Governo leva atividades do Projeto Direção Certa para a Feirinha São Luís

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), por meio da Coordenação de Educação para o Trânsito, realizou, neste domingo (15), na Feirinha São Luís, na Praça Benedito Leite, mais uma ação do Projeto ‘Direção Certa: mais que um papo de bar’, com o objetivo de conscientizar a população sobre suas responsabilidades no trânsito.

Segundo a coordenadora de Educação para o Trânsito do Detran-MA, Rositânia  de Farias, o local da atividade educativa proporciona o alcance a pessoas de diversas  faixas etárias.

“A Equipe do Detran-MA escolheu a Feirinha São Luís para o trabalho de conscientização dos perigos da mistura  entre bebida alcoólica e direção, por reunir semanalmente centenas de pessoas  em busca de alimentos, artesanatos regionais e atividades culturais. Encontramos desde familiares até amigos reunidos para um momento de lazer”, afirmou ela.

A equipe de educadores do Detran-MA distribuiu material  informativo sobre a Lei Seca e realizou o teste educativo do etilômetro em dezenas de pessoas que procuraram a tenda do órgão curiosos  sobre o uso do aparelho e em busca de informações.

Para o farmacêutico Fabrício Azevedo Leite, a ação de demostrar como funciona o teste do etilômetro é muito importante.

“O diferencial dessa ação é que, além de fazer o teste, o pessoal do Detran-Ma também  explica  o que pode acontecer se formos pegos em uma blitz e como  estamos  arriscando a nossa vida e a do próximo”, disse ele.

O autônomo Ricardo José Silva Santos, parabenizou o Detran-MA pela participação de membros do Projeto Humanizar, que reúne vítimas de acidentes de trânsito, na ação educativa.

“Colocar vítimas de acidentes de trânsito para compartilhar as suas experiências com outras pessoas é sensacional. É um alerta de que a vida não tem preço e que devemos respeitar a legislação”, declarou Ricardo.

Detran-MA realiza blitz educativa na Semana Santa

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) realizou na manhã de quinta-feira (29), a operação “Feriado Bom é Feriado Seguro”. De forma simultânea, a ação ocorreu no Terminal da Ponta da Espera, no Porto do Itaqui, e na BR 135, Km 0, e o objetivo foi alertar condutores e passageiros sobre a importância do uso dos equipamentos obrigatórios de segurança nos veículos e sobre a Lei Seca.

A ação teve o apoio da 1º Batalhão da Polícia Militar (BPM-MA) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF-MA).

Durante toda a manhã, as equipes de educadores abordaram os condutores de veículos e passageiros que viajavam no feriado da Semana Santa.Em cada abordagem, eles verificavam se os passageiros dos bancos traseiros dos veículos utilizavam o cinto de segurança e se os motoristas mantinham os faróis ligados durante o trajeto.

A educadora do Detran-MA, Juliana Salazar, explicou que orientar os condutores, no momento em que vão seguir viagem, contribui para a redução de acidentes: “Estamos intensificando as ações para conscientizar a população sobre segurança no trânsito, principalmente, sobre a Lei Seca. Ao realizarmos as abordagens, orientamos as pessoas a usar os equipamentos de segurança corretamente. São atitudes que salvam vidas”.

Conscientização

O principal objetivo do Detran-MA é conscientizar a população para tomar atitudes positivas no trânsito evitando os riscos de acidentes. Entre as orientações estão o uso constante do cinto de segurança, não usar celular, respeitar os limites de velocidade e sobre os perigos de dirigir após o consumo de bebidas alcoólicas. No caso de motociclistas, os educadores instruem para o uso de equipamentos de proteção como capacetes e botas.

Segundo o Policial Rodoviário Federal, Carlos Ronaldo de Azevedo, a ação educativa conjunta é importante para a prevenção de acidentes. “O trabalho de educação realizado em parceria entre os órgãos de trânsito dá resultados positivos, porque o alcance das mensagens é maior. Mais condutores são orientados e menor é a chance de acidentes”, completou.

O empresário Francisco de Assis disse que aproveitou o feriado longo para viajar com sua família para Viana. “Reconheço que estas atividades são muito importantes. Não podemos colocar em risco da vida de quem amamos. O Detran-MA está de parabéns por este trabalho de alertar a população”, afirmou.

Os educadores distribuíram panfletos informativos com dicas para prevenção de acidentes e orientações para prática de um trânsito seguro.

Detran-MA e Direitos Humanos buscam melhorar atendimento a pessoas com deficiência

A diretora geral do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), Larissa Abdalla Britto, recebeu na quarta-feira (21) o secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedhipop), Francisco Gonçalves, e a secretária adjunta dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Sedhipop, Beatriz de Carvalho, para tratar sobre o atendimento às pessoas com deficiência que buscam os serviços prestados pela instituição.

Participaram da reunião o diretor Operacional do Detran-MA, David Ximenes, a coordenadora de Habilitação, Nazaré Nunes e o chefe da Controladoria, João Moraes. Na ocasião, foram apresentadas as ações que garantem o cumprimento da Lei de Acessibilidade durante o processo de obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Entre elas, a presença do profissional Intérprete de Libras para pessoas surdas nos setores de Atendimento e de Provas Práticas e Teóricas em São Luís, Imperatriz e Balsas.

Nos municípios atendidos pelas Circunscrições Regionais de Trânsito do Maranhão (Ciretrans), onde há a necessidade do Intérprete de Libras para a realização das provas, o candidato faz a solicitação do serviço. “Na solicitação, o candidato informa a data e o local que deseja fazer a prova e o Detran-MA disponibiliza o interprete para o município”, esclareceu Nazaré Nunes.

A diretora geral do Detran-MA, Larissa Abdalla Britto, destacou que garantir o acesso às pessoas com deficiência tem sido um dos maiores compromissos do Departamento. “Nunca foram adotadas tantas práticas inclusivas como agora. Todos os nossos atendentes receberam treinamento para se comunicar, por meio da linguagem de sinais, com as pessoas surdas que procuram os serviços do Detran-MA. Temos Examinadores de Provas Práticas e Teóricas, para obtenção de CNH, que estão aptos para este atendimento”, revelou.

Segundo ela, o Detran-MA busca, junto ao órgãos nacionais de trânsito, soluções para implantação da regionalização da tradução das Libras durante os exames teóricos. “Dessa forma conseguiremos atender as demandas de todas as pessoas com deficiência no estado”, explicou Larissa Abdalla.

Para o secretário da Sedhipop, Francisco Gonçalves, o Detran-MA está cumprindo um papel importante na ampliação das políticas de acessibilidade implantadas no Governo Flávio Dino. “A reunião foi para discutir a ampliação das ações realizadas pelo Departamento, no sentido de garantir, cada vez mais, o acesso das pessoas com deficiência aos serviços públicos, assegurando, dessa forma, o pleno direito dos cidadãos”, disse.

A secretária adjunta da Sedhipop, Beatriz de Carvalho e Silva, lembrou que a reunião teve como objetivo avaliar os avanços das políticas voltadas para pessoas com deficiência no Maranhão. “Temos conhecimento de que avançamos muito, embora ainda existam várias situações que dependem de leis estaduais e federais, já que a política de trânsito é nacional. O Detran-MA está assegurando um serviço que atenda este segmento da melhor forma possível, preservando a garantia dos direitos humanos”, disse.

Detran-MA alerta usuários para golpe via redes sociais

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) alerta os usuários para mais um golpe que está sendo praticado, via aplicativo WhatsApp ou ligações telefônicas. Como ocorreu nos estados do Amazonas, Amapá, Acre, Mato Grosso, Tocantins e Espírito Santo, entre outros, os golpes são realizados por pessoas que se passam por servidores dos Detrans e prometem de facilidades a serviços irregulares.

A direção geral do Detran-MA chama a atenção dos usuários para o golpe, que acontece por meio de mensagens, via celular, ofertando retirada de multas, liberações de veículos e/ou expedição de documentos sem os procedimentos legais pertinentes.

Para oferecer os serviços, os golpistas lançam uma mensagem falando que determinada situação já foi resolvida e, em seguida, pedem desculpas pelo envio da mensagem, alegando que se destinava para outra pessoa. Essa é a isca para motivar o interesse de alguém que, se for receptivo, aceita uma negociação, mediante um prévio depósito bancário. O suposto ‘serviço’ jamais é realizado e, como a negociação é sempre decorrente de acerto ilícito, dificilmente o valor pago pode ser reavido pelo depositante.

No Maranhão, o Detran-MA registrou três ocorrências desse golpe, sendo duas aplicadas em 2017 e terceira em 2018. De acordo com a diretora geral, Larissa Abdalla, depois que o órgão soube das primeiras veiculações, providenciou registro de ocorrências policiais e abertura de inquérito na Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

O Detran-MA orienta as pessoas que receberem essa mensagem para denunciar à Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) pelo telefone 190 ou pelo Disque-Denúncia (98) 2323-5800, em São Luís, e (99) 0300-3135800 nos demais municípios.

Larissa Abdalla ressalta que os usuários devem ficar atentos para o fato do Detran-MA não oferecer nenhum tipo de serviço em rede social ou grupos de mensagens, como negociar liberação de carros ou ofertar realização de serviços fora dos procedimentos legais. “Conforme divulgamos antes, solicitamos que aos usuários que fiquem atentos para qualquer mensagem em nome do Detran-MA e não forneçam dados pessoais ou de conta para pagamento, pois ninguém está autorizado a oferecer serviços fora do órgão”.

No Maranhão, as mulheres cometem menos infrações no trânsito, diz Detran

Dados estatísticos do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) referentes ao período de janeiro de 2017 a fevereiro de 2018 revelam que as mulheres continuam a cometer menos infrações no trânsito que os homens. Do total de infrações registradas na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de condutores maranhenses – 550.811 mil infrações – as mulheres correspondem a apenas 31%.

De acordo com a Diretora Geral do Detran-MA, Larissa Abdalla Britto, os dados do Maranhão acompanham a estatística nacional que demonstram que a mulher é mais cuidadosa no trânsito. “Os números mostram que as mulheres são mais prudentes e costumam seguir as regras, evitando infrações e possíveis acidentes de trânsito” destacou Larissa Abdalla ressaltando ainda que de acordo com a Seguradora Líder, responsável pelo DPVAT, no ano passado apenas 24% das indenizações pagas por acidentes no Brasil foram para mulheres.

Os números do Detran-MA também apontam que as mulheres maranhenses tem o menor número de registros de pontos na CNH. Entre os condutores que somaram pontos na carteira de motorista no Maranhão, as mulheres aparecem com o percentual de 23% dos registros. Os dados indicam que as mulheres são 20% dos 1.204 motoristas maranhenses que possuem bloqueio no sistema para renovação de CNH por ultrapassar o limite de 20 pontos no documento de habilitação.

A diferença entre homens e mulheres no trânsito também aparece na classificação das infrações. Das 236 mil 394 infrações gravíssimas do período, as mulheres respondem somente a 21% dos registros. Elas também correspondem a 22% das 212 mil 443 infrações graves e 26% das 115 mil 471 infrações médias registradas no Estado.
As mulheres também cometem menos infrações durante o período de Permissão para Dirigir (PD). A estatística do Detran-MA aponta que no total de 8 mil 881 multas registradas no Sistema da Instituição, elas respondem a 38% das multas em relação ao homens.

Educação para o trânsito

Para contribuir com a redução de acidentes de trânsito e conscientizar os condutores maranhenses sobre a importância de obedecer a legislação viária, o Detran-MA investe em educação e realiza de forma permanente, ações voltadas para motoristas e futuros condutores de veículos no Estado.

Só em 2017, mais de 500 mil pessoas foram abordadas pela equipe da Coordenação de Educação para o Trânsito do Órgão, durante a realização dos Projetos “Detran vai à Escola”, “Detran Volante”, “Direção Certa: Mais que um papo de Bar”, “Condutores do Amanhã”, “Faixa de Pedestre” e Operação Lei Seca, na Região Metropolitana de São Luis e nos municípios atendidos pelas 15 Circunscrições Regionais de Trânsito do Maranhão (Ciretrans).

Novo Centro de Controle Operacional do Detran está pronto para funcionar

A diretora geral do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), Larissa Abdalla, apresentou, nesta terça-feira (27) as dependências do novo Centro de Controle Operacional do órgão ao subcomandante da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), coronel Jorge Luongo, e ao comandante do Policiamento Especial da PMMA, coronel Edeilson.

Durante a visita, Larissa Abdalla mostrou como o Centro vai funcionar. “O Centro vai dar apoio às operações de fiscalização no trânsito, auxiliando no combate às infrações e crimes, garantindo muitos benefícios aos usuários”, reforçou a diretora.

O setor abriga uma área de vídeo monitoramento voltado para o serviço de fiscalização de trânsito. Com o uso da tecnologia de identificação de placas e cruzamento de dados com o Sistema de Informática, o Centro vai auxiliar as ações do Batalhão de Trânsito no combate às infrações e às práticas criminosas.

Para o subcomandante da PMMA, coronel Luongo, o Centro é um grande investimento do Governo do Estado no reforço da segurança no trânsito. “O novo Centro do Detran contribui para a otimização e agilidade do trabalho do nosso policiamento de trânsito e proporciona para uma melhor prestação de serviços para os usuários do Detran”, afirmou.

Para o comandante do Policiamento Especial da PMMA, coronel Edeilson, o Centro de Processamento do Detran é um grande suporte operacional. “Ele fornece importantes ferramentas para um auxílio mais efetivo nas operações de trânsito. Isso proporciona um trabalho mais ágil e eficaz”, destacou.

Detran-MA realiza ação educativa no Circuito da Beira Mar

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) segue com sua campanha educativa durante o carnaval 2018. Nesta segunda (12), a equipe de educadores do Detran-MA esteve presente no circuito carnavalesco da Beira-mar.

A equipe formada por 15 educadores do Detran-MA conversou com os foliões e distribuiu ventarolas e panfletos com dicas sobre segurança no Trânsito.

Carlos Silva, um dos brincantes que se divertia no local com os amigos, recebeu o panfleto informativo e achou interessante o trabalho de prevenção feito pelo Detran-MA.

“Essas dicas eu já sigo desde o ano passado quando conversei com um de vocês. O bom mesmo é deixar o carro em casa e cair na folia. Pra quê arriscar, né?”, declarou.

Outro folião abordado pelos educadores do Detran-MA foi o turista da Bahia, Valter Marinho. Ele leu atentamente o material e aprovou a trabalho do Detran-MA.

“Se a gente seguir o que está escrito aqui, o carnaval vai ter muito menos acidentes”, afirmou.

De acordo com a educadora do Detran-MA, Ana Eva Martins, o objetivo é oferecer aos foliões dicas de segurança no trânsito, além de alertar sobre os perigos mistura álcool e direção.
“No carnaval aumenta muito o consumo de álcool, e o nosso trabalho é justamente conscientizar as pessoas sobre as graves consequências que isso pode trazer”, destacou.

A campanha de carnaval do Detran-MA tem realizado ações educativas em dezenas cidades do estado, e também nos pontos mais frequentados da Capital.

Segundo a Coordenadora de Educação para o Trânsito, Rosetânia de Farias, que estava participando pessoalmente da ação, o trabalho educativo do Detran-MA no período carnavalesco é de grande importância.

“Nosso objetivo é alertar a população sobre os cuidados no trânsito, para que haja mais segurança nesse período de maior movimentação dentro das cidades e nas estradas”, disse a coordenadora.

Descentralização de pagamento do IPVA permite comodidade e facilidade

Pagar o IPVA agora está mais fácil do que nunca. A partir deste ano os proprietários de veículos automotores podem realizar o pagamento do imposto, além das agências do Banco do Brasil (Mais BB e Correios), nas agências da Caixa Econômica Federal, Lotéricas, Banco Itaú, Banco Santander, BANCOOB e seus respectivos correspondentes.

A Secretaria de Estado da Fazenda informou que a descentralização do pagamento irá proporcionar maior comodidade e facilidade ao proprietário que não precisa se deslocar apenas para agências do Banco do Brasil.

O proprietário precisa apenas emitir o boleto de pagamento do IPVA no site da Sefaz ou site do Detran e se dirigir à agência mais próxima dos bancos credenciados pela Sefaz.

Outra comodidade é o “TA Multicartão” disponibilizado pelo Banco do Brasil, que permite o cidadão que tenha cartões de outros bancos, poder inseri-lo nos caixas de autoatendimento do Banco do Brasil e efetuar o pagamento do boleto do IPVA de forma rápida e segura.

Vale lembrar que o Estado concedeu desconto de 10% do IPVA para quem pagar o imposto em cota única até o dia 28 de fevereiro. Outra opção é o parcelamento em três cotas iguais e sucessivas, de acordo com as datas de vencimento estabelecidas no calendário.

Pelo site do Detran, no ícone “Licenciamento 2018”, o contribuinte pode emitir o Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE) com o valor do IPVA e demais despesas do licenciamento, como taxa do Detran, seguro DPVAT e eventuais multas de trânsito, que podem ser pagas nos bancos credenciados.

A consulta dos valores por modelo de veículo já pode ser feita no portal da Sefaz na internet, clicando no menu IPVA e também no site do Detran, no ícone Licenciamento Anual.

Recebimento do Documento de Licenciamento no domicílio
Após o pagamento do imposto, da taxa e do seguro DPVAT, o contribuinte receberá em seu endereço, em até dez dias úteis, o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

O CRLV devolvido pelos Correios ficará disponível no Viva Cidadão da Beira Mar, quando se tratar de municípios da jurisdição de São Luís. Nos demais, o documento ficará disponível nas respectivas Ciretrans.

BPRv e Detran participam de Mobilização Nacional Operação Lei Seca

Com o objetivo de diminuir a violência no trânsito decorrente da mistura entre álcool e direção, órgãos de trânsito de todo o Brasil realizam, neste sábado (13), uma grande mobilização de fiscalização da Operação Lei Seca. No Maranhão, a blitz será realizada pelo Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPRv) em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA).

A Mobilização Nacional Operação Lei Seca é uma iniciativa da Associação Nacional dos Detrans (AND) por meio da Comissão do Fórum Permanente das Operações Lei Seca, que prevê a realização de várias operações de fiscalização de trânsito e pontos de bloqueio envolvendo os Departamentos de Trânsito dos Estados e do Distrito Federal, os Batalhões de Trânsito e demais órgãos e entidades ligados ao trânsito, atuando no combate aos índices de acidentes envolvendo bebida alcoólica e direção. A mobilização também prevê a padronização e unificação de todos os procedimentos de abordagens durante as operações.

No Maranhão, o trabalho de fiscalização da Lei Seca tem sido atuante e ostensivo. O Detran-MA também promove ações educativas conscientizando a população. Para o comandante do BPRv e membro da Comissão Nacional da Lei Seca, tenente-coronel Augusto Magalhães, a mobilização marca o início das ações programadas pela Comissão com o compromisso de trabalhar pela paz no trânsito.

“Estamos engajados nessa luta. A mobilização de todos os órgãos e entidades ligadas ao trânsito, atuando na repressão de condutores de veículos automotores que estejam sob a influência de álcool, e outras substâncias, é uma iniciativa que preza pela segurança de todos e salva vidas”, destacou Magalhães.

O Estado também é representado na Comissão Permanente da Lei Seca pela coordenadora de Educação para o Trânsito do Detran-MA, Rose Farias. Para ela, a Mobilização é uma grande ação de incentivo à segurança no trânsito. “A violência no trânsito causada pelo consumo de bebida alcoólica é uma grande preocupação dos órgãos de trânsito. É preciso reprimir este ato. Para nós, educar ainda é o melhor caminho”, destacou Rose Farias.

Em todo o Brasil, as blitzen acontecerão até às 4h da madrugada de domingo, com pontos de bloqueio em ruas, avenidas e locais estratégicos.

Prazo de adesão ao Moto Legal encerra nesta quarta-feira (10)

Proprietários de motocicletas que desejam regularizar a situação do veículo têm até esta quarta-feira (10) para aderir ao Programa Moto Legal. A adesão ao programa deve ser feita na sede do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), nos Postos Avançados ou em qualquer uma das 15 Circunscrições Regionais de Trânsito do Maranhão (Ciretrans), no horário de atendimento das unidades. Até terça-feira (9), o Moto Legal já havia beneficiado 22.973 pessoas no estado.

O Programa Moto Legal concede descontos para o pagamento do IPVA e taxas de licenciamento atrasadas, referentes aos anos anteriores a 2017. Para cada ano de atraso será cobrado apenas R$ 50,00, sendo R$ 20,00 referente à taxa do Detran-MA e R$ 30,00 ao IPVA. No ato da adesão, o proprietário da motocicleta deverá apresentar ao atendente do órgão o número do CPF e a placa do veículo.

De acordo com a diretora geral do Detran-MA, Larissa Abdalla Britto, além de ajudar a reduzir o número de motocicletas irregulares no Maranhão, o Moto Legal é um benefício importante para os trabalhadores maranhenses. “O Moto Legal é uma oportunidade para o trabalhador, proprietário de motocicleta, que por alguma dificuldade financeira não conseguiu quitar os débitos acumulados do veículo. A iniciativa do Governo do Estado proporcionou esse benefício a centenas de pessoas. Quem aderiu ao Moto Legal está mais tranquilo, porque agora tem um veículo legalizado. A dica é não perder essa oportunidade”, ressaltou.

O Moto Legal também oferece vantagens para a quitação do IPVA 2017. Nesse caso, o beneficiado é dispensado de pagar juros e multas por atraso, e ainda tem um desconto de 50% do valor devido. O Moto Legal não inclui a quitação de débitos relativos ao DPVAT, que é de competência federal.m