funcionarão na segunda (12), e terça (13), voltando apenas na quarta-feira (14). Já os supermercados atendem na segunda e terça-feira, em horário normal, mas na quarta-feira o atendimento será somente à partir das 14h.

Já os shoppings funcionarão no sábado em horário normal, e na quarta-feira das 14h às 20h. As praças de alimentação funcionam das 12h às 22h, durante todos os dias do carnaval.

De Redação.

Operação Carnaval 2018 da Polícia Rodoviária Federal começa nesta sexta (9)

Para aumentar a segurança dos brasileiros que irão viajar no feriado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) começa nesta sexta-feira (9) a Operação Carnaval 2018. Até a próxima quarta-feira (14), a fiscalização será intensificada em todo o Brasil, com atenção especial a locais que registram maior quantidade de acidentes. A ação durante o feriado faz parte da Operação RodoVida, que começou em dezembro de 2017 e terminará em 18 de fevereiro.

Segundo a PRF, o Carnaval é um feriado crítico para a fiscalização devido ao fluxo intenso nas rodovias federais e ao consumo abusivo de álcool. Os policiais estarão ainda mais atentos a infrações como ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e falta de equipamentos de segurança, como capacete, cadeirinhas de bebê e cinto de segurança. Em caso de emergência, ligue 191.

Nos últimos cinco anos, os estados com maior número de acidentes graves no período foram Bahia, Minas Gerais e Santa Catarina – eles concentram quase 30% de todas as colisões registradas no País no Carnaval. Ano passado, houve 1.696 acidentes de trânsito,  2.019 pessoas multadas e 214 presos por dirigirem alcoolizados e quase 12 mil registros de ultrapassagens indevidas.

De Agência Brasil e PF.

Blocos arrastam multidões e dão nova vida ao Carnaval no Centro de São Luís

As ruas do Centro de São Luís estão sendo tomadas por multidões de foliões no pré-Carnaval deste ano. A ocupação marcou o retorno da população a essa região emblemática da cidade. Havia tempos as ruas não eram palco de tamanha festa. E esse ritmo vai continuar até o fim do Carnaval. Ainda restam mais de dez dias de folia.

Os blocos foram os principais responsáveis por arrastar as multidões pela Fonte do Ribeirão, Madre Deus, Nauro Machado, Praça João Lisboa, Rua da Estrela, Rua do Giz, Praça dos Catraeiros… Todos esses lugares viraram palco da folia.

Neste fim de semana – o último antes do início oficial do Carnaval –, as ruas do Centro Histórico e da Madre Deus voltam a ser tomadas.

Na Madre Deus, dezenas de blocos organizados, indígenas e afros se concentram. Já no Centro Histórico, a folia é por conta dos novos blocos alternativos que estão dando uma roupagem diferenciada à festa, começando no turno da manhã.

Nem o calor forte e muito menos as esporádicas chuvas que vêm caindo em São Luís têm desanimado os foliões.

Sensação de 2018

Repleto de fantasias irreverentes e de muita animação, o Bloco Só Safados se tornou a sensação de 2018. O grupo carnavalesco foi criado por um grupo de artistas, produtores culturais, batuqueiros e músicos de diversos segmentos. Os encontros vêm trazendo de forma irreverente a mistura de marchinhas e músicas da atualidade.

Concentrando pelas proximidades da Praça João Lisboa, onde ele também sai neste sábado (3), às 15h, o público tem percorrido ruas do Centro Histórico, como a Rua do Giz, da Estrela, Rua do Sol, entre outras, chamando quem está em casa, ou transitando pelo Centro, para cair na folia.

Em ritmo da tradicional temporada pré-carnavalesca no Maranhão, o Bloco da Imprensa reuniu  diversas atrações no circuito oficial da Folia Momesca do Governo do Maranhão. A concentração  do bloco ocorreu nos últimos três sábados na Praça dos Catraieiros, na Praia Grande, no Centro.

Já quem veio resgatando as festas carnavalescas realizadas durante o dia foi o Bloco Buraco da Serpente, que inovou colocando o bloco na rua pelo turno da manhã, especificamente às 9h. Concentrando na Fonte do Ribeirão, o encontro animou adultos, jovens e principalmente as crianças, que garantiram um amplo espaço na festa.


Com o lema “Muita Saliência e nenhuma violência”, a Banda da Bandida vem mostrando um repertório com as músicas mais conhecidas ao longo dos 18 anos de brincadeira, levando mistura de ritmos e sotaques nos diversos cantos do Centro de São Luís, concentrando a turma na Fonte do Ribeirão.

Buzinando na ladeira da Rua do Egito, a Bicicletinha do Samba trouxe os antigos carnavais de São Luís com uma brincadeira que reúne artistas, jornalistas, escritores e a população em geral, num ambiente que resgata o brilho do acervo arquitetônico da capital maranhense. O grupo de músicos se concentra no entardecer dos sábados que antecedem o carnaval para momentos agradáveis de lazer, regado a samba de qualidade e muita animação.

Localizado na região central, a Madre Deus é um dos bairros que concentram e mantêm a tradição de blocos de ruas; e nas prévias não foi diferente. Do Cortejo de tribos: Guarani, Guajajara, Siux, seguido do Bloco Tradicional Tropicais do Ritmo, aos Bloco Afro Abiyeye Maylow, as vias do bairro contam ainda com a participação da Vinagreira do Samba, do Bloco Afro Abibima e dezenas de outros que se apresentarão neste carnaval.

Circuito Beira-Mar

E a partir do domingo (11) de Carnaval, um outro espaço será tomada pelos foliões: é o Circuito Beira-Mar, que vai trazer grandes nomes do Maranhão e do Brasil para a festa.

TCE-MA proíbe municípios com folha em atraso de realizar carnaval

Prefeituras maranhenses que estejam com a folha de pagamento dos servidores em atraso não poderão realizar festas de carnaval com recursos públicos. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (31) pelo Tribunal de Contas do Estado, aprovando a Instrução Normativa que dispõe sobre festividades executadas pelo Executivo Municipal.

A proibição atende à um pedido do Ministério Público Estadual e do Ministério Público de Contas (MPC), de 22 de janeiro., que não se refere apenas ao carnaval, mas também à festejos religiosos e juninos.

Para o TCE, o uso de recursos públicos para custear festejos enquanto os salários dos servidores (incluindo terceirizados e comissionados) estiver em atraso é ilegítima.

A procuradora do TCE-MA, Flávia Leite, declara que “disciplinar a utilização de recursos públicos na realização de eventos festivos será fundamental no combate aos desvios e vai permitir que os recursos sejam utilizados em áreas prioritárias para o atendimento das necessidades.

Leite diz ainda que o número e quais municípios estão devendo os servidores ainda não está confirmado.

De Redação, com informações de O Imparcial.

Lançada campanha de doação de sangue para repor estoque para o Carnaval

Com o tema “Folião Solidário… Antes de cair na folia faça sua parte – Doe Sangue”, o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar), unidade vinculada à Secretaria de Estado da Saúde, lança nesta segunda-feira (29), a partir 9h, a nova campanha de carnaval com o objetivo de sensibilizar doadores e reforçar os estoques de bolsas de sangue, que sofrem baixas no período carnavalesco.

Na campanha de 2017, o Hemomar atendeu 3.765 doadores, com coleta de 2.987 bolsas, em São Luís. Este ano, a mobilização pretende garantir o aumento de 10% em relação ao ano passado, por isso, entre os dias da Campanha, de 29 de janeiro a 9 de fevereiro, os profissionais da unidade realizarão também a coleta externa em parceria com empresas, intuições religiosas e órgãos públicos.

“O período que antecede feriados prolongados é época de preparar os estoques para qualquer emergência, por isso a necessidade de reforçar o pedido de doações e as campanhas nos ajudam a relembrar que o gesto solidário de doar é essencial para as transfusões acontecerem”, ressalta a coordenadora do Setor de Captação do Hemomar, Socorro Ferreira.

Cada doação pode salvar a vida de até quatro pessoas. Saber disso motiva o técnico em segurança do trabalho, Kairlan Alves, 38 anos, a contribuir com regularidade. Doador frequente, ele conta que se orgulha de poder ajudar. “Sou doador há mais de dez anos e sempre tive a consciência de que o sangue representa vida. Nesse período de carnaval o número de doadores diminui, mas eu sempre tenho o cuidado de no período de 90 dias fazer a minha parte”, destacou.

O mesmo sentimento leva o Bombeiro Militar Antônio Carlos Araújo Costa, 30 anos, a destacar a importância de manter a doação de sangue como hábito regular. “É importante porque estamos ajudando uma vida, uma pessoa. Nunca sabemos quem pode estar precisando, por isso é importante ter essa consciência de fazer o bem a todos, conhecido ou não, porque é gratificante saber que nosso sangue está salvando uma vida”, explicou.

Além do Hemomar, participam da campanha os sete Núcleos de Hemoterapia localizados nas cidades de Imperatriz, Balsas, Santa Inês, Caxias, Pedreiras, Pinheiro e Codó. Na capital, os interessados podem se dirigir a sede do Hemomar, localizada na Rua Cinco de Janeiro, s/n, bairro da Jordoa. A unidade funciona de segunda a sexta, de 8h às 18h, e aos sábados, de 8h às 12h.

O doador voluntário precisa ter entre 16 e 69 anos de idade, os menores de 18 precisarão apresentar o consentimento do responsável. O doador também precisa estar em boas condições de saúde e ter peso mínimo de 50 kg. Entre uma doação e outra é necessário respeitar o intervalo para reposição de ferro pelo organismo, mulheres devem aguardar 120 dias, nos homens o período compreende 90 dias.

Mais de 500 policias militares presentes nos circuitos oficiais do Pré-Carnaval

Mais de 500 policiais militares estão mobilizados para a segurança durante o Pré-Carnaval de Todos 2018, promovido pelo Governo do Estado. Equipes dos batalhões, da Tropa de Choque, Centro Tático Aéreo e Cavalaria se revezam no circuito para monitoramento fixo nos pontos onde há programação. Eles, também, realizam rondas e vistorias nas áreas do Centro Histórico, e nos bairros onde há concentração de folia na Região Metropolitana de São Luís.

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) integra o plano de ações neste período. As ações, promovidas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), prosseguem até dia 4 de fevereiro, quando encerram as prévias carnavalescas.

“A polícia está trabalhando antecipadamente nos eventos do Carnaval. Elaboramos um plano de contenção de crimes com foco direto nos bairros; nas áreas onde há apresentações e nas áreas adjacentes, o monitoramento é constante”, afirmou o comandante de Policiamento de Área Metropolitana I (CPAM I), coronel Pedro Ribeiro.

O coronel Pedro Ribeiro antecipou que o trabalho será mais intenso com o início do festejo oficial de Carnaval. “Será quando teremos uma concentração ainda maior, por conta dos desfiles de agremiações e outros eventos”.

No cronograma do pré-Carnaval de Todos, a programação acontece às sextas, sábados e domingos, na Praça Nauro Machado e Praça dos Catraieiros (Centro Histórico), APA Itapiracó (Parque Vitória), Praça da Saudade (Madre Deus) e Espigão Costeiro (Ponta d’Areia). Há também, organizações de blocos e festas em rua nos bairros Vinhais, Cohatrac, Recanto Fialho, Cidade Operária, Cohab que também estão tendo a cobertura da Polícia Militar do Maranhão (PMMA).

As equipes da PMMA trabalham com policiamento a pé, em viaturas e motos. Realizam abordagens e revistas por meio de barreiras e em fiscalização contra uso excessivo de álcool, uso de drogas e para prevenir brigas. Em apoio ao efetivo destacado para o pré-Carnaval, a SSP mantém rondas da polícia militar nos bairros e ações preventivas e repressivas regulares.

Prevenção

O comandante Pedro Ribeiro orienta as pessoas que tenham atenção com os objetos pessoais e levem apenas o necessário para o circuito. Ele recomenda que os aparelhos celulares, item bastante visado pelos suspeitos e maior alvo de roubos, sejam bem guardados e não utilizados em situações de risco. Em caso de ocorrências, procurar o policiamento da área ou acionar o 190.

As ações têm acompanhamento da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), que organiza a programação. O esquema de segurança conta, ainda, com equipes da Prefeitura de São Luís, por meio da Blitz Urbana, Guarda Municipal e Secretarias Municipais de Segurança com Cidadania (Semusc) e de Trânsito e Transportes (SMTT).

Campeã do Carnaval de SP vai homenagear encantarias do Maranhão

A escola de samba Acadêmicos do Tatuapé, campeã do carnaval de 2017 de São Paulo, vai homenagear o Maranhão neste ano. Os integrantes da escola destacam a riqueza cultural do estado. “Eu acho que precisaria de mais quatro carnavais pra gente falar mais do Maranhão”, brinca o coreógrafo da comissão de frente, Leonardo Helmer.

A escola vai mostrar a culinária, as lendas, as belezas naturais, e também a música. “É o estado do reggae do Brasil”, disse a diretora de harmonia, Fabiana Lopes.

Confira a letra do samba-enredo:

“Maranhão, os Tambores vão Ecoar na Terra da Encantaria”

“No Mar! Foi no balanço do mar

Que o sonho aportou na ilha da magia

Lá em palmeira onde canta o sabiá

O sol namora a beleza do lugar

Cenário de poesia

Tantas batalhas nesse torrão

Herança de luta, cultura e amor

ôôôô, o negro tanto clamou

A liberdade aos pés do senhor

Ô luar, ô luar

Deixa a gira girar … crioula

Hoje tem canjerêm feitiçaria, ô

Jêje – nagô, kaô meu pai xangô

Ê, tem cantoria! Eita povo festeiro!

Teu folclore é traição

Ê, chora viola

Preta velha conta história, lendas desse chão

Ô, quebra o oco iá iá

Matracas vão emablar

Bumba-meu-boi, meu cazumbá

Ouvindo reggae do bom

É carnaval vem curtir esse som

É emoção, o meu pavilhão vai girar

Na terra da encantaria

Os tambores vão ecoar

Viva São José, venha me valer

Ilu Ayê ô ilu ayê

Tatuapé numa linda procissão

Canta tua história… oh! maranhão”

Com informações de G1.

Segunda edição do programa Férias Culturais acontece nesta quinta-feira (25)

Os Feras, um dos blocos mais tradicionais da Iha, é a atração cultural da segunda edição do programa Férias Culturais, promovido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, que ocorre na Praça Bendito Leite, nesta quinta-feira (25), às 17h.

O evento será iniciado com uma oficina ao ar livre, com a interação dos brincantes com o público. Nela, todos poderão entender quais instrumentos utilizados pelo bloco e como eles influenciam no ritmo que contagia a todos. A oficina terá início às 17h. Em seguida, o bloco Os Feras fará uma apresentação com toda a animação já conhecida do grupo.

Programação
17h – Oficina sobre blocos tradicionais;
17h30 – Apresentação do grupo Os Feras