Prefeito Edivaldo acompanha Passeio Serenata pelo Centro Histórico de São Luís

Atraídos pela programação de férias da Prefeitura de São Luís, ludovicenses e turistas lotam o Centro Histórico na noite desta quarta-feira (18) para acompanhar o Passeio Serenata. O prefeito Edivaldo participou da atividade e caminhou todo o percurso, de quase duas horas, ao lado de populares. O evento integra o Programa Férias Culturais que se estende durante todo este mês. Durante o passeio os participantes têm a oportunidade de conhecer mais sobre a história da capital maranhense, por meio de música, interpretações teatrais e informações de um guia de turismo. O programa, coordenado pela Secretaria de Turismo, reforça as ações que vêm sendo colocadas em prática na gestão do prefeito Edivaldo para o fortalecimento do turismo e a valorização da cultura local.

“São Luís é uma ilha encantadora, e nossa história atrai cada vez mais os turistas e ludovicenses. O Passeio Serenata é uma oportunidade para que, de forma lúdica e cultural, as pessoas possam conhecer e descobrir as riquezas e belezas da nossa São Luís. Essa é mais uma ação da Prefeitura de São Luís para valorizar o Centro Histórico”, ressaltou o prefeito Edivaldo, que esteve acompanhado da primeira-dama Camila Holanda e da secretária de Turismo, Socorro Araújo.

O Passeio Serenata teve início na Praça Benedito Leite e seguiu por vias do Centro Histórico como Avenida Dom Pedro II, Rua de Nazaré, Rua da Estrela, Rua da Alfândega, mostrando também os detalhes do Beco Catarina Mina e da Rua Portugal, finalizando o passeio na Praça da Praia Grande. O trajeto é acompanhado por guia de turismo e ao longo do percurso, personagens como Daniel de La Touche, Marquês de Pombal, Ana Jansen e Dom Sebastião contam a história da capital maranhense.

A secretária municipal de Turismo, Socorro Araújo, conta que a intenção do programa, bem como das demais ações desenvolvidas na área do Centro Histórico contribuem para o fortalecimento do turismo na capital. “Estamos promovendo uma série de atividades, projetos e desenvolvendo parcerias, a fim de fazer com que a população e os turistas tenham um olhar diferenciado para esta região da cidade, que carrega grande parte da nossa história e concentra traços da cultura local”, diz a titular da Setur.

Durante o passeio, além da história contada por personalidades históricas, um guia de turismo contava ao público curiosidades sobre as famosas lendas, as pedras de cantaria, os azulejos e a arquitetura da cidade. A música também fez parte da caminhada. O público acompanhou o grupo musical que entoava canções como Perfídia, Quando te vi, Ilha Bela, Luar do Sertão, Ilha Magnética e muitas outras.

“Estou adorando este passeio. É muito importante a gente conhecer e descobrir coisas novas sobre a história da nossa cidade. Estou encantada”, disse a ludovicense, Maria Vitória Dias, 70 anos, que participou do passeio ao lado do filho. “É muito bom para que ela possa lembrar das histórias contadas a ela no passado”, contou Josuelton Dias, que também aprovou a iniciativa da Prefeitura de São Luís.

O Passeio Serenata contribui de forma significativa para que os turistas conheçam a cidade. Não só os pontos turísticos, mas também os artistas, a cultura e a história local. A turista Ana Cristina Soares, que mora no Rio de Janeiro, ficou impressionada com o passeio. “É muito rica essa mistura de música, história e todo esse ambiente. É a primeira vez que venho a São Luís e é muito difícil a gente ver iniciativas como essa em outros lugares. Eu nunca tinha participado de um movimento como esse. É muito linda a quantidade de gente que está aqui hoje”, contou.

FÉRIAS CULTURAIS

As atividades do Programa Férias culturais estão sendo realizadas ao longo do mês de julho com o objetivo de fortalecer o turismo na cidade durante o período de férias. Além do Passeio Serenata, fazem parte do programa atividades como o Roteiro Reggae e o Conheça São Luís nas Férias.

O Roteiro Reggae propõe um passeio pelas ruas de São Luís e, durante o trajeto, o público passa por locais no Centro Histórico que tenham identificação com o estilo musical que deu a São Luís o título de “Jamaica Brasileira”. Um guia especializado conduz os visitantes aos lugares que foram representativos para a história do reggae, com apresentação de grupos de dança que apresentam e contagiam os participantes com o ritmo.

Com o Conheça São Luís nas Férias, os participantes percorrem as ruas conhecendo os principais pontos turísticos localizados no Centro Histórico da capital. A história, em cada ponto é contada por personagens icônicos da história de São Luís, que destacam os fatos mais importantes da nossa história.

Todos os passeios têm início na Praça Benedito Leite. As atividades do Conheça São Luís nas Férias acontecerá, ainda, no dia 26 de julho, a partir das 16h. Já o Roteiro Reggae acontecerá no dia 25 de julho, com concentração às 19h.

Prefeitura movimenta o Centro Histórico com o Programa Férias Culturais nesta quinta-feira (12)

O Programa Férias Culturais, iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo, vai movimentar ainda mais o Centro Histórico durante o mês de férias. Realizado por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), o objetivo do programa é oferecer a turistas e ludovicenses a oportunidade de conhecer melhor a cidade, cada detalhe da nossa riqueza material e imaterial. A primeira atividade do programa será o Conheça São Luís nas Férias, com concentração na Praça Benedito Leite, às 16h, nesta quinta-feira (12).

A atividade consiste em um passeio que segue para a Praça Dom Pedro II e espaços no entorno, que concentra prédios históricos como a Igreja da Sé, o Palácio de La Ravardière, o Palácio dos Leões e a Capitania dos Portos. O percusso continua pela Rua de Nazaré, Rua da Estrela, Rua Portugal, Beco Catarina Mina, Rua da Alfândega, sendo finalizando na Praça Nauro Machado.

A proposta do Programa Férias Culturais, que também inclui atividades como o Passeio Serenata e o Roteiro Reggae, é promover a valorização da cultura local para os moradores da cidade e para os turistas. “Nós temos que entender a nossa cultura e conhecer a nossa história para repassar as informações com propriedade para quem nos visita. E quem chega aqui e tem a oportunidade de participar dos nossos eventos, percebe a grandiosidade da nossa cidade”, explica Socorro Araújo, titular da Setur. O programa integra as ações colocadas em prática na gestão do prefeito Edivaldo que têm como objetivo fomentar o turismo e a geração de emprego e renda, bem como garantir mais uma opção de lazer para os ludovicenses.

PASSEIO SERENATA E ROTEIRO REGGAE

Também fazem parte do Férias Culturais as iniciativas do Passeio Serenata e Roteiro Reggae. Esses dois programas já fazem parte das ações de valorização do Centro Histórico, que vêm sendo implementadas pelo poder público municipal.

O Passeio Serenata contribui de forma significativa para que os turistas conheçam a cidade. Não só os pontos turísticos, mas também os artistas, a cultura e a história local. Fugindo do convencional, o evento oferece aos visitantes uma São Luís mais lúdica, conhecida através de músicas regionais e do cancioneiro popular nacional e personagens da história ludovicense, em inserções durante o passeio.

Já o Roteiro Reggae propõe um passeio pelas ruas de São Luís e passa por locais no Centro Histórico que tenham identificação com o estilo musical que deu a São Luís o título de “Jamaica Brasileira”. Um guia especializado conduz os visitantes aos lugares que foram representativos para a história do reggae. Durante o passeio, apresentação de grupos que dançam ao ritmo do reggae e contagiam os participantes.

PROGRAMAÇÃO

Os passeios terão início na Praça Benedito Leite. As atividades do Conheça São Luís nas Férias acontecerão nos dias 12, 19 e 26 de julho, a partir das 16h. Já o Passeio Serenata, começa às 19h e será realizado no dia 18 de julho. O Roteiro Reggae acontecerá no dia 25 de julho, também às 19h.

Com programação junina Feirinha São Luís anima o Centro Histórico

Com a proposta de unir o período de férias escolares e estender o clima de São João na cidade, durante o mês de julho as atrações culturais da Feirinha São Luís continuam em clima junino. A estratégica visa, especialmente, à promoção da cultura local, considerando a grande movimentação de turistas e ludovicenses pelo Centro Histórico durante o mês de julho.

A Feirinha São Luís é uma ação da Prefeitura, executada na gestão do prefeito Edivaldo pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa). “Por determinação do prefeito Edivaldo o São João de São Luís continuará durante todo o mês de julho, mostrando para os visitantes toda a variedade cultural da nossa capital, além da hospitalidade do nosso povo e as delícias gastronômicas. A Feirinha São Luís já faz parte do calendário tradicional das atividades de lazer da população da cidade, e sempre surpreende com a quantidade e animação do público presente”, disse o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues.

Nessa 57ª edição da Feirinha, as brincadeiras e atrações que animaram o público foram o Boi Mocidade Axixaense, Quadrilha Fogueira Viva, Erickson Andrade e Banda. Além dos interativos aulão de zumba e roda de capoeira e, claro, a anfitriã Banda da Feirinha.

Guido Mancini é de Montechio na Itália e veio conhecer São Luís pela primeira vez. “Uma experiência enriquecedora. É a primeira vez que venho conhecer a cidade de minha esposa. Estou feliz por ter tido a oportunidade de vivenciar todas essas cores e danças tão belas. Posso dizer que minha vinda a São Luís está sendo surpreendente”, disse o turista.

FEIRINHA SÃO LUÍS

O Programa Feirinha São Luís nasceu em junho de 2017 e acontece todos os domingos na Praça Benedito Leite, de 7h as 15h, tendo como objetivo principal incentivar a venda de produtos agroecológicos oriundos da agricultura familiar, além de apresentar aos visitantes a cultura e gastronomia ludovicense.

Em apenas um ano de existência, a Feirinha movimentou mais de 20 toneladas de produtos e subprodutos da agricultura local, recebendo cerca de 240 mil pessoas que geraram um capital circulante de quase R$ 12 milhões nos mais de 120 pontos de comercialização dentro e no entorno da Praça. No palco montado em frente à Associação Comercial já foram realizadas aproximadamente 300 apresentações culturais.

Cerca de 100 barracas são distribuídas pela Praça Benedito Leite para compor a Feirinha São Luís, destinadas para venda de produtos oriundos da agricultura familiar, artesanato, alimentação e ainda conta com foodtrucks e foodbikes.

Abertura das prévias do São João terá Boi Pirilampo nesta sexta-feira, 1º, no Centro Histórico

A exuberância da grande festa popular, o São João do Maranhão, e toda a sua criatividade presente nos vários estilos de brincar, começa nesta sexta-feira, 1º de junho, nas prévias do São João de Todos 2018. O evento é promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur).

Nessas duas semanas que antecedem a abertura oficial do São João de Todos, as prévias juninas serão realizadas às sextas-feiras, a partir das 18h, no Canto da Cultura, localizado no cruzamento das ruas Portugal e da Estrela, na Praia Grande, centro histórico. Aos domingos, as prévias também contam com programação especial no Parquinho da Litorânea, no mesmo horário.

Boi Pirilampo
Nesta sexta-feira, 1ª, o público pode conferir no canto da cultura a apresentação do Boi Pirilampo, sotaque de orquestra, um dos grupos de Bumba-meu-boi de maior destaque no Maranhão, fundado há 22 anos, conhecido pela toada ‘Esqueça’, uma das mais tocadas nos arraiais. A apresentação está prevista para as 18h30.

Ainda no canto da cultura quem abre a programação é o grupo de forró ‘Raimundinho Pé no Chão’, prometendo muita animação para o público. A brincadeira começa às 18h.
No domingo, 3, no Parquinho da Litorânea, o Boi Novilho Branco movimenta o espaço com todos os tipos de sotaque, a partir das 18h30. Na abertura, o forró ‘Raimundinho Pé no Chão’ leva um repertório variado com sucessos do ritmo, ao som de sanfona, zabumba e triângulo.

No próximo fim de semana, dias 8 e 10 de junho, a programação terá como atração principal o Boi Barrica no canto da cultura, e no Parquinho da Litorânea quem faz a festa do público é a Cia Encantar, com suas músicas e coreografias que retratam a riqueza e diversidade da cultura popular maranhense.

Temporada oficial
O São João de Todos 2018 começa oficialmente no dia 15 de junho, no circuito oficial formado pelos arraiais da praça Nauro Machado, praça Maria Aragão, Ipem e Vila Palmeira. Com seis atrações por noite em cada arraial, entre grupos de bumba-meu-boi, quadrilhas, danças tradicionais e shows de artistas locais e nacionais, a programação segue até o dia 1º de julho.

Já os arraiais de bairros, que contam com apoio do Governo, levarão alegria e tradição para o João Paulo, Bairro de Fátima, João de Deus, Liberdade, Cohatrac, Anil, Anjo da Guarda, Cidade Operária, Vila Embratel, Largo Santo Antônio (no período de 23 a 30 de junho), e Cohajap (de 1º a 13 de junho).

Programação prévias juninas
Dia 1º de junho (sexta-feira)
Canto da Cultura – Praia Grande, centro histórico
18h – Forró ‘Raimundinho Pé no Chão’
18h30 – Boi Pirilampo

Dia 3 de junho (domingo)
Parquinho da Litorânea
18h – Forró ‘Raimundinho Pé no Chão’
18h30 – Boi Novilho Branco

Dia 8 de junho (sexta-feira)
Canto da Cultura – Praia Grande, centro histórico
18h – Forró ‘Raimundinho Pé no Chão’
18h30 – Boi Barrica

Dia 10 de junho (domingo)
Parquinho da Litorânea
18h – Forró ‘Raimundinho Pé no Chão’
18h30 – Cia Encantar

Centro Histórico de São Luís é sinônimo de segurança e cultura no ‘Pré-carnaval de Todos 2018’

A Praça Nauro Machado, localizada no Centro Histórico de São Luís, é um dos pontos da cidade que recebe a programação do ‘Pré-carnaval de Todos 2018’, e tem atraído pessoas de todas as idades. Desde o ano de 2015, o lugar  tem recebido atividades que contribuíram para a sua revitalização, contrastando o cenário histórico com o modernos.

Para quem frequentava o lugar antes das ocupações promovidas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), diz que o projeto Reviver era considerado um ponto da cidade pouco frequentado devido à falta de segurança e a pouca luminosidade. O professor Augusto Lopes, disse que por muito tempo se questionou sobre motivo de não haver ações culturais no Centro Histórico, já que por muito tempo o lugar foi mal aproveitado e esquecido.

“Hoje andando pelo Centro Histórico não sinto mais aquela tensão que sentia antigamente, pois sempre andei sobressaltado por essas ruas. De uns tempos para cá tenho percebido certo empenhado para transformar aquela antiga realidade em algo totalmente mais agradável, acessível e seguro”, disse Augusto Lopes.

Durante estes períodos de festas de prévias carnavalescas, o espaço tem atraído turistas de várias partes do Brasil e do mundo, além de ser sua época do ano favorita para visitar a cidade. As atrações no Centro Histórico chamaram a atenção de turistas como a do paulista Jean Schmitz, que visita o Maranhão pela segunda vez.

“Eu conheci o Maranhão no ano passado e adorei tanto a cidade quanto as pessoas. O carnaval aqui tem uma energia diferenciada, me sinto seguro e gosto bastante das atrações. Aqui vocês fazem uma mistura entre carnaval e São João, o que fica muito mais bonito e demostra ainda mais o que o Maranhão tem de melhor”, disse o turista.

Segurança

O “Pré-carnaval de Todos 2018” tem contado com o apoio do Serviço de Inteligência e do Batalhão de Polícia de Turismo (Bptur), da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), que tem  garantido o trabalho de segurança pública em São Luís. A segurança no Centro Histórico de São Luís durante as prévias carnavalescas tem sido realizada de maneira motorizada e a pé, além disso, os policiais estão divididos de maneira estratégica realizando rondas nos perímetros internos e externos para maior conforto do público.

Segundo o capitão Amorim do Bptur, o Centro Histórico de São Luís no período de prévias de carnaval conta com participação de mais de 60 policiais, que estão realizando o policiamento ostensivo e de preservação da ordem pública.

“O Batalhão do Turismo possui policiais especializados no atendimento aos turistas, com policiais que falam fluentemente outros idiomas como: inglês, francês e  espanhol. Também fazemos o policiamento ostensivo e preventivo para cuidar do público durante esse período de festas, estamos fazendo revistas para garantir que nada venha atrapalhar a festa”, disse o capitão.

Além da presença da polícia militar, o Centro Histórico conta com a presença do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) que esteve realizando serviço de prevenção, verificando as instalações elétricas nos palcos, condições de aterramento dos geradores e presença de extintores de incêndio.

O tenente Silva Filho, que realiza a função de auxiliar de coordenador de operações, disse que as equipes do CBMMA ficam em pontos de maior movimentação para atender aos brincantes de mais maneira mais eficiente.

“Temos que ficar mais próximos do público máximo possível, pois sabemos que é em lugares de grandes aglomerações que ocorrem algumas situações. Além de várias equipes  do CBMMA de prontidão aqui no Centro Histórico, também contamos com duas ambulâncias para caso ocorra alguma emergência”, disse o tenente Silva Filho.

O ‘Pré-carnaval de Todos 2018’ acontece sempre as sextas-feiras na Praça Nauro Machado e domingo na tradicional Praça da Saudade na Madre Deus e Espigão Costeiro do bairro Ponta d’Areia. A programação do ‘Carnaval de Todos 2018’ inicia a partir do dia 9 de fevereiro e segue até ao dia 13 de fevereiro. A programação ocorrera na Praça Nauro Machado, Praça da Saudade, na Passarela do Samba, Apa do Itapiracó, Vila Gracinha, Largo do Caroçudo, Casa das Minas, Espigão Costeiro e na Beira Mar.

Casarão Tecnológico será inaugurado nesta sexta (19)

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), vai inaugurar na próxima sexta-feira (19), o primeiro hub de inovação do estado, o Casarão Tech Renato Archer, localizado na Rua da Estrela, no Centro Histórico de São Luís.

Com ampla estrutura de laboratório maker, laboratório kids, espaço de coworking, auditório, sala de reunião, sala para incubação de empresas, e sala de treinamentos, o prédio histórico tem a missão de inserir o estado no cenário tecnológico e inovador do Brasil. A proposta é ser um espaço para reunir e conectar empreendedores e empresas inovadoras (startups).

O projeto é uma iniciativa da Secti por meio do programa Inova Maranhão, inspirada em modelos de inovação do exterior, onde prédios reúnem os principais players e talentos ligados à inovação e, dessa maneira, fortalecem a economia criativa local.

“O Governo do Maranhão tem investido muito em ciência e tecnologia, o Casarão Tech Renato Archer é resultado desse investimento. Aqui teremos diversas atividades, todas buscando incentivar e desenvolver novas empresas”, destacou o secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação, Davi Telles.

Além de ser focado em iniciativas voltadas para o empreendedorismo digital e empresarial, o Casarão Tech promoverá a inclusão social da comunidade do entorno. Aberto ao público, o hub de tecnologia do Maranhão, também terá espaço destinado para as 67 startups aprovadas na primeira fase do edital da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão – FAPEMA Nº 034/2017.

Os membros das startups aprovadas na primeira fase do edital do Inova Maranhão participarão do Workshop Lean Startup durante três dias.

Museu do Reggae será inaugurado nesta quinta-feira, no Centro Histórico

O primeiro museu temático de reggae fora da Jamaica abre suas portas nesta quinta-feira (18), a partir das 18h, no Centro Histórico de São Luís. A nova casa de cultura é a realização de um sonho antigo dos regueiros, através da  iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur).

O Museu do Reggae Maranhão tem como objetivo materializar as memórias do ritmo jamaicano que conquistou o Maranhão. Na inauguração haverá um show que reunirá a história viva desse movimento. Cantores, radiola e DJs históricos se apresentarão no palco da Praça do Reggae, logradouro situado ao lado do Museu.

Na programação haverá a radiola FM Natty Naifson, como os DJs Neturbo, Ademar Danilo, Maestro Jaílder, Carlinhos Tijolada, Roberthanko e outros, além de shows com Célia Sampaio, Oberdan Oliveira (Nonato e Seu Conjunto), Tadeu de Obatalá ( Banda Guetos), Mano Borges & Celso Reis, Garcia (banda Reprise) e vários outros também.

Após o descerramento da placa de inauguração, o público poderá conhecer os cinco ambientes do Museu do Reggae Maranhão. Um dos ambientes será a sala dos Imortais, destinado aos grandes nomes do reggae maranhense que já morreram. Os outros quatro espaços homenagearão tradicionais clubes de reggae  da cidade: Clube Pop Som , Clube Toque de Amor, Clube União do BF e Clube Espaço Aberto.

O ambiente contará com relíquias do reggae, como é o caso de uma guitarra da banda maranhense Tribo de Jah, instrumento que acompanhou a banda por mais de 20 países e fez parte da história do grupo, além de ter sido usada nas primeiras gravações de suas canções e em grandes shows nacionais e internacionais.

Outra joia que poderá ser encontrada no Museu do Reggae Maranhão, é a radiola “Voz  de Ouro Canarinho”, de Edmilson Tomé da Costa conhecido como Serralheiro, um dos pioneiros do reggae no Maranhão, e disseminador do gênero musical nos anos de 1970.

O público poderá ter contato com discos raros, vídeos e fotos históricas, moda Reggae ao longo do tempo, além de depoimentos gravados com personagens da cena reggae, livros, artigos, teses e dissertações compõem o acervo imaterial e digitalizado do museu.

O Museu do Reggae Maranhão permitirá que seus frequentadores sejam transportados para uma festa em um clube de reggae em um de seus ambientes, além de despertar a paixão pelo ritmo que denomina São Luís como a Jamaica brasileira, já que a cidade é considerada o maior polo de cultura reggae fora da Jamaica.

Leci Brandão leva multidão ao Centro Histórico na abertura do Réveillon de Todos 2018

Cantando ‘Se não existisse o Sol, como seria para terra se aquecer…’, um dos mais conhecidos hinos de Bumba Meu Boi dos últimos tempos, gravado pelo Boi da Maioba, a sambista Leci Brandão, abriu a primeira noite do Réveillon de Todos 2018, em São Luís. A homenagem ao Maranhão emocionou maranhenses e turistas, que lotaram a Praça Nauro Machado, na noite de sexta-feira (29). O evento é promovido pelo Governo do Maranhão e segue neste sábado (30) com o show da cantora de reggae Etana, e vai até o dia 31, com a tradicional festa da virada do ano, com a participação do cantor Péricles, na Avenida Litorânea.

O governador do Maranhão, Flávio Dino, esteve na abertura e falou da felicidade em ver o grande sucesso do evento, com a enorme participação popular. “É a valorização da cultura do Maranhão, com a grande presença dos turistas de vários estados. A entidade empresarial dos hotéis apresentou o crescimento de turistas no estado para a Secretaria de Cultura e Turismo. Estamos mostrando a eficácia de uma política séria e permanente de valorização da cidade, valorização do nosso estado”, analisou.

Flávio Dino pontuou ainda as diversas ações de divulgação do Maranhão em todo o Brasil e ressaltou, como resultado de todo o esforço, o sucesso da primeira noite do evento. “A festa é importante para as pessoas que moram no Maranhão e para aqueles que nos visitam, é importante socialmente e economicamente, levando geração de oportunidade de trabalho para milhares de pessoas que estão, neste momento, trabalhando aqui, tanto como em Carolina, Barreirinhas e outros pontos turísticos do nosso estado”, observou o governador, reiterando o sucesso da festa.

Sucesso esse que conseguiu ser maior ainda, quando a dama do samba, subiu ao palco e colocou a plateia maranhense para sambar. Leci Brandão falou da felicidade que é retornar ao Maranhão em mais uma apresentação ao seu estilo. “É um momento de muita felicidade e muita emoção. Eu ouso dizer que foi um presente de Deus estar aqui, neste momento de preparação para o ano novo. Existem coisas na vida da gente que nos fortalecem e nos emocionam, e estar em São Luís é isso. É uma cidade onde o povo recebe a gente com carinho, com muita energia e vamos aproveitar para fazer um bom samba com essa turma maravilhosa”, comentou Leci.

A sambista ressaltou a importância da iniciativa do governo em promover programações culturais no Maranhão, democratizando o acesso à arte, à música e à cultura. “Eu vejo um compromisso social, pois todos os governos que se propõem a abrir o espaço para o povo, é porque os gestores estão realmente preocupados com essas demandas e estão representando o povo da forma que tem que ser”, pontuou.

Leci levou o público ao delírio, homenageando artistas maranhenses, como a saudosa Tété, do Cacuriá, e Alcione. A sambista relembrou muitos sucessos gravados na década de 80. Na lista de músicas do show que fez, Leci evidenciou a música ‘Bate o Tambor’, composição criada em São Luís, quando participava de uma das apresentações de Dona Teté. “Foi uma grande inspiração que a cidade me deu, dentro do contexto da rica cultura que se tem. É muita diversidade, que vai do Bumba Meu Boi à dança do cacuriá, o que rende muita história para quem visita São Luís”.

Além da música produzida no Maranhão, Leci cantou ‘Papai vadiou’, ‘As coisas que mamãe me ensinou’, ‘Café com pão’, ‘Só quero te namorar’, ‘Fogueira de uma paixão’ de Arlindo Cruz, ‘Olodum força divina’, ‘Meu Oceano’ do grupo Revelação, ‘Sorriso aberto’ de Jovelina Pérola Negra, ‘Perdoa’ de Xandy de Pilares, entre outras canções.

Antes da apresentação de Leci, passou pelo palco a cantora maranhense Patativa com diversos convidados, entre eles, Rosa Reis. As Brasileirinhas e a banda Btukanego também foram atrações que deixaram o público empolgado.

Patativa adorou a programação montada para o palco do primeiro dia de atrações: “Os artistas da terra já me conhecem, são acostumados a fazer shows comigo. O que eu sinto, horas antes de entrar em cena, é um frio na barriga, o que é natural quando você faz o que mais gosta nessa vida, que é cantar. De resto, tiro de letra e manda a afinação no gogó”, confessou a artista, antes de entrar ao palco.

Do outro lado, da plateia, o público caiu no samba com os artistas. “Isso aqui está maravilhoso. Aqui no Maranhão todo mundo adora samba e reggae, então, a programação foi certeira e vamos saldar os últimos dias de 2017 em grande estilo, esperando o novo ano”, comentou a funcionária pública Eula de Assunção, de 32 anos.

Quem também curtiu a festa de olhos vidrados foi o estudante Régis Garreto, de 31 anos. “A festa está impecável, melhor do que nunca. Eu posso falar que três dias de festa com estes gêneros musicais mais populares no nosso estado traz um certo estímulo para receber 2018”, pontuou.

O secretário de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), Diego Galdino, destacou o sucesso do evento. “Mais um ano de muita alegria, onde o público compareceu novamente, já no primeiro dia de festa, o que nos deixa muito orgulhoso de poder saber que estão privilegiando os nossos artistas e os convidados Agora vamos aguardar as próximas atrações que ocorrerão na Avenida Litorânea nos próximos dois dias”, avaliou.

O evento organizado pelo Governo do Maranhão vai até 31 de dezembro, com a presença de vários outros artistas como a cantora de reggae Etana e o sambista Péricles, que se apresentará no Réveillon de Todos, encerrando 2018 com chave de ouro.

Segurança 

A ‘Operação Réveillon’ iniciou com a abertura oficial da programação do Governo do Estado, na Praça Nauro Machado, e vai até a segunda-feira (1º), último dia de programação. Além das imediações da orla marítima, a operação também inclui a segurança da área metropolitana da cidade, mantendo o policiamento ostensivo já realizado em ruas e bairros.

PROGRAMAÇÃO

Dia 30 – Av. Litorânea, Rua Vale do Pimenta
Reggae-Palco Principal:
19h – Dj Andrezinho Vibration/Henrique Chaves
20h- Capital Roots
20h30- Santa Cruz
21h – Dj Andrezinho Vibration/Henrique Chaves
21h30 – Barba Branca
22h – Célia Sampaio
22h30 – Dj Andrezinho Vibration/Henrique Chaves
23h – Raiz Tribal
23h30 – Etana
00h30 – Orquestra Maranhense de Reggae

Dia 31 – Av. Litorânea, Rua Vale do Pimenta 
Palco Principal:
19h – Dj Waltinho
20h30 – Panda S.A
22h -Grupo Argumento
23h30 – Pericles
00h30 – Banda Mix Brasil

Dia 31 – Av. Litorânea, Rua Vale do Pimenta 
Tenda Eletrônica:
19h – Jorge Choairy
21h – Leo Scarter
23h – Ksyfux
01h – Thais Habibe

Prefeitura determina critérios técnicos para a redução do IPTU no Centro Histórico

Proprietários de imóveis do Centro Histórico de São Luís, tombados pela União, Estado ou Município podem solicitar a isenção de pagamento integral ou parcial do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), desde que estejam atentos à manutenção e preservação das características arquitetônicas originais dos prédios e casarões.

A isenção do IPTU é garantida pela Lei Municipal nº 3.836 de junho de 1999. A Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph), determinou os critérios técnicos para a redução do IPTU em Zona do Patrimônio Histórico.

O poder público municipal norteia as vistorias quanto aos critérios técnicos de preservação e conservação de imóvel localizado na Zona do Patrimônio Histórico, cujo proprietário solicita redução ou isenção de IPTU garantidas pela Lei Municipal nº 3.836 de junho de 1999. O procedimento orienta a descrever de forma generalizada as principais características arquitetônicas originais, estado de conservação e preservação e usos do imóvel a ser vistoriado.

A isenção e redução de IPTU a moradores do Centro Histórico é uma das estratégias da Prefeitura para estimular a revitalização da região. Para o presidente da Fumph, Aquiles Andrade, “a participação da iniciativa privada na preservação do Patrimônio Histórico de São Luís é imprescindível para que alcancemos resultados positivos na revitalização do Centro Histórico. Sendo assim, a Prefeitura incentiva esta participação por meio destes instrumentos legais. Além disso, estão sendo articuladas com outros entes públicos novas oportunidades de incentivos fiscais que possam tornar mais viáveis as ações de reabilitação do patrimônio edificado”, disse Aquiles Andrade.

O procedimento implantou também a notificação de vistoria técnica. “É uma forma de agilizar e facilitar o processo das visitas aos moradores que requereram a redução do imposto via Secretaria da Fazenda, ou seja, se o morador não for encontrado na nossa primeira tentativa de contato, ele pode agendar a visita mediante notificação”, explica o coordenador de Patrimônio Cultural da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph), Rodrigo Amorim Soares.

VISTORIAS

A vistoria técnica no imóvel deverá ser realizada no período matutino ou vespertino em horário comercial, no entanto, de forma espontânea, será feita apenas uma tentativa para a realização da vistoria técnica no imóvel. Caso não seja encontrado ninguém no imóvel que autorize a realização da vistoria técnica que irá determinar o estado de preservação e conservação do bem, será deixada no local uma notificação ao requerente do processo de isenção, que terá um prazo de até oito dias corridos contados a partir da data da notificação para fazer contato com a Fumph, caso o requerente não entre em contato neste prazo, o relatório de vistoria técnica será emitido, porém sem nenhuma isenção no IPTU.

Os pedidos dos proprietários são enviados a Fumph pela Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz) e uma equipe de técnicos da Fundação faz vistorias nas residências analisando elementos arquitetônicos originais e o estado de conservação do imóvel. Os relatórios da equipe da Fumph são enviados para a Secretaria Municipal de Fazenda que é quem define o valor do IPTU a partir do percentual baseado nos dados das vistorias.

Os percentuais de redução do IPTU segundo a lei 3.836/junho 1999: imóveis classificados como de reconstituição ficarão isentos de 50%; imóveis classificados como de preservação parcial ficarão isentos de 75%; imóveis classificados como de preservação integral ficarão isentos de 100% e imóveis de uso comercial, institucional ou misto ficarão isentos de 50%.

SAIBA MAIS

A Lei nº 3.836 de junho de 1999 isenta de pagamento integral ou imparcial do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) os imóveis do Centro Histórico de São Luís, tombados pela União, Estado ou Município, desde que preservadas suas características arquitetônicas originais e mantidas em bom estado de conservação.

Excluem-se do privilégio desta Lei os imóveis que estejam comprometidamente descaracterizados, ou seja, sem possibilidade de recomposição com o conjunto de entornos tombados ou que estejam fora do interesse de preservação arquitetônica, histórica e artística.
Os imóveis de uso comercial, institucional ou misto ficarão isentos de 50% do valor do imposto devido. O pedido de concessão da isenção deverá ser realizado anualmente, mediante solicitação do proprietário, possuidor ou representante legal, dirigida ao Secretário Municipal da Fazenda, instruída com a seguinte documentação:
a) prova de propriedade do imóvel;
b) prova da atual utilização do imóvel;
c) procuração particular outorgada ao representante legal, quando couber;
d) contrato de locação a título gratuito ou oneroso, quando, for o caso;
f) certidão negativa de débitos tributários municipais, até a data do pedido;
g) Duas fotografias da fachada do imóvel.

De Agência São Luís.

Revitalização da Praça da Bíblia valoriza o comércio local

A Praça da Bíblia, um dos principais pontos de lazer na região do grande Bacuri, em Imperatriz, passa praticamente por uma reconstrução, que tem animado os comerciantes das proximidades. “Valoriza a cidade, o bairro e movimenta o comercio local”, avalia o comerciante Raimundo Alves.

O investimento do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), é de quase R$ 1,5 mi e vai garantir a revitalização de um espaço de mais de 6 mil m². Serão construídos cinco quiosques, praça de eventos, academia ao ar livre, parque infantil, palco coberto, estacionamento, um lago com cascata e área de vivência, além da reforma do ponto de táxi.

Para o titular da Sinfra, Clayton Noleto, estruturar espaços como este permite a integração social das pessoas. “O governador Flávio Dino dá mais um passo para estruturar os espaços públicos em Imperatriz para que a população possa se integrar e ter práticas de lazer e esportiva, além do estímulo à convivência”.

O recurso é resultado de uma emenda do deputado estadual Marco Aurélio, que além de destinar o investimento  para a reforma, realizou uma votação popular nas redes sociais para a escolha do local que receberia a obra. Mais de 10 mil pessoas participaram e a Praça da Bíblia foi a favorita, com 36% dos votos.

“Um mandato popular com a parceria forte do governo  Flávio Dino tem garantido investimentos importantes para a Região Tocantina demonstrando o respeito, a consideração e a valorização de um povo trabalhador que agora conta com obras em todos os setores como educação, segurança, saúde, esporte e lazer”, frisou o Deputado Estadual Marco Aurélio.

Outros espaços revitalizados

Além da Praça da Bíblia, o Governo do Maranhão está requalificando a Avenida Beira-Rio, um dos principais cartões postais da cidade. Com a obra, prevista para ser entregue em dezembro, a cidade terá uma das maiores esplanadas do estado, com uma área de 20 mil metros quadrados. O local terá suporte para quiosque padronizado, parque infantil, academia funcional ao ar livre e área de passeio.

Vale  ressaltar que no ano passado foram requalificadas as Praças Jarbas Passarinho, no Santa Rita; João Castelo, na Cafeteira e São Miguel, no Parque Anhanguera.