Prefeito Edivaldo inicia obra em via que ligará Cohaserma à Avenida Daniel de La Touche

A Prefeitura de São Luís deu início às obras na Rua Fernando de Noronha, Cohaserma. A via havia sido interditada de forma irregular com a construção de um muro que foi removido pelo poder público municipal na última sexta-feira (9), atendendo ao que preconiza a Lei Municipal de Muros e Calçadas e o Código de Posturas do Município. A obra permitirá a ligação da Avenida Daniel de La Touche com a Rua Sete, ampliando o acesso ao bairro. Além da desobstrução da rua, foram realizados no local serviços de limpeza, com eliminação de ponto de descarte irregular, iluminação e obras de infraestrutura que estão em andamento com os serviços de terraplanagem para pavimentação da via, que tem cerca de 400 metros de extensão.

O trabalho, que está em andamento, atende a uma reivindicação dos moradores, satisfeitos com a resposta efetiva da gestão do prefeito Edivaldo que restaura, com a obra, a mobilidade na via, bem como em todo o bairro Cohaserma e áreas adjacentes. Órgãos municipais como Blitz Urbana, Comitê Gestor de Limpeza Urbana e a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), estão envolvidos na ação. A desobstrução da rua foi fruto de um trabalho realizado pela Blitz Urbana, órgão ligado à Secretaria de Urbanismo e Habitação (Semhur), que liberou o espaço público da via que havia sido interditada com a construção irregular de um muro que cercava um condomínio.

O secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo, enfatizou que a obra possibilitará melhorias no trânsito da região. “Com essa obra estamos criando uma importante via interbairro entre o Cohaserma e avenida Daniel de La Touche. Com investimento em obras de infraestrutura, estamos contribuindo para a melhoria da mobilidade urbana no Cohaserma e bairros vizinhos, dando funcionalidade a uma via antes intrafegável”, pontua o titular da Semosp.

A ação de desobstrução da via também incluiu a limpeza da área com a remoção mecanizada dos resíduos sólidos descartados irregularmente na região. Os serviços de limpeza serão intensificados na área, a fim de evitar o surgimento de novos pontos de descarte irregular.

Além da ação específica o Comitê de Limpeza irá desenvolver um trabalho constante em todo o bairro Cohaserma para garantir a limpeza da área com remoções em todos os pontos de descarte irregular do bairro, que já foram mapeados para que os trabalhos sejam intensificados.

José Sampaio, comerciante

Ainda em andamento, a intervenção já beneficia moradores da área. “Essa é uma ação nota dez e já está nos ajudando muito. Essa é uma reivindicação antiga da comunidade. Trabalho aqui há mais de 15 anos e fui um dos mais prejudicados, pois aqui ao lado era um lixão. Contribui para coletar as assinaturas para o abaixo-assinado dos moradores que solicitaram a desobstrução da rua. Esse é um grande presente que o prefeito nos deu”, disse o comerciante José Sampaio, 74 anos.

O morador Antonio Rocha, 70 anos, também avaliou positivamente a ação do poder público municipal. “Esse espaço foi invadido e a rua estava interditada de forma irregular. Nosso bairro era muito isolado, com acessos precários à avenida. Muitos taxistas tinham dificuldades de chegar aqui. Então, esse é um trabalho que vai melhorar a acessibilidade ao bairro e até mesmo o fluxo de veículos pelas vias”, contou o morador.

INFRAESTRUTURA

Além dessa ação na Rua Fernando de Noronha, o poder público municipal vem intervindo positivamente no Cohaserma, beneficiando moradores do bairro com obras de infraestrutura. Com o Programa Asfalto na Rua, por exemplo, a Prefeitura de São Luís asfaltou vias como a Avenida Alpha, as Ruas 12, 16, 17, 18, 19 e adjacências. Com a ação, o poder público municipal recuperou no Cohaserma vias que estavam desgastadas, com a pavimentação irregular, e devolveu ao bairro a mobilidade que estava comprometida.

Após retirada de construção irregular, Prefeitura vai implantar nova via entre Cohama e Cohaserma

Em atendimento a uma reivindicação antiga dos moradores do Cohaserma, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), via Blitz Urbana, realizou a desobstrução da Rua Fernando de Noronha, naquele bairro. A rua havia sido interditada com a construção irregular de muro e guarita para a criação de um condomínio. A desobstrução da via vai favorecer o tráfego de veículos na região, melhorando o fluxo na Avenida Daniel de La Touche (Cohama), tendo em vista que o fechamento da via impedia o acesso ao conjunto, dificultando a mobilidade urbana.

A liberação da via, além de respeitar a Lei Municipal de Muros e Calçadas, promoverá maior mobilidade para quem trafega pela região. A liberação da rua é resultado de uma operação que cumpre as regras descritas na legislação urbanística, assim como no Plano Diretor do Município e no Código de Postura da cidade. A operação possui, ainda, parecer favorável da Vara de Direitos Difusos e Coletivos. Desde 2015, os moradores do condomínio criado com a interdição da via vêm sendo notificados sobre a operação e a respeito da irregularidade.

O diretor da Blitz Urbana, Diogo Azambuja, ressaltou o papel do poder público na operação. “Essa é uma ação de redistribuição de logradouro público, que atende a uma solicitação dos próprios moradores do bairro, prejudicados com a interdição da via. Estamos agindo em conformidade com a lei, com aval do Ministério Público Estadual e visando ao interesse da coletividade. O objetivo é melhorar o ordenamento do espaço público, combatendo as ocupações irregulares”, destacou.

TRÁFEGO

A construção do muro do condomínio criou, ainda, um espaço tomado por mato e lixo descartado de forma irregular. A operação inclui a limpeza dessa área, com apoio do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, e a pavimentação da rua, que voltará a interligar o bairro à avenida, com a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

O superintendente de Fiscalização da Blitz Urbana, Thiago Afonso Rodrigues, reforçou que a ação do poder público municipal é baseada na lei e que a operação vai beneficiar a população. “A liberação da via é embasada em processo administrativo e judicial, com suspensão da liminar que era favorável ao condomínio e parecer favorável da Vara de Direitos Difusos e Coletivos. A desobstrução da via ajuda na mobilidade urbana, devolvendo a via pública para uso da coletividade”, disse.

Os moradores do bairro do Cohaserma aprovam a ação do poder público municipal. “Era o que a gente mais queria. A liberação dessa rua, interditada há muitos anos, vai beneficiar todos nós. Vai ser uma maravilha!”, conta a microempresária Sebastiana Martins, moradora do bairro.

Prefeitura leva serviços de drenagem e ações do Asfalto na Rua ao bairro Cohaserma

Obras de drenagem e pavimentação mudando o cenário de ruas e avenidas do Cohaserma. Os serviços integram as ações do programa Asfalto na Rua e já promoveram melhorias em 14 vias do bairro. São mais de 2,9 mil quilômetros que receberam a pavimentação asfáltica, além da construção de galeria para escoamento das águas. Na última semana as equipes estiveram na Avenida Alpha e Rua H, prosseguindo com a terraplanagem e drenagem.

O Asfalto na Rua é realizado pela Prefeitura, tendo como meta requalificar mais de 100 quilômetros de vias nos bairros da capital. Os serviços seguem planejamento organizado que inclui ruas e avenidas em áreas há muito demandas por uma melhor estrutura e que estão sendo priorizadas pela Prefeitura.

“Era uma demanda dos moradores da área e que o prefeito Edivaldo foi sensível. Com esses serviços serão solucionados problemas de escoamento de águas e de deficiência nas ruas desgastadas pelo tempo. O programa está melhorando centenas de vias e garantindo mais trafegabilidade para milhares de pessoas. É uma ação que contempla áreas com problemas históricos e que está melhorando as condições das ruas e avenidas”, pontuou o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antonio Araújo.

MOBILIDADE

A galeria está sendo construída ao longo de 100 metros, alcançando a Avenida Alpha e a Rua H. A estrutura de concreto vai permitir o adequado escoamento de águas da chuva. Depois de concluída a galeria, o trecho recebe ainda ações de drenagem superficial com a construção de meio-fio e sarjeta. Já a pavimentação asfáltica vai acabar com os buracos e outras imperfeições renovando aproximadamente 500 metros de via.

Para quem mora na área, os trabalhos vão promover mais condições de mobilidade e garantir a adequada estrutura para as vias do bairro. É o que avalia a aposentada Irene Correia, 73 anos. Moradora há mais de 15 anos, ela diz que espera ver todo o bairro reestruturado. “A rua já melhorou totalmente, comparado ao que era. Ficou muito mais seguro para caminhar e melhora também o aspecto da rua”, disse.

A aposentada conta que o local já servia como um terreno para jogar lixo de forma inadequada. “Mesmo a coleta acontecendo regularmente, alguns carroceiros traziam resíduos para o local. Agora a via vai melhorar e ficar bonita”, enfatizou. Na lista de ruas melhoradas com as ações do Asfalto na Rua está ainda Avenida Beta e ruas Silva Diniz, 1, 7, 10, 13, 14, 16, 17, 18, 19, 21 e 22.